Início » Brasil » Alckmin lança versão tucana do Mais Médicos
Sem cubanos

Alckmin lança versão tucana do Mais Médicos

Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, aprova bônus salarial para médicos que aceitarem atuar em regiões periféricas do estado

Alckmin lança versão tucana do Mais Médicos
Lei de Alckmin rivaliza com o Mais Médicos do petista Alexandre Padilha (Reprodução/IG)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), vai sancionar nesta segunda-feira, 07, uma lei complementar à lei da carreira médica, sancionada pelo governo do estado em 2012.

Leia também: Oito fatos pouco divulgados sobre o Mais Médicos

A nova lei pagará um bônus de 30% sobre o salário inicial da categoria (cerca de R$ 1.900) a profissionais que aceitarem trabalhar em zonas periféricas do estado. O texto da lei foi aprovado na semana passada pela Assembleia Legislativa de São Paulo.

O bônus será de acordo com formação do profissional. Mestrado, doutorado e pós-doutorado receberão um bônus de 5%, 10% e 15%, respectivamente.

A lista oficial dos bairros que serão beneficiados pela lei ainda não foi divulgada, mas os bairros de São Mateus, Guaianases e Taipas já estão entres os escolhidos.

Conhecida como o “Mais Médicos tucano”, a lei está sendo sancionada às pressas, para rivalizar com o Mais Médicos, vitrine eleitoral de Alexandre Padilha (PT), ex-ministro da Saúde e principal rival de Alckmin nas eleições pra governador deste ano.

“É a primeira lei de cargos e salários para médicos que contempla o serviço público. Também premia aqueles que trabalham em locais de maiores dificuldades”, disse David Uip, secretário estadual da Saúde.

Para ficar dentro do prazo do calendário eleitoral para alterações de salários dos servidores, a lei precisa ser aprovada até a próxima terça-feira, 08.

Fontes:
Folha-Alckmin aprova 'Mais Médicos' tucano

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

7 Opiniões

  1. Beraldo Dabés Filho disse:

    Este Alckmin é um gênio. Lançou um “Mais Médicos”, SEM CUBANOS. Ohhhhh!!! Espetacular! Parabéns! Palmas!
    __________________________________________
    NÃO VOTE EM BRANCO E NEM ANULE SEU VOTO!

  2. Joma Bastos disse:

    E as infraestruturas de Saúde e de Educação? Há que investir em pelos menos mais quatro(um por cada 10 milhões de residentes) Hospitais Universitários de qualidade superior, e assim aumentaria a qualidade e a quantidade de leitos hospitalares e também o número de vagas em instituições superiores de Educação voltadas para a área da saúde.

  3. ivone disse:

    Qual será o médico brasileiro disposto a ganhar R$ 1900,00 +30% para enfrentar a periferia brava de São Paulo?

    Que medida eleitoreira…

    Os problemas de São Paulo estão começando a aparecer… De onde ele vai tirar a água para abastecer a região metropolitana? de algum decreto surreal como este?

    16 anos de malandragem e enganação.

  4. helo disse:

    Estou com Dabés, até que enfim um programa com revalida e sem cubanos.

  5. Áureo Ramos de Souza disse:

    Me engana que eu gosto, é o que os médicos estão pensando no momento e pensam que R$ 1.900,00 é dinheiro? Alckmim dê 30% de seu salário .

  6. ney disse:

    Que vergonha desse Tucano, o pobre neste pais sai de casa para trabalhar em qualquer lugar do mundo e só com a esperança, sem garantias, quer receber ao menos o que trabalhou.

    Isto é uma vergonha.
    É quem vai pagar são os contribuintes.

  7. sujeito oculto disse:

    tanto tempo pra fazer isso, resolveu agora,pra mim esse é mais um jogo sujo. Não vamos cair nessa.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *