Início » Brasil » Após perícia, Polícia Federal confirma vazamento de redação do ENEM
Educação

Após perícia, Polícia Federal confirma vazamento de redação do ENEM

Segundo o delegado Alexandre Uchôa, alunos receberam imagens com tema da redação 1 hora e 13 minutos antes da realização do exame

Após perícia, Polícia Federal confirma vazamento de redação do ENEM
Imagem da tela do celular com a imagem da prova. Uchôa afirmou que o vazamento foi um caso isolado e poucos alunos receberam (Foto: Reprodução/O Globo)

A Polícia Federal (PF) confirmou nesta quinta-feira, 18, o vazamento do tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Por meio do delegado regional de Combate ao Crime Organizado da Superintendência da PF no Piauí, Alexandre Uchôa, o órgão afirmou que não há indícios de vazamento em massa e que apenas três alunos teriam recebido o tema com antecedência.

A denúncia foi feita no dia 13 de novembro, pelo estudante piauiense Jomásio Barros, que divulgou uma imagem da tela de celular onde recebeu o tema da redação às 10h47 (11h47 no horário de Brasília) do dia 9 de novembro, horário anterior ao do início da prova.

Barros denunciou o vazamento à PF e se disse “indignado” com a situação. Na época, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pela aplicação da prova, divulgou nota oficial afirmando não ter conhecimento de indícios de vazamento da prova deste ano. Outros dois estudantes afirmaram ter recebido a imagem com o tema da redação.

Segundo Uchôa, o vazamento ocorreu nos locais de prova e não houve furto da prova nos locais onde foram impressas ou durante o transporte, o que seria mais grave. O delegado afirmou não ter como comprovar ainda de onde partiu o vazamento, mas como ocorreu minutos antes da prova, é provável que tenha saído de um dos locais da realização do exame. A PF realizou uma perícia no telefone celular de Jomásio e comprovou que ele recebeu a foto antes do horário das provas.

“Fizemos a perícia, que confirmou que ele recebeu a fotografia da prova com o tema da redação poucos minutos antes da prova. Estamos continuando as investigações. A dificuldade de investigar o Enem está justamente em você identificar de quem passou para quem. Ainda estamos tentando ouvir algumas pessoas. A dificuldade é identificar quem passou primeiro porque a circulação no WhatsApp é muito rápida. Vamos tentar fazer essa cadeia reversa, mas ainda estamos tentando e fazendo algumas diligências”, explicou Uchôa.

O delegado afirmou que os caos de vazamento do Piauí não têm relação com a fraude no Ceará e na Paraíba, onde alunos utilizaram ponto eletrônico para estar em contato com pessoas que haviam realizado a prova com antecedência.

Fontes:
O Globo-Polícia Federal confirma vazamento do tema da prova de redação do Enem 2014

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *