Início » Brasil » Bolsonaro muda regras para importação de armas
VIA DECRETO

Bolsonaro muda regras para importação de armas

Presidente assina decreto que permite a colecionadores, caçadores e atiradores importar armas

Bolsonaro muda regras para importação de armas
Empresa brasileira Taurus era a maior beneficiária da restrição à importação (Foto: EBC)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira, 7, um decreto que acaba com a restrição à importação de armas por colecionadores, caçadores e atiradores (categorias designadas pela sigla CAC).

O decreto permitirá que a pessoa em questão, pertencente a uma das três categorias, possa importar uma arma, mesmo quando houver similar no mercado brasileiro.

“O nosso decreto não é um projeto de segurança pública. É, no nosso entendimento, algo mais importante. É um direito individual daquele que, porventura queira ter uma arma de fogo, buscar a posse, que seja direito dele, respeitando alguns requisitos”, disse o presidente, durante a cerimônia de assinatura do decreto.

Até hoje, a empresa de armas brasileira Taurus era a maior beneficiada dessa restrição. Porém, o monopólio no mercado nacional era criticado por aliados do presidente favoráveis do porte e da posse de armas.

Fontes:
O Globo-Novo decreto de Bolsonaro acabará com restrição à importação de armas por colecionadores e filiados a clubes de tiro

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *