Início » Brasil » Bolsonaro é alvo de críticas após divulgar vídeo pornográfico
PUBLICAÇÃO POLÊMICA

Bolsonaro é alvo de críticas após divulgar vídeo pornográfico

Alvo de protestos e sátiras em blocos, presidente usa vídeo com conteúdo explícito e escatológico para criticar o Carnaval

Bolsonaro é alvo de críticas após divulgar vídeo pornográfico
Cenas foram classificadas pelo Twitter como 'conteúdo sensível' (Foto: EBC)

O presidente Jair Bolsonaro gerou polêmica na noite da última terça-feira, 5, ao publicar em sua conta no Twitter um vídeo com conteúdo explícito e escatológico.

Alvo de protestos e sátiras em blocos de Carnaval, Bolsonaro postou a cena de um homem dançando em cima de um poto de táxi. Em seguida, um jovem homem aparece na cena e começa a urinar na cabeça do homem que estava dançando – uma prática conhecida como golden shower. As cenas foram classificadas pelo Twitter como “conteúdo sensível”.

“Não me sinto confortável em mostrar, mas temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades. É isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro. Comentem e tirem suas conclusões”, escreveu Bolsonaro, na postagem em que divulga as imagens.

A postagem gerou novas críticas à postura do presidente nas redes sociais. Alguns internautas afirmaram que o caso representa quebra de decoro parlamentar, o que seria passível de impeachment. “O capitão procedeu ‘de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo’ e isso é crime de responsabilidade contra a probidade na administração pública”, escreveu o jornalista José Trajano, citando um trecho da lei 1.079, da Constituição Federal.

Outros apontaram uma tentativa de usar um caso isolado para generalizar e difamar todo o Carnaval. “Não entendo como um Presidente da República, sabendo que teria a publicação vista por todos os canais de mídia do MUNDO, generaliza da forma mais baixa possível uma das principais festas do país dele e denigre a imagem do local que diz tanto amar”, escreveu uma internauta.

Outros apontaram a dicotomia entre a postagem e a cruzada moralista do governo atual. “Não vou retuitar [o vídeo] por razões óbvias, mas ainda estou tentando entender o fato de que o presidente do Brasil tuitou um vídeo extremamente pornográfico, como parte de alguma cruzada moralista”, escreveu, em uma postagem em inglês, o economista Filipe Campante, professor associado da Johns Hopkins University, EUA.

A tradição das sátiras em Carnavais

Anualmente, figuras políticas costumam ser criticadas e satirizadas em blocos de Carnaval. Em 2013, foliões entoaram o coro “Fora Renan”, com máscaras do então presidente do Senado. Em 2015, os alvos foram Dilma e Lula, representados com roupas de presidiários e o famoso boneco pixuleco.

No Carnaval deste ano, foliões satirizaram, em especial, Flávio Bolsonaro e o uso de candidaturas laranjas pelo PSL, partido de Jair Bolsonaro. As críticas ganharam força após um comandante da PM de Minas tentar impedir o bloco Tchanzinho Zona Norte, que tradicionalmente desfila em Belo Horizonte, de puxar gritos contra o presidente. Posteriormente, a PM de Minas informou que a decisão foi individual e que não havia qualquer recomendação da corporação para coibir protestos políticos durante o Carnaval.

A tentativa de coibir os protestos e sátiras teve efeito contrário e palavras contra Bolsonaro tomaram os blocos de toda as capitais. Os protestos foram impulsionados também pelas críticas de Bolsonaro ao Carnaval e a artistas que tradicionalmente lideram a festa, como a cantora baiana Daniela Mercury.

Nas últimas décadas, o Carnaval de rua vem ganhando espaço nos dias de folia, rivalizando com grandes eventos, como os desfiles de escolas de samba. A festa de rua tem um forte impacto positivo na economia. Segundo noticiou o jornal Valor Econômico, neste ano, a cidade de São Paulo superou, pela primeira vez, o Rio de Janeiro, em números de blocos de rua que desfilaram nesta Carnaval. Foram 556 desfiles cadastrados neste ano em São Paulo, contra 498 no Rio. Com isso, a capital paulista se tornou um polo de negócios entre profissionais envolvidos no evento.

No entanto, os desfiles do Nordeste ainda registram patamares maiores. Em Salvador, por exemplo, foram quase 615 bolcos. Em Recife, quase 580.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

9 Opiniões

  1. Yuri disse:

    Esquerdopatas…

  2. Luís Inocêncio disse:

    Gostaria de levantar um ponto que não foi abordado na matéria: Bolsonaro, EM ALGUM MOMENTO, atentou para o fato de que tem crianças e adolescentes entre seus seguidores? O Twitter pode ter classificado o vídeo como “conteúdo sensível’, mas basta um simples clique para visualizar. Além de ser de EXTREMO mau gosto, a postagem foi altamente IRRESPONSÁVEL e não condizente com a postura que se espera de um presidente.

  3. H. Petermann disse:

    existe grande diferença entre fazer sátiras, piadas e brincadeiras e fazer pornografia em público , como foi o ocorrido … o presidente simplesmente expos o nível de baixaria que chegou-se no evento carnaval, que assim não dá pois já passou dos limites !! Onde estava a polícia, que teria obrigação de intervir e prender os envolvidos ?????

  4. Almanakut Brasil disse:

    O Carnaval Globeleza do Brasil quer esconder tudo o que o povo de Sodoma gosta?

  5. Carlos A. Jacintho disse:

    Senhores, como já do feitio desse sujeito, logo logo entre pedira desculpas e tudo bem.Ate
    a próxima, não esta nem ai para esse povinho sub-desenvolvido.

  6. carlos alberto martins disse:

    caro presidente:está na hóra de tirar a melancia do pescoço.quer aparecer?começe a trabalhar,o restante,deixe para o TIRIRICA.

  7. Jayme endebo disse:

    Engraçado que ao vivo ninguem falou nada mas como foi o bolsonaro que tweewtou entao passou a ser criticado. Ridiculo

  8. Markut disse:

    Se essa decisão infantil e imatura servisse para algo, seria para confirmar que a eleição do atual primeiro mandatário foi o preço (caro ) para se alijar os treze anos criminosos do lulopetismo, sem que se tenha certeza do sucesso dessa escolha.

  9. VILMA APDA MUNIZ disse:

    Engraçado nas paradas LGBT ,carnaval de rua, NOVELAS: nossas crianças podem ver DE TUDO,
    Nudez e todo tipo de libertinagem e eu nunca vi os senhores se manifestarem ofendidos defendendo os bons costumes????????? SODOMA!! imagine!!! estamos muito piores.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *