Início » Brasil » Avaliação negativa de Bolsonaro cresce e alcança 31%
PESQUISA

Avaliação negativa de Bolsonaro cresce e alcança 31%

Rejeição cresceu 5% entre abril e maio, segundo pesquisa encomendada pela XP investimentos. Aprovação se manteve nos 35% registrados em abril

Avaliação negativa de Bolsonaro cresce e alcança 31%
Enquanto isso, 31% consideram o governo Bolsonaro como regular (Foto: Isac Nóbrega/PR)

A avaliação negativa do governo Bolsonaro cresceu para 31% no mês de maio. Os dados são de uma pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), encomendada pela XP investimentos, divulgada nesta sexta-feira, 10.

Em abril, apenas 26% consideravam o governo de Jair Bolsonaro ruim ou péssimo. Para os pesquisadores, o crescimento da avaliação negativa deve-se à redução de quatro pontos percentuais entre as pessoas que não haviam avaliado o governo Bolsonaro anteriormente. Enquanto, agora, esse grupo foi formado por apenas 3%, anteriormente 7% dos entrevistados não avaliaram o governo.

Por outro lado, a aprovação ao governo Bolsonaro segue maior do que a rejeição. Isso porque, dos mil entrevistados, 35% consideram o governo bom ou ótimo, mantendo o resultado anterior. Enquanto isso, 31% acreditam que o governo esteja regular. A margem de erro da pesquisa é de 3,2%.

A pesquisa também notou que os números de Bolsonaro são inferiores ao do vice-presidente, general Hamilton Mourão. Ao todo, 39% dos entrevistados acreditam que a atuação de Mourão esteja boa ou ótima, enquanto 35% a acham regular e 20% acreditam que esteja ruim ou péssima.

Reforma da Previdência

Outro ponto abordado pelos pesquisadores diz respeito à reforma da Previdência. Ao todo, 44% dos entrevistados se posicionaram a favor da reforma, enquanto 51% discordam.

Entre os que se posicionaram a favor da reforma, 21% divergem parcialmente do texto. Já entre os que discordam da Proposta de Emenda à Constituição (PEC), 22% acreditam que uma reforma deve ser feita. Em números totais, 62% acreditam que alguma reforma deve ser feita, enquanto 32% acreditam que nenhuma reforma é necessária.

Fontes:
Reuters-Avaliação negativa do governo Bolsonaro vai de 26% para 31%, aponta pesquisa XP Ipespe
Terra-XP Ipespe: avaliação negativa de Bolsonaro sobe para 31%

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *