Início » Cultura » Arquitetura » Abandono dá tom macabro a parque natalino
RIO DE JANEIRO

Abandono dá tom macabro a parque natalino

Criado para ser um parque fora das temáticas tradicionais e com o objetivo de exaltar o Natal, o Parque Albanoel, no Rio de Janeiro, ficou abandonado após a morte de seu idealizador

Abandono dá tom macabro a parque natalino
Parque caiu em desuso e agora está cercado pela vegetação (Foto: Christopher Jones)

No município de Itaguaí, região metropolitana do Rio de Janeiro, um parque fora das temáticas tradicionais, poderia muito bem deixar o ano sempre em clima natalino.

Porém, após a morte do criador e idealizador, Antônio Albano Reis, conhecido como “Papai Noel de Quintino” em 2004, o parque caiu em desuso e agora está cercado por vegetação e palmeiras.

Foto: Christopher Jones

(Foto: Christopher Jones)

O Parque Albanoel teria uma série de terrenos temáticos divertidos em uma área extensa de mais de 30 milhões de metros quadrados, mas apenas uma área foi concluída.

Alguns anos depois, o professor britânico Christopher Jones estava dirigindo a caminho de Paraty com um grupo de amigos quando avistaram as formas natalinas assustadoras.

O professor, que também é fotógrafo, tirou uma série de fotos impressionantes capturando a atmosfera macabra que tomou o parque.

Foto: Christopher Jones

(Foto: Christopher Jones)

“É enorme e completamente aberto na estrada. Eu acho que havia um muro muito pequeno, com cerca de 30 centímetros de altura, em um terreno completamente abandonado. Há algum tipo de casa grande ou residência por trás, mas a parte da frente é totalmente aberta”, diz Jones.

Segundo o professor, explorar o parque foi um tanto quanto “confuso”, visto que, o Natal é uma época festiva e alegre, completamente oposta ao cenário do parque.

Foto: Christopher Jones

(Foto: Christopher Jones)

“[Natal] é projetado para ser tão feliz, não é? E alegre. No entanto, essas coisas estão cheias de rachaduras e mofo”, disse Jones.

O cenário bucólico contribuiu para o efeito, além de outros cenários do parque que se destacam, segundo Jones. “Se você for olhar algumas das estruturas e espiar pelas portas ou pelas janelas abertas, há uma espécie de estátuas de Natal destruídas e coisas dentro delas, que são particularmente sinistras”, relatou Jones.

Foto: Christopher Jones

(Foto: Christopher Jones)

O grupo de amigos permaneceu cauteloso ao se aventurar pelo parque misterioso, visto que, não sabiam o que poderiam encontrar pelo caminho. “Parece que eles não levaram nada para fora do local. Alguns pedaços acabaram por se desfazer e foram empurrados para dentro”, explica Jones.

O grupo foi cauteloso sobre se aventurar muito longe no parque, sem saber o que eles encontrariam. “Nós não queríamos ir muito longe, quem sabe o que mais está lá?”, questiona o professor.

Foto: Christopher Jones

(Foto: Christopher Jones)

 

Internacionalmente, o parque não é tão conhecido como outros lugares abandonados em todo o mundo e as informações disponíveis online são bastante limitadas – assim como as fotos.

Como resultado, muitas vezes são as fotos de Jones que surgem nas mídias sociais. Elas foram compartilhadas por figuras importantes através do Twitter – incluindo o diretor de cinema mexicano, Guillermo del Toro.

Foto: Christopher Jones

(Foto: Christopher Jones)

“Eu acho que é em algum lugar que muitas pessoas realmente não sabem que existe. É impressionante, não é? É apenas visualmente impressionante”, diz Jones.

Fontes:
CNN-Inside Brazil's abandoned Santa theme park

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *