Início » Brasil » Bolsonaro busca apoio de líderes de seis partidos
ACENO À 'VELHA POLÍTICA'

Bolsonaro busca apoio de líderes de seis partidos

Em busca de apoio para a reforma da Previdência, presidente se reúne com lideranças do Centrão e com o presidente do MDB, o ex-senador Romero Jucá

Bolsonaro busca apoio de líderes de seis partidos
Agenda de reuniões de Bolsonaro visa formar uma base no Congresso (Foto: Marcos Corrêa/PR)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente Jair Bolsonaro terá um dia dedicado a reuniões com líderes de partido do Centrão – bloco formado por DEM, PP, PR, PRB e SD – e do MDB nesta quinta-feira, 4.

A agenda de reuniões acena a líderes de partidos tradicionais – constantemente chamados por Bolsonaro de “velha política” – e tem como objetivo reunir apoio para aprovar a reforma da Previdência no Congresso.

Pela manhã, Bolsonaro recebeu, no Palácio do Planalto, o presidente nacional do PRB, o deputado Marcos Pereira (SP), o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab (SP) e o presidente nacional do PSDB, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (SP).

Durante a tarde, Bolsonaro tem almoço marcado com lideranças do DEM, entre eles, o presidente nacional da legenda e prefeito de Salvador, ACM Neto, e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado.

Após o almoço, Bolsonaro se reunirá com o presidente do MDB, o ex-senador Romero Jucá (MDB) e o presidente nacional do PP, o senador Cid Nogueira (PI).

De acordo com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, as reuniões visam abrir o diálogo com partidos para construir uma base de apoio.

“Estamos abrindo a porta à construção dessa base que vai se expressar na votação da nova Previdência em junho”, disse Lorenzoni, segundo noticiou a Agência Brasil.

Leia também: Afago ao Centrão

Leia também: Revolta do ‘centrão’ põe em xeque o governo Bolsonaro

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Aureo Ramos de Souza disse:

    Bolsonaro tem que entender que os deputados federais e os Senadores querem PROPINA.

  2. Luís Bustamante disse:

    Na campanha ele afirmou que não faria negociação política com ninguém, e agora está coadunando com o centrão e com a velha política que ele tanto alfineta. Então é um mentiroso e não merece mais a confiança do povo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *