Início » Brasil » Atlas da Violência revela recorde de homicídios no país
VIOLÊNCIA NO BRASIL

Atlas da Violência revela recorde de homicídios no país

Em 2016, último ano com dados disponíveis, houve 62.517 mortes em decorrência da violência no país

Atlas da Violência revela recorde de homicídios no país
Na realidade, a taxa de homicídios no Brasil pode ser ainda maior (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Dados do Ministério da Saúde divulgados nesta terça-feira, 5, no Atlas da Violência 2018 revelaram que a taxa de homicídios no Brasil atingiu um recorde.

Os números são baseados no ano de 2016, último com dados disponíveis, e apontam para um total de 62.517 mortes em decorrência da violência no país.

O Atlas, que foi publicado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), mostra ainda que, naquele ano houve, proporcionalmente, 30,3 homicídios para cada 100 mil pessoas no país. Trata-se de uma taxa 30 vezes maior do que a da Europa, por exemplo, e que coloca o Brasil entre os países mais violentos do mundo.

O número de vítimas de homicídios em 2016 em todo o país superou em 5% o número registrado em 2015 e em 14% o registrado em 2006. O Atlas da Violência revelou ainda que o aumento foi quase contínuo, com a taxa saindo de 49,7 mil mortes até chegar ao número atual de 62.517 mortes.

Na realidade, a taxa de homicídios no Brasil pode ser ainda maior. Estudos já revelaram que grande parte das mortes registradas como “causa indeterminada” no país se tratam de homicídios.

Ainda de acordo com o Atlas da Violência, uma em cada dez pessoas que morreram no Brasil em 2016 foi assassinada. Entre os jovens a proporção é ainda maior.

A região Norte é a mais violenta do país, com uma taxa de 44,5 homicídios para cada 100 mil habitantes, seguida pela região Nordeste, que entre 2011 e 2015 foi considera a mais violenta do país.

Fontes:
Uol - Recorde de homicídios e estupros de crianças: 9 dados que você precisa saber sobre a violência no Brasil

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Áureo Ramos de souza disse:

    Acho que estas pesquisas não confere e dizer que o norte e nordeste são os mais onde estão a maior taxa. Acredito que deve haver algum erro pois no nordeste o governo de Pernambuco não precisou de intervenção militar como no Rio onde mais de 50 Policiais Militar foram mortos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *