Início » Brasil » Aprovação de Michel Temer cai para 5%
DATAFOLHA

Aprovação de Michel Temer cai para 5%

Pesquisa do Datafolha mostra que aprovação de Temer caiu para 5%, enquanto a rejeição ao presidente subiu para 73%

Aprovação de Michel Temer cai para 5%
Pesquisa comprova a tendência de queda na aprovação de Temer (Foto: EBC)

Uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira, 2, pelo Datafolha aponta que a aprovação do presidente Michel Temer atingiu seu mais baixo patamar.

Segundo a pesquisa, apenas 5% dos entrevistados consideraram o governo Temer como “Ótimo” ou “Bom”. Outros 20% consideraram a gestão Temer como “Regular”. Já 73% consideraram o governo Temer como “Ruim” ou “Péssimo”. Outros 2% não souberam opinar.

Questionados sobre o que seria melhor para o país, 59% dos entrevistados afirmaram que o melhor seria se Temer deixasse o cargo agora; 37% disseram que o melhor seria que Temer terminasse o mandato; e 4% não souberam opinar.

O resultado da pesquisa faz de Temer o presidente mais rejeitado pela população desde José Sarney, que em 1989 também chegou aos 5% de aprovação em meio à crise de hiperinflação.

Além disso, a pesquisa comprova a tendência de queda na aprovação de Temer e de escalada na rejeição a sua gestão. Na pesquisa anterior, divulgada em junho deste ano, o presidente registrou uma aprovação de 7% e uma rejeição de 69%.

O Datafolha ouviu 2.772 pessoas, em 194 municípios, nos dias 27 e 28 de setembro de 2017. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Fontes:
G1-Governo Temer tem aprovação de 5% e reprovação de 73%, diz Datafolha

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Markut disse:

    A questão não é ser ótimo , ou bom.Talvez, nas condições atuais, se trate mais
    de considerar o menos pior, graças à atuação da equipe econômica e permitir que a transição para um novo governo seja nas eleições de 2018.
    O problema seria tirar proveito das lições deste descalabro institucional, em que estamos mergulhados, e extrair dele as posturas daí resultantes.
    Falta, para isso, infelizmente, a figura de um verdadeiro Estadista, que não se vislumbra no horizonte próximo, correndo ,a curto prazo, o risco de continuar a trocar o seis por meia dúzia e o ressurgimento das “divindades” salvacionistas, no oportuno conceito do Palocci.

  2. Laércio disse:

    Eu não sei como ele ainda consegue obter aval de 5%!
    Nos últimos trinta anos nada de significativo foi feito no país! Vivemos de ser enganados por mídia, empresários, magistrados e governos!
    Falam em recorde de safra mas quem caça o buraco onde vai a semente manipulada geneticamente, e quem conhece o produto final transportando até os navios são estrangeiros… Os brasileiros ficam com as vagas operacionais; em outros setores de nossa cadeia produtiva é a mesma coisa!
    Coloca só brasileiro junto e pede para tirar petróleo da terra… No máximo farão lama!
    Nosso problema é não admitir que estamos atrasados, até a Índia fabrica seu automóvel e caminhões!
    Faltou no Brasil o combate a marginalidade com penas de morte e prisão perpétua, trabalhos forçados somados a cárceres privados… Mais não, sempre alguém fala contra! É melhor o povo sofrendo do que bandido… Por isso estamos aqui, fingindo…
    Quando o Brasil começar a funcionar temos pena de morte para maus políticos, mídias irresponsáveis, traficantes, latrocidas e outros da mesma estirpe.
    O Brasil que vemos nos jornais não nos pertence mas sim é propriedade dos marginais que dominam este país…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *