Início » Brasil » Bancada da ‘menoridade’ leva vantagem
Coluna Esplanada

Bancada da ‘menoridade’ leva vantagem

Eduardo Cunha vai cobrar a aprovação da PEC 171, que reduz a maioridade penal para 16 anos. Ele conta com uma poderosa bancada conservadora, liderada por delegados de polícia eleitos

Bancada da ‘menoridade’ leva vantagem
Bancada conservadora faz coro diariamente pela medida no plenário (Foto: Flickr)

Com todas as demandas de aliados atendidas na Câmara, o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), vai cobrar a fatura para aprovação da PEC 171, que reduz a maioridade penal para 16 anos. Conta com uma poderosa bancada conservadora, liderada por delegados de polícia eleitos, e que fazem coro diariamente no plenário. Eles foram líderes de votações em seus Estados – uma prova de que atendem aos anseios da população. Entre eles, os Delegados Valdir (PSDB-GO), Eder Mauro (PSD-PA), Edson Moreira (PTN-MG); o ex-policial Alberto Fraga (DEM-DF), o militar Jair Bolsonoro (PP-RJ) e o filho, o agente federal Flávio Bolsonaro (PP-SP).

De pai para filho

O Planalto vai pagando a fatura com a base. O novo presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares é Newton Lima Neto, filho do federal homônimo do PT paulista.

Fui ali, volto já

O líder do PT, Sibá Machado (AC), levou comitiva do Estado para Florianópolis, para conhecer a Fundação Certi, que reúne as maiores incubadoras de ciência & tecnologia.

Acre tecnológico

Sibá sonha em transformar o Acre no reduto de tecnologia do País, e pretende levar um braço da Certi para Rio Branco, a fim de oferecer cursos de capacitação.

E agora, ministro?

Tiago Cedraz, o filho do presidente do TCU, ministro Aroldo, citado na Coluna por advogar para Itaipu – que agora será fiscalizada pelo… TCU, caiu em desgraça na mídia. Segundo O Globo, foi mencionado na delação de Ricardo Pessoa da UTC na Lava Jato. Agora é suspeito de passar informações privilegiadas do tribunal para os empreiteiros.

Não aprendem

Em 2013 uma estrangeira abalou Brasília ao protagonizar discriminação racial contra manicure. Passado o episódio, tem gente que ainda não aprendeu. O MP do DF já ofereceu 46 denúncias de injúria racial só neste ano.

Casal 20

Esposa do ex-deputado Alexandre Santos eleita para sua vaga, Soraya, tornou-se maior ativista feminina na Casa. Está em campanha ofensiva pela emenda que fixa cota de mulheres no Congresso. Convenceu dez deputados a gravarem vídeo de apoio à emenda

Só no café

Dizem aliados e adversários que Soraya (PMDB-RJ) se mostra melhor articulista que o marido, que hoje vaga pelo plenário e no Cafezinho reencontrando amigos.

Farra das passagens

Até hoje não há decisão do TCU sobre requerimentos dos ex-deputados Fernando Ferro e Amauri Teixeira, que pediram reembolso à União de viagens dos ministros do STF.

Dois lances

O federal Sérgio Souza (PMDB-PR) acredita que o Senado vai referendar a Câmara sobre a reforma no ponto polêmico: ‘É irresponsabilidade não votar algo sobre financiamento. Tem que regular o privado. O que é público está regulado’. A conferir.

Tragédia familiar

A família do pai das irmãs envolvidas no assassinato do militar do Exército em Brasília está preocupada com sua saúde. Uma das acusadas era a esposa. O veterano, pioneiro da Cavalaria Presidencial, está abalado. A arma usada no crime era presente dele à vítima.

Los hermanos

Uma delegação brasileira foi para Havana hoje, e fica em Cuba até domingo. Entre eles o senador estreante (e feliz da vida) Hélio José (PSD-DF). É a sua primeira missão internacional. Vai debater no Parlamento Latino equidade de gênero e saúde.

Carioquices

O senador Lindbergh Farias e o deputado Luiz Sérgio, relator da CPI da Petrobras, travam velada disputa nas hostes do PT fluminense pelo poder na legenda. Lindbergh está em baixa com o partido – suspeito na Lava Jato e na contramão do Ajuste fiscal.

Na moita

Luiz Sérgio vê chances de ser indicado pelo PT à vaga ao Senado, no lugar de Lindbergh, numa chapa com o PMDB.

Folguinha

A semana parlamentar esfriou após meses de pautas intensas e polêmicas. Dezenas de deputados e senadores viajaram em missões oficiais, que não deixam de ser passeios.

Ponto Final

UTC ou TCU? A ordem das siglas não altera a suspeita….

 

Com Equipe DF, SP e Nordeste

________________________

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *