Início » Brasil » O aprendizado que vem da música
ENTREVISTA

O aprendizado que vem da música

Marin Alsop, diretora da Orquesta Sinfônica de São Paulo, explica a importante relação entre arte e a formação de uma sociedade

O aprendizado que vem da música
Marin rege a Orquestra Sinfônica de São Paulo desde 2012 (Foto: Vimeo)

A nova-iorquina Marin Alsop assumiu a regência da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) em 2012, depois de dirigir a Sinfônica de Baltimore, nos EUA, desde 2007. Marin foi a primeira mulher a receber o Prêmio Koussevitzky Conduction do Tanglewood Music Center, onde foi aluna de Leonard Bernstein.

O Podcast Rio Bravo entrevistou Marin, que contou um pouco da sua trajetória e sua relação com a música clássica. Foi aos nove anos, quando seu pai, também um músico, a levou para assistir a orquestra de Leonard Bernstein, que ela decidiu que queria reger a sua própria. Marina, na época, já fazia parte de uma orquestra, onde tocava violino.

Na entrevista, Marin diz que acredita que a música pode ajudar a moldar a vida de uma pessoa, especialmente dos jovens. Ela conta que o seu projeto Orchkids, em Baltimore, conta com 1,100 crianças que, todos os dias, depois da escola, têm contato com música, aprendendo e ensinando os mais jovens, e que esta experiência permite que eles se desloquem de suas vidas diárias.

“Tocar um instrumento e fazer parte de um time tem a capacidade de ser uma verdadeira salvação para os jovens”, diz Marin. Em São Paulo, ela trabalha com mais de 90 jovens músicos brasileiros no Festival de Inverno de Campos do Jordão, e comenta a vontade de aprender que observa neles.

“A música pode ser um destino, mas também pode nos ensinar as ‘habilidades’ que precisamos no século XXI, a ideia de ouvir, de respeitar uns aos outros, trabalhar duro, todas essas coisas que são muito importantes”, diz.

Questionada se acha que a música deveria ter um lugar nas salas de aula, Marin diz que educação, em si, é essencial, mas que a arte merece, sim, atenção.

“Todo ser humano merece uma educação que envolva arte. Sem incentivar o desenvolvimento da imaginação, temos um mundo muito fechado, sem muitas possibilidades, então acredito que toda criança mereça esta oportunidade”.

A entrevista de Marin pode ser ouvida no Podcast Rio Bravo (https://soundcloud.com/riobravoinvestimentos), uma entrevista semanal com convidados, falando sobre temas ligados à cultura, educação, economia etc.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *