Início » Brasil » Abstenções, brancos e nulos superam 32% do eleitorado
ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Abstenções, brancos e nulos superam 32% do eleitorado

Cerca de 10,7 milhões de pessoas do total de 32,9 milhões de eleitores aptos a votar não compareceram às urnas ou optaram por votos brancos e nulos neste domingo

Abstenções, brancos e nulos superam 32% do eleitorado
Um total de 57 cidades tiveram segundo turno nas eleições municipais deste ano (Fonte: Reprodução/TSE)

O índice de abstenções, votos brancos e nulos somaram 32,5% do eleitorado em todo o país no segundo turno das eleições municipais realizado neste domingo, 30.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cerca de 10,7 milhões de pessoas do total de 32,9 milhões de eleitores aptos a votar não compareceram às urnas ou optaram por votos brancos e nulos neste domingo.

Um total de 57 cidades tiveram segundo turno nas eleições municipais deste ano. O TSE informou que o total de abstenções foi de quase 7,1 milhões de eleitores (ou 21,6%). Já o número de votos brancos ficou em cerca de 936 mil (ou 4,28%) e os votos nulos somaram 2,7 milhões (12,41%).

Em coletiva de imprensa na noite deste domingo, o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, afirmou que “alguma coisa ocorre no que diz respeito a esse estranhamento ou esse distanciamento entre o eleitor e os políticos que eventualmente o representam. Isso de fato ocorre e alguma coisa se traduz nessa ausência ou também na opção pelo voto nulo”.

O ministro ressaltou, no entanto, que o número de ausentes não deve ser supervalorizado, uma vez que “impropriedades” podem ser identificadas na contagem dos eleitores.

Após o alto índice de abstenções e votos brancos e nulos registrados no primeiro turno, o presidente Michel Temer chegou a dizer que se tratava de um recado da população à classe política. Já o presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou que a prioridade do Congresso deveria ser uma reforma política “profunda”.

Fontes:
G1 - Abstenções, votos brancos e nulos somam 32,5% do eleitorado do país
Hora 1 - Número de abstenções e votos nulos cresce e preocupa presidente do TSE

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Luiz Fernando G.Pacheco disse:

    MESMO COM ESTE ALTO INDICE DE REJEIÇÃO, NOSSOS POLÍTICOS AINDA NÃO PERCEBERAM A NECESSIDADE URGENTE DE UMA PROFUNDA REFORMA POLÍTICA. CHEGA DE TANTOS PARTIDOS E DE TANTOS CANDIDATOS INCOMPETENTES E MAL PREPARADOS.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *