Início » Brasil » Acidente em barragens cria mar de lama em distrito de MG
MINAS GERAIS

Acidente em barragens cria mar de lama em distrito de MG

Distrito de Bento Rodrigues, em Minas Gerais, foi inundado de lama após o rompimento de duas barragens

Acidente em barragens cria mar de lama em distrito de MG
Distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), ficou destruído (Fonte: Reprodução/TV Globo)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O rompimento de duas barragens de rejeitos de mineração inundou de lama o distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), na última quinta-feira, 5. O acidente ocorreu na unidade industrial de Germano, localizada em Minas Gerais, entre as cidades Mariana e Ouro Preto. A mineradora responsável pelas barragens é a Samarco Mineração, uma joint venture da Vale com a gigante mineradora anglo-australiana BHP Billiton. Cada uma das mineradoras controla 50% da Samarco.

Até o momento, 500 pessoas foram resgatadas no distrito, e pelo menos 12 foram encaminhadas para hospitais com ferimentos, além de 15 desaparecidos. Uma morte foi registrada. Em nota, a Samarco informou que as barragens de Fundão e Santarém se romperam. A situação no local é grave e ainda há riscos de novos desmoronamentos, segundo o secretário de Defesa Social de Mariana, Brás Azevedo.

Antes do rompimento das barreiras, o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) registrou quatro tremores de terra, um em Caldas Altas, dois em Ouro Preto e o último em Barão dos Cocais, cidades próximas à Mariana. Os especialistas dizem que não é certo que os abalos tenham causado o rompimento.

“Para isso, tem que ser feito um estudo com uma equipe técnica, engenheiro, geólogos e sismólogos”, afirmou Jackson Calhau, analista do Centro de Sismologia da USP. “Normalmente, um tremor dessa magnitude não seria suficente (para o acidente), mas não se pode afirmar que não teve a ver”. O analista disse, ainda, que abalos desse tipo são comuns na região, e os abalos foram os menores entre os mais recentes registrados.

Os moradores foram orientados a deixar o distrito de Bento Rodrigues e seguir para locais mais altos e seguros. “As pessoas que são resgatadas passam primeiramente por um processo de lavagem com água e sabão para evitar qualquer problema de saúde por conta da contaminação de ferro. Depois, elas são encaminhadas para hospitais e abrigos”, informou a corporação de bombeiros de Belo Horizonte.

De acordo com a Prefeitura de Mariana, ainda há moradores ilhados. Os acessos por terra estão bloqueados. O regate está sendo feito por helicóptero. O trabalho de busca conta com mais de 200 integrantes da Guarda Municipal, dos bombeiros, das polícias Civil e Militar, da Defesa Civil e da mineradora.

 

A Prefeitura de Mariana informou que o distrito de Bento Rodrigues tem cerca de 600 moradores. Acredita-se, no entanto, que outras localidades também tenham sido atingidas pelo mar de lama, com isso o número de afetados pode subir para cerca de 2 mil pessoas.

Fontes:
G1-Duas barragens se romperam em MG e devastaram vilarejo, diz Mineradora
Estadão-Busca por vítimas de rompimento em barragem de Mariana seguem

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. neyjos disse:

    Não vai da em nada, enquanto essas companhias levarem dinheiro para as prefeituras elas são bem vindas e o povo refém. Se fosse na Romênia ou na Russia já tinha executivo se suicidando com medo dos tribunais.

  2. Dani disse:

    Que pena a vida é tão curta,mata-se, chamam de acidente e a família é condenada a sofrer de saudade,valorizem a vida.Deus é justo. cuide dos vivos com amor.

  3. cendi disse:

    isso não foi acidente foi crime ambiental!

  4. Cristiano disse:

    Infelizmente,para mim algumas informações não tem muito sentido, uma barragem se rompe assim tão depreende,posso está falando bobeira, mais as mineradoras precisam crescer, e esta disposta a tudo,muitos não podem acreditar, mais se for para tirarem vida e destruir para alcançar seus objetivo, isso fazem; o muito engraçado que multaram eles em 250 milhões,mesmo sendo uma preliminar, eles já entraram em acordo com 1 Bilhão…creio que nem com 4 bilhões, vão restaurar as causas…outra coisa os que planejaram isso cometeram um erro muito grande de cálculos, o qual era para atingir uma comunidade, acabou saindo fora do controle.. Mais isso é meu ponto de vista, uma vez que não acredito em mídias de televisão, e o dinheiro vem em primeiro lugar, aonde as pessoas estão se tornando um objeto.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *