Início » Brasil » Alerj proíbe venda da Cedae
VENDA REVOGADA

Alerj proíbe venda da Cedae

Assembleia Legislativa derruba veto de Luiz Fernando Pezão

Alerj proíbe venda da Cedae
Foram 44 votos a favor e apenas um contra a derrubada do veto (Fonte: Reprodução/Cedae/Divulgação)

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) derrubou nesta quarta-feira, 5, um veto do governador Luiz Fernando Pezão a uma lei aprovada pela Casa que impedia a venda da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae).

Foram 44 votos a favor e apenas um contra a derrubada do veto, além de oito abstenções. A bancada governista se desarticulou após a prisão do governador Pezão, há cerca de uma semana, o que acabou possibilitando a votação.

A emenda que proíbe a venda da estatal é de autoria do deputado Paulo Ramos (PDT). Após a votação nesta quarta, o parlamentar comemorou: “vamos continuar com a Cedae pública, estatal e indivisível pelo bem do saneamento básico. A água não pode ser submetida ao lucro. Foi uma luta grande, com a participação de todos, mesmo dos que estavam com uma posição mais cautelosa”.

A Cedae figurava como a principal garantia de um empréstimo contraído pelo governo do Rio junto ao banco BNP Paribas para colocar as contas públicas em dia, e está embutido no Regime de Recuperação Fiscal, que foi acordado com o governo federal.

A assessoria do governo do Rio de Janeiro informou que “o estado vai aguardar a chegada do texto aprovado ao Palácio Guanabara, para avaliar a medida a ser tomada”.

Fontes:
EBC - Alerj proíbe venda da companhia de água, dada em garantia a empréstimo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *