Início » Brasil » Arnon de Mello matou José Kairala
Nesta Data

Arnon de Mello matou José Kairala

Em 4 de dezembro de 1963, Arnon de Mello baleou senador dentro da Câmara

Arnon de Mello matou José Kairala
Arnon foi governador de Alagoas de 1951 a 1956 (Foto: Reprodução/Internet)

No dia 4 de dezembro de 1963, o então senador Arnon de Mello (PDC-AL), pai do futuro presidente Fernando Collor de Mello, disparou contra o seu inimigo político, o senador Silvestre Péricles (PTB-AL), dentro da Câmara. O projétil atingiu outro senador, José Kairala (PSD-AC), que morreu horas depois no hospital. Era o último dia de trabalho de Kairala. Arnon não sofreu nenhuma punição pelo assassinato.

Arnon nasceu em 19 de setembro de 1911, em Alagoas. Arnon estudou em Maceió até os 19 anos de idade, quando mudou-se para o Rio de Janeiro e se tornou jornalista do jornal A Vanguarda, fechado em 1930.  Formou-se em direito pela UFRJ no ano de 1933. Seguiu exercendo a profissão de jornalista, trabalhando no Diário de Notícias, Diário Carioca e em O Jornal.

Ao fim do Estado Novo, em 1945, iniciou sua carreira política. Entrou para o UDN e foi eleito suplente de deputado federal naquele ano. Pelo mesmo partido, foi eleito Governador de Alagoas em 1950, onde cumpriu o mandato de cinco anos. Em 1962 foi eleito senador por Alagoas.

No ano seguinte, teve rixa política com o senador Silvestre Péricles, que prometeu matá-lo. Foi armado para o plenário da câmara e, após provocar Péricles, reagiu a tentativa de agressão do deputado disparando sua arma contra ele. O adversário conseguiu se abaixar e outro senador, José Kairala, foi atingido e faleceu horas depois no hospital.

Foi reeleito em 1970 por votação direta. Faleceu em 1983, filiado ao PDS e cumprindo mandato de senador de Alagoas.

Fontes:
Estadão-Senado já teve até assassinato em plenário
OAM-Arnon de Mello, uma força inconteste no engrandecimento de Alagoas

6 Opiniões

  1. Rubio disse:

    A fruta nunca cai longe do pé.

  2. Edu disse:

    Mesma coisa com Dilma Rousseff,assaltava bancos, quartéis pra roubar armas,guerrilheira da var-palmares,comunista bandida,olha no que deu, em 5 anos quebrou um país com 200 milhões de pessoas, simplesmente o governo mais corrupto da história do Brasil !!

  3. Luciano disse:

    O Brasil não tem memória mesmo .Era pro filho nunca ter sido eleito. Olha o que deu.

  4. flavio disse:

    Perto do filho o pai é santo, o filho ja matou muito mais.

  5. Antonio Reis disse:

    Deve estar no inferno agora…

  6. anonimo disse:

    Olha o exemplo, há 51 anos atrás.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *