Início » Brasil » Alta da inflação deve ser derrubada logo, diz Dilma
Economia brasileira

Alta da inflação deve ser derrubada logo, diz Dilma

Presidente afirma que o aumento não deve levar a população a reduzir o consumo

Alta da inflação deve ser derrubada logo, diz Dilma
Para Dilma, a população deve consumir mais (Foto: Pixabay)

Nesta quinta-feira, 11, a presidente Dilma Rousseff afirmou que a inflação de 8,47% registrada no mês de maio, a mais alta desde 2003, é “atípica” e “preocupa bastante”. No entanto, Dilma acredita que essa alta não deve levar a população a reduzir o consumo.

Leia mais: Cautela argentina no acordo entre Mercosul e UE divide governo brasileiro

Depois de participar da cúpula entre a União Europeia e a Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), em Bruxelas, Dilma disse aos jornalistas não achar “que a população tem de consumir menos”. “Pelo contrário, acho que a população tem de continuar consumindo”, disse Dilma.  Além disso, ela isentou o governo da responsabilidade pelas causas da pressão inflacionária e enumerou fatores que têm acelerado os preços. “A inflação deste ano é uma inflação atípica, é fruto de várias correções. É um objetivo que temos de derrubar e logo. O Brasil não pode conviver com uma taxa alta de inflação, não pode e não vai”, disse a presidente.

Dilma citou a seca no Nordeste e a crise de falta de água no Sudeste como fatores que têm influenciado esse crescimento inflacionário. O ajuste cambial também foi mencionado. “Esse ajuste não fomos nós que provocamos, mas sofremos o efeito dele”, disse, comparando a oscilação do dólar entre 2012, a R$ 1,60, e agora, a R$ 3,17.

“Nós estamos extremamente preparados. Acho que houve esse movimento da inflação, e agora estamos tomando todas as medidas para derrubá-la”, afirmou Dilma, repetindo o discurso do governo de aposta na recuperação econômica a partir de 2016.

Fontes:
Folha de S. Paulo-Para Dilma, inflação preocupa e deve ser derrubada logo

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *