Início » Brasil » A história da candidata que concorreu com o número errado
Eleições 2012

A história da candidata que concorreu com o número errado

Cristiane Baliza (PTB) só percebeu o erro no dia das eleições

A história da candidata que concorreu com o número errado
Candidata passou três meses fazendo campanha com o número errado (Fonte: Reprodução/G1)

As eleições municipais sempre resultam em algumas histórias curiosas. Neste ano, houve candidatos vencendo por um único voto de diferença, outros recebendo apenas um voto, e até mesmo empate entre candidatos a prefeito. Sem falar em uma candidata que fez campanha com o número errado…

Leia também: Não votou? Saiba o que fazer
Leia também: Confira os resultados das eleições nas capitais do Brasil
Leia também: Saiba onde haverá 2º turno no Brasil

Em busca de uma vaga como vereadora no município de Paraguaçu, em Minas Gerais, a cozinheira Cristiane Baliza (PTB), de 35 anos, passou três meses fazendo campanha com o número errado. Seu número era 14.888, mas um erro na impressão dos santinhos indicava o número 14.999.

Tarde demais…

A candidata só percebeu o erro no dia das eleições. Resultado? Todos que votaram nela tiveram seus votos anulados. Cristiane ainda tentou consertar o erro, e conseguiu 12 votos.

De acordo com a cozinheira, ela foi convidada pelo PTB para cumprir o mínimo de 30% de candidaturas femininas. Ela entrou na disputa para substituir uma outra mulher que desistiu da campanha.

Fontes:
Luis Nassif - Candidata faz campanha com número errado e não se elege

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. João Cirino Gomes disse:

    Conheça a verdade, e a verdade vos libertara!
    Como o eleitor vai votar consciente, se desconhece as regras de uma eleição?
    Existe conveniência em manter a população desinformada e de mãos atadas!

    Se por um lado, estamos sendo informados com sensacionalismo, sobre os roubos, os mensalões, os superfaturamentos, os desvios, por outro lado, para conveniência da “banda podre”, permanecemos de mãos atadas; pois boa parte da população se revolta, mas não consegue entender como os integrantes deste crime organizado, que se institucionalizou dentro do país, continuam se enriquecendo ilicitamente, armando esquemas para se manterem no poder e permanecer impunes, distorcendo fatos, abusando e rindo da ingenuidade da nação!

    Para o cidadão votar consciente; é preciso esclarecer alguns detalhes a este respeito! Da maneira que esta, não pode ficar, pois é enganação e não eleição!

    Note que: Depois das alianças entre os partidos; o eleitor pode votar em A ou B, mas querendo ou não, seu voto vai para o partido, e serve para eleger o candidato C, do mesmo partido, ou da coligação!

    Desta maneira, existe grande chance de um corrupto estar sendo eleito indiretamente!
    Depois, veremos aqueles comentários:> brasileiro não sabe votar, o povo merece o governo que tem; ou então, alguns eleitores se perguntando: > quem votou naquele corrupto?

    Na maioria das vezes, o mesmo comentarista ajudou eleger o corrupto, e nem sabe! Esta é uma das formulas usadas pelas raposas velhas, que querem se manter no poder a qualquer custo!

    Notem que, na maioria das vezes, “o candidato novato” além de não ter acesso às verbas de campanhas, muitos deles, não tem tempo nem de dizer o nome; quanto mais, tempo para falar sobre seu plano de governo; ou o motivo, pelo qual esta se candidatando!

    Para conveniência da minoria, a maioria; ou seja, 90% dos brasileiros desconhecem estes detalhes!
    Abra sua boca a favor do mudo, pelo direito de todos que perecem!
    Provérbios Rei Lemuel
    Estas informações precisam ser divulgadas!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *