Início » Brasil » Arruda é condenado por mensalão do DEM, mas ainda é candidato
Eleições 2014

Arruda é condenado por mensalão do DEM, mas ainda é candidato

Arruda havia sido condenado, em 1ª instância, em dezembro pela participação no conhecido 'mensalão do DEM' em Brasília

Arruda é condenado por mensalão do DEM, mas ainda é candidato
José Roberto Arruda é candidato ao Governo do Distrito Federal nas eleições 2014 (Foto:Reprodução/G1)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda foi condenado, em 2ª instância, por improbidade administrativa nesta quarta-feira, 9, pelo Tribunal de Justiça do DF, juntamente com a deputada federal Jaqueline Roriz. Mesmo diante da decisão da Justiça, ambos continuam elegíveis para as eleições 2014.

Arruda chegou a ser preso em 2010 e havia sido condenado, em 1ª instância, em dezembro pela participação no conhecido “mensalão do DEM” em Brasília, descoberto pela operação Caixa de Pandora da Polícia Federal. O esquema envolveu a deputada Roriz, seu marido, Manuel Costa, e o delator Durval Barbosa, que também foram condenados por receberem propina em troca de apoio à candidatura de Arruda nas eleições de 2006.

Segundo o PR, partido de Arruda, a decisão da Justiça “não afeta o registro da candidatura (…) nem causa qualquer embaraço à posse do cargo após a vitória ou mesmo ao exercício do mandato”, indicando ser absurda a acusação contra o ex-governador e afirmando que apelará para instâncias superiores.

De acordo com a Lei da Ficha Limpa, o candidato se torna inelegível se no momento do registro da candidatura for condenado por crimes ou improbidade administrativa. Como no último dia 29, quando registrou candidatura, Arruda só havia sido condenado em 1ª instância, foi aceito.

Com isso, as situações dele e de Roriz ficam indefinidas. O Ministério Público Eleitoral informou que analisará os casos e verificará as consequências para o processo eleitoral.

Fontes:
G1 - Arruda é condenado em 2ª instância por improbidade administrativa

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Luiz Fernando disse:

    MAIS UMA VERGONHA PARA A NOSSA DEBILITADA REPÚBLICA.

  2. Roberto Rivelli disse:

    10 x 0 para a Alemanha.
    Percebamos que os 7x 1 foi muito pouco.
    O que aconteceu no futebol foi bem parecido.Não se convoca os melhores,priviligiando este ou aquele e por aí vai.
    Na política, as regras são para os que têm respeito à elas.Os melhores candidatos geralmente são tolidos da concorrência, uma vez que os inescrupulosos saqueiam os cofres públicos e usam do poder para a reeleição.Se os corruptos estissem presos poderíamos ter eleições honestas e votariamos em idéias, fosse de que partidos fosse .
    Temos que acreditar e trabalhar pela democracia,mas é preciso uma ajuda dos magistrados para fazer cumprir o desejo do povo. Ficha limpa neles.

  3. Áureo Ramos de Souza disse:

    Eu gostaria de entender nossa justiça e principalmente eleitoral, Se um miserável adentrar um super mercado por ester com fome e roubar, será preso e irá esperar julgamento. Na política é diferente, prova-se que roubaram, que participaram, se vê o aumento de suas riquezas e ainda pode disputar eleição, que nojeira e eles não tem caráter fazem igual ao verdadeiros ladrões NÃO FUI EU, SOU INOCENTE.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *