Início » Brasil » A oposição raivosa
COLUNA ESPLANADA

A oposição raivosa

Dilma foi para o quarto mandato do PT diante de uma vitória apertada, o que evidencia que ela terá de se reinventar. Principalmente porque uma 'oposição raivosa' chegou tão perto de retomar o Poder e perdeu por pouco

A oposição raivosa
Metade do país quis a mudança e não conseguiu (Reprodução/Internet)

A reeleição da presidente Dilma Rousseff para o quarto mandato do PT diante de um resultado apertado evidencia que ela terá o desafio de se reinventar – e também todo o seu governo e metas. Principalmente porque agora uma ‘oposição raivosa’ – como dizem altos petistas – chegou tão perto de retomar o Poder e perdeu por pouco. E é esse o discurso que principalmente o PSDB usará contra Dilma nos próximos quatro anos dentro e fora do Congresso Nacional: que metade do País quis a mudança e não conseguiu. É o discurso que os tucanos já ensaiam afinação desde ontem à noite.

Foi a todos

A vitória é principalmente da presidente Dilma. Se ela evitasse os debates na TV, como desejava boa parte do PT, ela passaria imagem de fracassada e poderia ter perdido.

Leandro Mazzini é escritor e colunista do Opinião e Notícia

Cabral 2016

Sérgio Cabral é candidato a ministro. Em especial é candidato a prefeito do Rio em 2016. Contra Marcelo Crivella (PRB), que perdeu ontem o governo, mas se cacifou.

Dilma e Cunha

A presidente Dilma mais uma vez, a exemplo de antecessores – como Lula e Fernando Henrique – se vê diante do maior desafio depois da eleição: controlar o PMDB, que vai colocar ‘a faca’ em seu pescoço por mais espaço no governo, agora que o partido vai capitalizar a vitória como principal aliado. Mas principalmente Dilma terá que negociar com o deputado federal reeleito Eduardo Cunha, que manda muito na legenda.

Amargou

A derrota mais amarga foi para Henrique Alves (PMDB), presidente da Câmara dos Deputados, que foi favorito durante o 1º turno. Perdeu o governo e após 11 mandatos (44 anos) ficará fora do Congresso Nacional.

Vermelhinhos

A Prefeitura do Recife colocou um batalhão de garis para limpar as ruas próximas aos colégios eleitorais a partir das 15h30. Eleitor de Aécio, o prefeito Geraldo Júlio não percebeu que eles vestiam vermelho e alguns gritavam que ‘Dilma estava chegando’.

Take off

Mal deram 18h ontem e começaram a decolar jatinhos com poderosos ocupantes. Todos embarcaram em São Paulo. O trio FHC, José Serra e Geraldo Alckmin foi para Belo Horizonte. Lula pegou um para Brasília, a fim de afagar a presidente Dilma.

Take off 2

Do Recife, partiram juntos num avião rumo a BH, a convite de Aécio, o governador eleito de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), o prefeito Geraldo Julio (PSB) e o presidente do PSDB de PE, Bruno Araújo (PSDB). O senador Jarbas Vasconcelos foi convidado, mas preferiu acompanhar o resultado das eleições em seu comitê eleitoral.

Petroeleição

Enquanto o Brasil acompanhava apreensivo os resultados parciais, nas redes sociais a disputa entre militantes envolvia a Petrobras. Para petistas, Aécio privatizaria a Petrobras. Para os tucanos, a presidente leva a empresa à falência.

Transporte público

Do leitor Rafael Lobo, no Facebook, ontem às 16h: ‘Dilma votou em Porto Alegre e almoçou em Brasília. Minha mãe saiu para votar em Belford Roxo (RJ) antes do café da manhã e até agora não voltou. Belford Roxo é mais longe que Porto Alegre?’

La vie è..

Petista declarado, o ator José de Abreu estava em Paris curtindo a vida. Foi flagrado em foto. Não há confirmação de que tenha votado. Abreu protagonizou campanhas de ministério e em 2010 subiu no palanque da vitória de Dilma na noite em que foi eleita.

Patriotismo

A brasileira Clara Bustamante viajou da Philadelphia para Nova York ontem apenas para votar em Aécio.

Natal

Para sair um pouco de eleição, uma notícia ruim para a economia: a dois meses do Natal, as passagens aéreas de todas as companhias já custam os olhos da cara.

Ponto Final

Abstenção no País alcançou estupendos 29 milhões de eleitores – 21% dos aptos a votar.

_________________________

14 Opiniões

  1. Mauricio Fernandez disse:

    O que infestou de dúvidas a campanha de Aécio Neves foram as declarações de Armínio Fraga. Suas declarações consolidaram todos os ataques desferidos pelo PT contra Aécio. Não reconhecer isso é uma lamentável e inacreditável idiotia. Dilma arrastou durante toda sua campanha um séquito de vulnerabilidades para as quais não tinha (nem tem) respostas. Restou-lhe atacar e Armínio Fraga ofereceu a plataforma sobre a qual Dilma, Lula e o PT deitaram e rolaram. Qual dos ataques não se basearam na desconstrução de ações oferecidas por Aécio que beneficiariam o povo e o país em franco confronto com as declarações de Armínio Fraga? Observamos o verdadeiro “tiro no pé”. O resto é conversa de quem perdeu um jogo ganho.

  2. Ludwig Von Drake disse:

    Não sei porque, com a vitória de madame, lembrei-me do FEBEAPA do Stanislaw Ponte Preta.

  3. Sandra disse:

    O pobre, mais dependente dos beneficios sociais, independente de cor ou naturalidade vota pelo governo qualquer governo.Foi assim nos dois governos FHC, nos governos Lula, e agora no governo Dilma, é um fato , uma constatação.Não querem perder o pouco que tem e no caso de uma campanha eleitoral sórdida como foi essa, com constantes ameaças de suspender os beneficios, aconteceu o inevitável.Não há que procurar muitas explicações metafísicas…
    Estou mais conformada com a derrota nessa eleição e começando a encarar como uma benção disfarçada. Dilma terá que arcar com sua herança maldita. Ao invés do “nós contra eles”que pregaram durante a campanha, já se ouve o “nós contra nós”, já estão começando a se engalfinhar, quem viver verá o resultado final…Não necessito ser vidente para ver que esse partido depois de um segundo reinado da presidAnta será pó…

  4. Mauricio Fernandez disse:

    Aécio, com uma eleição ganha conseguiu perder. Cumpre-se assim, a vocação do PSDB de ‘entregar’ eleições. Ao longo do período de campanha afirmávamos antecipadamente que Dilma “perdeu”. O resultado das urnas mostraram o quanto estávamos certos. Não existe mágica em política. Política é feita com conhecimento. O descuido inacreditável dos elitistas do PSDB com Minas Gerais e as bombásticas e inacreditáveis declarações de Armínio Fraga selaram definitivamente as pretensões eleitorais de Aécio. Agora a população raivosa, desavisada e ignorante procura culpados – são os pobres ( a ralé do país), os negros e os nordestinos. É assim, que dizem, querem arrumar o País. Falta muito!!!

  5. Beraldo Dabés Filho disse:

    Mazzini!? E a tal pesquisa feita pelos banqueiros a que você teve acesso e publicou um dia antes da eleição? Gato comeu? Cuidado meu jovem! Sua caneta empolgada, posta a serviço de uma causa ideológica, pode comprometer toda a sua carreira profissional. Reflita, expresse as suas próprias opiniões, seja racional, seja imparcial, faça o leitor refletir. Qualquer edificação começa por um bom alicerce.
    __________________________________________________
    EM 2018 NÃO VOTE EM BRANCO E NEM ANULE SEU VOTO!

  6. helo disse:

    No PT diante de Dilma alguns até amarelam. Ela tem bastante eloquência. O Brasil ficou dividido e o PT também. Já nós, o povo trabalhador, vamos ter que pagar a conta. Uns já sabiam, outros infelizmente só saberão agora. Se Dilma for combater a corrupção de fato, o que seria ótimo, talvez conseguisse verba para conter os preços altos. Será? Estaremos atentos.

  7. Marluizo Pires Cruz disse:

    O Brasil é um dos melhores pais do mundo. Somente tendo como um dos maiores problemas de convivência a falta de gestão pontual nas instituições públicas, massificando as promessas de soluções de mudanças, administrativas e sociais que aparecem de quatro em quatro anos porém esquecidas logo após o pleito, onde os atores da disputa eleitoral são conclamados a convergir nos interesses da manutenção e conquista do poder. Mas promessas de mudança no Brasil deve haver recebidas com ressalvas. Pois a 514 anos as promessas de mudanças sociais continua mantendo as estruturas de bases sociais do país no subdesenvolvimento. Onde a primazia da quantidade não leva em conta a qualidade.

  8. Maria da Assunção Freire disse:

    Um dos comentários mais coerentes e verdadeiros que ja recebi nesta época de eleições,repassem,se concordarem.

    URGENTE= PREPARA-TE MINAS GERAIS!!!!!!!!!!!!
    Mozart Hamilton Bueno**Juiz de Direito aposentado e Professor

    PREPARA-TE MINAS GERAIS
    Nascedouro da nacionalidade, berço da liberdade e sacrário dos valores eternos, minha Minas Gerais não ficará silente nem deserdará seus filhos neste momento tenebroso por que passa o Brasil.
    Nuvens negras já despontam no horizonte da Pátria com vistas a turvar e demolir a nossa democracia penosamente construída.
    Homens inescrupulosos, impatrióticos e vendilhões se apoderaram do poder em todos os níveis e nele pretendem se perpetuar, impondo-nos ideologia e regime político alienígenas, incompatíveis com nossa tradição, nossas aspirações e com a nossa história.
    Estes se espelham no decadente facínora Fidel Castro, nos inconcebíveis regimes ditos bolivariano, da Venezuela, e nos mais sanguinários ditadores do mundo.
    Aspiram se eternizarem no poder mediante o covarde silêncio do Congresso Nacional e da recente decisão do STF no escandaloso caso de corrupção denominado “mensalão”.
    O povo, em boa parte analfabeta, carente e dependente das tais bolsas compra votos (bolsa família, bolsa gás, bolsa escola, bolsa prostituta, etc…) não vislumbra, por absoluta incapacidade de discernir, o perigo que se avizinha.
    Já perdemos nossa identidade cívica, social e moral e, não demorará perderemos a liberdade caso prossigamos nesta trilha maldita de corrupção e cinismo implantada pelo PT comandado por Lula.
    É revoltante assistir a presidente empunhando entusiasticamente a bandeira cubana ao lado do ditador ilhéu; congressistas ostentando nas paredes de seus gabinetes a foto do sanguinário Che Guevara e o presidente da Câmara a afrontar em momento solene o Ministro Joaquim Barbosa, Presidente do STF.
    Avulta-se, com desenvoltura nunca vista, o aparelhamento do Estado, a compra de parlamentares, o sucateamento das Forças Armadas, o manietar da Polícia Federal e pior, o silêncio complacente das instituições, especialmente dos Ministérios Público Federal e Estaduais e a leniência de boa parte do Judiciário além do andar paquidérmico dos processos.
    Os políticos, por seu turno, perderam a hombridade e se quedam em covarde passividade diante destes descalabros. Não há oposição para combater tantos desmandos; nenhuma voz se alteia contra este estado de coisas, no Congresso submisso.
    Empréstimos secretos são feitos a ditaduras; dívidas de países governados por ditadores são perdoadas sem que a opinião pública brasileira seja consultada; investimentos milionários são feitos em Cuba sob o suspeito crivo de “secretos”; igualmente “secretos” e suspeitos são os gastos com cartões corporativos, as viagens da secretária do ex-presidente e as despesas com viagens internacionais, enquanto ministérios inúteis foram criados para arrebanhar cúmplices neste nefasto aparelhamento do estado petista.
    Não há uma ação sequer do governo petista que seja clara e induvidosa. Sobre todas pairam suspeitas e inexplicável silêncio dos governantes.
    O Supremo Tribunal Federal, salvo as notórias exceções, hoje mais ainda realçadas, resvalou para o julgamento de conveniência e já não há um cidadão que lhe renda o devido respeito.
    As Forças Armadas – silentes por enquanto- se submetem a inaceitável e proposital sucateamento e ainda são humilhadas pela unilateral Comissão da Verdade.
    Nossas fronteiras, deliberadamente escancaradas ao narcotráfico, ao contrabando e ao descaminho, às FARC e aos médicos cubanos, são indícios de que estamos perdendo nossa soberania e o controle do que se passa em nosso território.
    Adicionem-se a este quadro nebuloso da nacionalidade as suspeitas demarcações de terras indígenas, a desenvoltura do MST, (este claramente estimulado e financiado pelo Planalto) e tem-se o caldo da desobediência civil, do atrito entre irmãos e do caos social.
    A violência urbana, já incontrolável, domina todas as comunidades do país; as drogas já escravizam milhões de brasileiros e, segundo consta, já passa de um milhão a coorte de menores zumbis que vaga pelas cidades, dependentes que são do “crak”.
    Saúde pública vergonhosa, ensino público sofrível, segurança pública nenhuma.
    Direitos humanos só para transgressores da lei em inaceitável inversão de valores.
    No malsinado governo Goulart, no qual as ameaças foram muito mais tímidas Minas Gerais se levantou e espantou o fantasma que nos rondava.
    Na verdade, o Brasil é hoje, apesar da sua grandiosidade, país satélite das diminutas (em todos os sentidos) republiquetas sul-americanas.
    Pergunto então: onde está a Maçonaria?
    Onde estão as comunidades religiosas?
    Onde estão os Clubes de Serviço apologistas das liberdades? Onde estão os homens de bem deste país? Onde estão as forças vivas da comunidade brasileira? Onde está a imprensa?
    Estão fingindo nada ver e nada ouvir e fazendo cara de paisagem diante da borrasca político/social que se avizinha.
    Creio e espero que agora, se necessário for, Minas novamente se levantará contra o caudilhismo e o comunismo que aí estão à vista e já avizinhados, para honrar a tradição de liberdade que naquelas montanhas é cultuada desde os primórdios da colônia.
    Se assim for, estimarei ser convocado e serei um entusiasmado voluntário.
    Se o outro nome de Minas é Liberdade como acentuou Tancredo Neves, ela, a Liberdade, daquelas montanhas jamais se arredará.
    Tenho fé.
    Mozart Hamilton Bueno*
    *Juiz de Direito aposentado e Professor

    PEÇO MASSIVA DIVULGAÇÃO!

    Obs.: Mesmo após reeleição ocorrida ontem, envio esta mensagem que recebi 24.10.2014. Por favor repassem ao conhecimento do Senador Aécio. Obrigada.Assunção em 27.10.20114.

  9. Beraldo Dabés Filho disse:

    Isto ai. Comedimento, quase sinônimo de cautela, também como o caldo de galinha não faz mal a ninguém. Quanto ao “falar bem” de alguns políticos, é algo que está mais relacionado à eloquência, fator primordial em discursos, entrevistas e debates, não só políticos, mas também e sobremaneira, em tribunais. Tanto o Aécio Pinóquio quanto a Dilma são bons no português, mas o tucano é bem melhor na eloquência. Esta diferença produziu grande efeito positivo, mas não o suficiente para vencer a eleição, pelo simples motivo de que o grupo do qual ele faz parte é muito incompetente e, verdade seja dita, não apresentou nenhuma proposta nova e, pra completar a burrice, anunciou o Armínio Fraga e a adoção de medidas impopulares. Isto é abusar do direito de errar..
    _________________________________________________
    EM 2018 NÃO VOTE EM BRANCO E NEM ANULE SEU VOTO!

  10. helo disse:

    Dabés tinha razão, Dilma continuará. O suspense acabou mas não estou otimista. Preferiria que fosse o Pimentel, que fala bem mas é competente. Aliás falar bem me parece um dom da maioria dos políticos. O que Dilma disse depois de eleita assino embaixo. Porém o que fará talvez não seja melhor. São dezesseis anos no poder, a situação está difícil e o Brasil está mais atento.

  11. Sandra disse:

    Continuem a rir o riso nervoso da hiena, aquela que só come carne podre e ri, ri, se acaba de rir…A vida real vai se encarregar de enquadrar os imbecis….Enquanto isso o Lula aquele que só lembra dos pobres na hora de pedir seus votos, vai continuar a voar de jatinho , vai correr pra companhia das zelite e se embebedar de Romanée Conti ( de R$9.600,00 a garrafa) , lembram-se dele comemorando o debate da Globo de 2002?E vai se hospedar na suite presidencial do Copacabana Palace depois do comicio da baixada fluminense , pra se limpar do cheiro de pobre…Eita! Me engana que eu gosto!

  12. Beraldo Dabés Filho disse:

    Esqueci: diante do Lula, todos eles amarelam… Eita!!!!!
    ____________________________________________________
    EM 2018 NÃO VOTE EM BRANCO E NEM ANULE SEU VOTO!

  13. Beraldo Dabés Filho disse:

    A oposição assinou em 26/10/2014 seu próprio atestado de incompetência. Também pudera! FHC, Serra, Alckmim, Álvaro Dias, Eduardo Azeredo, Aécio Neves, Marconi Perillo, Anastasia,, etc., etc., constituem o que de mais desonesto, podre e incompetente pode haver no País. Curiosamente, todos tem em comum a facilidade do discurso. O FHC, o Alckmim, o Serra, o Aécio e o Álvaro Dias são especialistas neste quesito. Curiosidades: o Alckmim parece um autômato e o Aécio parece “ligadãããooo”. Eita!!!!!!!
    _________________________________________________
    EM 2018 NÃO VOTE EM BRANCO E NEM ANULE SEU VOTO!

  14. PC disse:

    O que fez eleger Dilma foram as abstenções. Melhor assim, Aécio se livrou de governar com tudo aparelhado que seria muito difícil. Agora, o PT afunda de vez a fazenda Brasil. Nos preparemos para república Bolivariana que se instalará no Brasil.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *