Início » Brasil » As Ilhas Brasileiras
Coluna Esplanada

As Ilhas Brasileiras

Ministro do Turismo pretende lançar o programa Ilhas Brasileiras para fomentar o turismo, em especial o de estrangeiros, em Fernando de Noronha, Ilhabela, Ilha Grande, entre outras

As Ilhas Brasileiras
Ministro do Turismo, Henrique Alves, está animado (Fonte: Reprodução/Fábio Pozzebom/Agência Brasil)

Assegurado no cargo pelo vice-presidente Michel Temer, o ministro do Turismo, Henrique Alves (PMDB-RN), está animado. Pretende lançar o programa Ilhas Brasileiras para fomentar o turismo, em especial o de estrangeiros, em Fernando de Noronha (PE), Ilhabela (litoral norte paulista), Ilha Grande (litoral sul do Rio), entre outras. O programa contará com interface com agências que promovem cruzeiros e eventual financiamento para construção de píer nessas ilhas.

Pra yankee vir

Em conversa com aliado, o ministro citou o poder econômico do turista norte-americano. É o que mais tempo, em média, fica no Brasil.

Cá, como lá

O ministro lembrou o poder de atração de turistas das ilhas gregas, apesar da crise no país. Citou ainda o sucesso das praias de Cancun (México), apesar de não ser ilha.

Sócrates em casa

Alvo da Operação Marquês, do MP de Portugal, por corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-primeiro ministro José Sócrates foi libertado na sexta-feira após dez meses de cadeia, às vésperas de completar 58 anos. A polícia faz plantão 24h na porta de seu apartamento, e proibiu até entrega de pizza.

Aliás…

Sócrates é muito amigo de Lula — e a Lava Jato é muito citada em Lisboa por suspeitas de ligações do petista e Sócrates na sociedade da Portugal Telecom na Oi.

Tio Mickey

Enquanto milhares de entidades penam em conseguir recursos para mostrar a cultura popular brasileira, a Disney não reclama do apoio do Ministério da Cultura para o Caminho Mágico de Mickey e Minnie.

Prudência

A oposição promete nesta semana apertar a pressão sobre a presidente Dilma, depois que a Lava Jato chegou na antessala do Palácio do Planalto com a denúncia contra os ministros Edinho Silva (Comunicação) e Aloizio Mercadante (Casa Civil).

Entalado

Ainda não foi totalmente absorvida a decisão do chefão da Receita Federal do Brasil, Jorge Rachid, em negar a cedência de cinco auditores para a CPI do Carf do Senado.

Cofre generoso

A crise ainda não chegou ao caixa de cerca de 10 mil sindicatos, federações e confederações de trabalhadores. Só neste ano, essas entidades receberam R$ 3,1 bilhões, dinheiro arrecadado obrigatoriamente do salário de cada trabalhador. O chamado imposto sindical.

Centrais

Somente a Central Única dos Trabalhadores embolsou R$ 55 milhões. A Força Sindical ficou na segunda colocação, com R$ 43,1 milhões. A União Geral dos Trabalhadores recebeu R$ 39,7 milhões. Já o Fundo de Apoio ao Trabalhador ficou com R$ 537,7 milhões.

Estaca e martelo

Candidatos que usam personagens para atrair o eleitorado podem estar com os dias contados, caso for aprovado o projeto da deputada Renata Abreu (PTB-SP), que altera o artigo 39 da Lei das Eleições.

Sem palhaço

A proposta, que está como “prioridade” a ser votada na Câmara, proíbe gente como o deputado Tiririca (PR-SP), codinome Francisco Everaldo Oliveira Silva, que foi um fenômeno nas eleições de 2010, com 1,35 milhão de votos. Em 2014, Tiririca novamente se elegeu tirando sarro da política, com 1,016 milhão de votos.

No escuro

Inaugurado em 2009, o gasoduto Urucu-Manaus não forneceu uma gota de gás natural para Coari, no Amazonas. O diesel que deveria ser substituído continua vindo de balsas de Manaus. Enquanto isso, a cidade sofre com três apagões diários de energia.

Ponto Final

“Não é difícil encontrar uma saída”.
Do ex-presidente Lula sobre a crise política em entrevista ao jornal argentino Página 12.

Com Equipe DF, SP e Nordeste

1 Opinião

  1. ney disse:

    Qual o futuro de se fazer turismo nas ilhas brasileiras? Tudo que essa classe ( turista põe a mão mucha ou morre), deixem as ilhas em paz.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *