Início » Brasil » Anthony Garotinho é preso pela PF no Rio de Janeiro
EX-GOVERNADOR DO RJ

Anthony Garotinho é preso pela PF no Rio de Janeiro

Ex-governador do Rio de Janeiro é preso pela PF por uso do programa 'Cheque Cidadão' para compra de votos

Anthony Garotinho é preso pela PF no Rio de Janeiro
Garotinho foi preso em seu apartamento no Flamengo, no Zona Sul do Rio de Janeiro(Foto: Renato Araújo/ Agência Brasília)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ex-governador do Rio de Janeiro e atual secretário de governo de Campos dos Goytacazes, interior do estado, Anthony Garotinho, foi preso na manhã desta quarta-feira, 16, pela Polícia Federal (PF). O político foi preso em seu apartamento no Flamengo, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

A prisão de Garotinho trata-se de uma das fases da Operação Chequinho, que investiga o uso do programa social “Cheque Cidadão” para comprar votos nas eleições municipais do dia 2 de outubro. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Glaucenir Silva de Oliveira.

Ao todo, a PF cumpre oito mandados de prisão temporária, oito de busca e apreensão e um de condução coercitiva. Os detidos serão encaminhados ao Sistema Penitenciário de Campos dos Goytacazes, onde ficarão presos por cinco dias, prorrogáveis por mais cinco.

Anteriormente, a PF já havia prendido os vereadores Ozéias Martins, Miguel Ribeiro Machado (conhecido como Miguelito), Kellenson Ayres Figueiredo de Souza (conhecido como Kellinho), Thiago Virgílio e Linda Mara Silva, ex-secretária de Desenvolvimento Humano e Social, Ana Alice Alvarenga, a radialista Beth Megafone e a ex-coordenadora do Cheque Cidadão, Gisele Koch. Todos eles são suspeitos de fraudar o programa assistencial em troca de votos.

De acordo com a PF, eles colhiam documentos de eleitores para cadastrá-los no programa social. A prática provocou o aumento do volume dos benefícios em mais de 100% desde junho deste ano. O Ministério Público do Rio de Janeiro aponta que dos 30 mil beneficiários, 18 mil fariam parte do esquema que provocou um desperdício de R$ 3,5 milhões por mês.

Fontes:
O Globo-Ex-governador Garotinho é preso pela Polícia Federal no Flamengo
Extra-Garotinho é preso pela Polícia Federal no Flamengo, na Zona Sul do Rio

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. João Martins disse:

    A julgar pela tranquilidade e os sorrisos enquanto era conduzido pela polícia acredito que não esteja muito preocupado.

    vídeo prisão de garotinho

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *