Início » Brasil » A agricultura é a base econômica do futuro da América Latina
Desenvolvimento Agrário

A agricultura é a base econômica do futuro da América Latina

O desenvolvimento da agricultura nos países latino-americanos enfrenta problemas estruturais sérios

A agricultura é a base econômica do futuro da América Latina
Os pequenos produtores agrícolas também podem se beneficiar com o uso da tecnologia (Reprodução/Wikipedia)

O conflito territorial na América Latina é uma história antiga, que começou antes da conquista ibérica. Essas disputas criaram um padrão singular e desigual de posse da terra apoiado em servidão e escravidão. Um padrão subjacente à desigualdade socioeconômica da região e que transformou a reforma agrária em uma das maiores batalhas ideológicas do século XX. Os programas de reforma agrária em geral destruíram fazendas produtivas e eficientes, sem criar uma alternativa funcional e, por esse motivo, geraram um êxodo de camponeses pobres para as cidades em busca de melhores oportunidades.

A agricultura está enraizada no passado da América Latina, mas também faz parte de seu futuro. A região é menos urbanizada do que os censos demográficos divulgam. Embora oficialmente 76% dos latino-americanos sejam urbanos, um estudo do Banco Mundial de 2005 mostrou que 42% vivem nas periferias das grandes cidades, em áreas que podem ser consideradas rurais.

Abençoada com um território enorme, a América Latina poderia ser uma fonte de alimentos para o mundo. Muitos países passaram por revoluções agrícolas nos últimos 20 anos, com a aplicação da tecnologia na exportação de produtos agrícolas em escala comercial. Os pequenos produtores agrícolas e o setor de agronegócio também podem se beneficiar com o uso da tecnologia. Mas um sistema de transporte eficiente, serviços públicos e segurança na região rural são problemas vitais para o desenvolvimento da agricultura nos países latino-americanos.

Fontes:
The Economist-Latin America’s rural dream

1 Opinião

  1. Élio J. B. Camargo disse:

    Não sei se será a base econômica do futuro, pois com a China investindo maciçamente na África, no futuro, haverá grande concorrência desta região, no mercado mundial de alimentos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *