Início » Brasil » Asas podadas
COLUNA ESPLANADA

Asas podadas

Geraldo Alckmin está com as asas podadas também em sondagens realizadas diariamente pelo PSDB

Asas podadas
Grão-tucanos atribuem o revés de Alckmin à falta de empenho de líderes das legendas do Centrão (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Assim como nas pesquisas oficiais, registradas no Tribunal Superior Eleitoral, o candidato tucano à Presidência, Geraldo Alckmin, está com as asas podadas também em sondagens realizadas diariamente pelo PSDB, os chamados tracking. O partido tem realizado, em média, 2 mil entrevistas por dia. Recente tracking – à qual Coluna teve acesso – mostra Jair Bolsonaro (PSL) com 30% das intenções de voto, seguido por Fernando Haddad (PT), 17%; Ciro Gomes (PDT), 13%; Alckmin, 10%; e Marina Silva (Rede), com 6%.

Revoada

Grão-tucanos atribuem o revés de Alckmin à falta de empenho de líderes das legendas do Centrão que, como citamos, já esboçam apoio a Bolsonaro ou Haddad.

Voltando

Jair Bolsonaro avisou à família que vai a todos os debates de TV de um eventual 2º turno. Pretende aparecer bem disposto na TV e nas ruas, para mostrar saúde perfeita.

Não quero!

Preso numa salinha da sede da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente Lula diz aos visitantes que “rechaça” a possibilidade de indulto presidencial, caso Haddad, seu pupilo, seja eleito. Ele quer ser absolvido pela Justiça na última instância, e tem esperança disso. Será? Há outros dois processos na fila na primeira instância.

Torcida da cela

Segundo petistas que o visitaram, Lula está confiante na vitória de Haddad. “Quem sabe até no primeiro turno”, afirma o deputado Wadih Damous (PT-RJ). Para o também advogado Damous, Lula vê a concessão de um possível perdão como uma falsa confirmação de sua culpa e “lutará para que a verdade venha à tona”.

Derreteu

Mendonça Filho (DEM), ex-ministro da Educação do governo de Michel Temer e candidato ao Senado, caiu em desgraça nas ruas depois que os adversários colaram sua imagem à do presidente, muito mal avaliado em Pernambuco. Existe áudio em que Temer o considera o melhor ministro da Educação – o candidato omite, para não piorar sua avaliação. Aliás, o detento Lula fala o mesmo de Haddad, ex-ministro da pasta.

Lembrete

A então presidente Dilma Rousseff, que lidera a corrida para o Senado em Minas, perdoou R$ 1,9 bilhão em dívidas de países da África com o governo brasileiro: Congo-Brazzaville, Sudão, Gabão e Guiné Equatorial – vem deste o playboy mini ditador que agora exige a devolução de seu dinheiro e jóias apreendidos em Viracopos.

$om do…

Avaliada em cerca de R$ 3 milhões, a reforma e “modernização” dos serviços de som do plenário do Senado deverá ser concluída no dia da eleição, 7 de outubro, conforme previsão do Serviço de Manutenção de Audiovisual de Plenários.

…nosso bolso

A justificativa do Senado para a reforma foi a de que o sistema atual tem 20 anos de uso, “estando há muito tempo fora de garantia, e utilizando tecnologias completamente ultrapassadas”. Mesmo com microfone high-tech, os parlamentares adoram gritar.

Nas redes

Segurança continua a demanda da população. Enquete da Coluna no Twitter: “Qual deve ser a prioridade do próximo presidente?”: 56% dos internautas votaram segurança; 34% em educação; 7% indicaram saúde; e 3% escolheram mobilidade urbana.

Auxílio-moradia

A Receita Federal tem dificuldade para cobrar Imposto de Renda sobre o polêmico auxílio-moradia de magistrados. Há 10 dias, enviou carta a desembargadores e juízes informando que valores que não tiverem sido gastos com moradia serão tributados como se fossem parte do salário, e não indenização pelos gastos com aluguel.

Patotinha

A juíza federal Renata Isaac, da 7ª Vara Cível da Bahia, no entanto, determinou em liminar que a Receita abstenha-se de cobrar IR sobre auxílio-moradia de um promotor do Ministério Público. O pagamento do auxílio (de R$ 4,3 mil) é garantido atualmente a magistrados e procuradores com base em resoluções do Conselho Nacional de Justiça.

E agora?

No acordo com o governo Temer sobre o reajuste salarial dos ministros do STF, ficou acertado que os juízes, desembargadores e carreiras afins do Judiciário abrirão mão do auxílio-moradia pelo aumento salarial em 2019. A conferir.

_____________________________

ESPLANADEIRA

O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do ES assinará o TAC entre os MPs Estadual e Federal, Governo e empresas do Complexo Tubarão amanhã. Será entregue a nova licença de operação da Vale S.A.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *