Início » Brasil » Apenas metade dos brasileiros completa o ensino médio até os 19 anos
Educação no Brasil

Apenas metade dos brasileiros completa o ensino médio até os 19 anos

Apenas 54,3% dos brasileiros conseguiram concluir o ensino médio em 2013, segundo a Pnad

Apenas metade dos brasileiros completa o ensino médio até os 19 anos
O número de jovens entre 15 a 17 que estão fora da escola também aumentou (Reprodução / Internet)

O número de jovens entre 15 a 17 que estão fora da escola aumentou, segundo dados de 2013. Do total de pessoas nesta idade, 15,7% não frequenta as salas de aula. São 1,6 milhão de jovens sem concluir o ensino médio. As metas traçadas pelo Movimento Todos Pela Educação para o ano passado não foram atingidas. Apenas 54,3% dos brasileiros conseguiram concluir o ensino médio até os 19 anos em 2013.

Apesar de o índice de conclusão  ser baixo, apresenta uma pequena melhora em relação a 2012, quando  53% dos jovens até  19 anos conseguiram concluir o ensino médio. A tendência é de estagnação neste número para os próximos anos. Os resultados foram obtidos a partir de informações levantadas pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad).

No ensino fundamental o resultado foi bem abaixo das metas. Esperava-se que 84% concluíssem esta etapa até os 16 anos, mas o número real foi de 71,7%.

A meta para o ensino médio é  de 63% e faz parte de um plano maior que tem como objetivo final que todos os jovens de até 19 anos do país tenham concluído o ensino médio até 2022. O Plano Nacional de Educação estipula que em dez anos a taxa de matrículas de jovens com a idade  certa para esta etapa escolar seja de 85%.

Fontes:
Estadão - Aumenta número de jovens fora do ensino médio

2 Opiniões

  1. Élio J. B. Camargo disse:

    Não sei porque essa ênfase no ensino médio. Quando terminam este, os jovens são nada e vão trabalhar como entregadores, ajudantes, etc. Por outro lado a sociedade sente falta de profissionais qualificados e técnicos. É preciso por ênfase na formação técnica, dando aos jovens uma educação que lhes dê oportunidades de ser alguma coisa aos 18 anos e terem uma renda descente. Depois se quiserem, façam o ensino médio e faculdade.

  2. Joma Bastos disse:

    “Segundo pesquisas do Ministério da Educação, no Brasil são 16 milhões de analfabetos, pessoas que não conseguem sequer escrever um bilhete. Já os que não chegaram a concluir a 4ª série do ensino fundamental I, somam 33 milhões,
    Em 2012, o Instituto Paulo Montenegro e a ONG Ação Educativa divulgaram o Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf) entre estudantes universitários do Brasil e este chega a 38%, refletindo o expressivo crescimento de universidades de baixa qualidade.
    Espelhos da nossa Alfabetização.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *