Início » Brasil » Bolsonaro quer tumultuar ainda mais a Comissão de Direitos Humanos
Direitos Humanos

Bolsonaro quer tumultuar ainda mais a Comissão de Direitos Humanos

O deputado Jair Bolsonaro faz campanha ostensiva para suceder o homófobo e racista Marco Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos

Bolsonaro quer tumultuar ainda mais a Comissão de Direitos Humanos
Bolsonaro: 'Se eu virar presidente da Comissão de Direitos Humanos, as pessoas vão sentir saudades do Feliciano'. (Divulgação/Câmara)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Câmara Federal está prestes a definir os novos presidentes de suas comissões técnicas. Disputa acirrada está prevista para a Comissão de Direitos Humanos, após sua porta ter sido arrombada em 2013 pelos que detestam, boicotam e torpedeiam os direitos humanos.

As hordas de desumanos adoraram dispor de um palco iluminado para a difusão das posições neofascistas e a articulação de campanhas de ódio, daí seu forte empenho em emplacarem mais um ano como estranhos no ninho.

Os deputados efetiva ou teoricamente comprometidos com os valores humanistas não terão, desta vez, a desculpa de terem sido pegos de surpresa e não haverem percebido o risco de entrega de uma trincheira de grande significado moral para os brucutus. Mesmo porque o pior deles faz campanha ostensiva e repulsiva para suceder o homófobo e racista Marco Feliciano (PSC-SP), com total apoio das bancadas mais reacionárias.

Jair Bolsonaro (PP-RJ) promete, p. ex.:

1. Brigar pela introdução da pena de morte (“Sei que é uma cláusula pétrea da Constituição. Mas minha vida ou a sua não são cláusulas pétreas e estão sujeitas aos criminosos”);

2. Brigar pela redução da maioridade penal, de 18 para 16 anos, embora preferisse sua fixação em 14 anos (mas, diz ele, neste patamar a proposta não teria chance de ser aprovada);

3. Combater a adoção de crianças por casais do mesmo sexo;

4. Promover audiências públicas com a parentela dos militares que morreram defendendo a ditadura de 1964/85 das ações dos resistentes;

5. Incrementar o planejamento familiar (“O governo não faz planejamento familiar porque acha que, quanto mais pobre existir, melhor. Porque serão mais eleitores amarrados nos seus programas assistencialistas”).

Para que não haja dúvida a respeito das baixarias que marcariam sua gestão, Bolsonaro dispara:

“Se eu virar presidente da Comissão de Direitos Humanos, as pessoas vão sentir saudades do Feliciano. Porque, comigo na presidência, não vai adiantar pressão de grupos de defesa de homossexuais dentro da comissão. E quem tem visto minha trajetória no Congresso sabe que, sozinho, eu toco um rebu contra PT, PSOL ou qualquer outro partido.”

Também esbofeteia desafetos como o senador Randolfe Rodrigues, que, além de surpreendido pela agressão covarde e traiçoeira, não tinha porte físico para enfrentar tal brutamontes de igual para igual.

Se o Congresso Nacional levasse a sério seu dever de zelar pelo decoro parlamentar, Bolsonaro já teria perdido o mandato.

E a Câmara Federal, caso venha a permitir que um ferrabrás destes “toque rebu” na Comissão de Direitos Humanos, virará piada no mundo civilizado.

*Celso Lungaretti é jornalista e escritor

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

20 Opiniões

  1. azambuja disse:

    Como é que o Opinião e Notícia aceita publicar um artigo desses assinado por um ex-terrorista desbundado que denunciou a área de treinamento de Registro, onde se encontrava o seu chefe, Carlos Lamarca?

  2. Andre Luiz de Almeida disse:

    Os itens 2 e 5 eu concordo plenamente, mas mesmo assim é uma má ideia colocá-lo como presidente.

  3. carlos a nunes disse:

    A sociedade da ordem e da legalidade, tolerante com as minorias, não é histérica, porém não admite a inversão de valores promovida por ateus marginais da politica e votará em peso pela eleição, desde ja vitoriosa, do nosso defensor Bolsonaro. PETISTA BOM É PETISTA SEM MANDATO.

  4. A.Mendes Guimaraes disse:

    Apesar de ser considerado jornalista e escritor, o autor desconhece totalmente o significado de homófobo e racista e deixa-se levar pelo movimento gayzista que pensa, tolamente, que domina a totalidade da opinião pública. Matéria tendenciosa.

  5. Roberto1776 disse:

    Existe alguma possibilidade de alguém com título eleitoral no RS votar no Bolsonaro?
    Se houver, por favor me informem.
    Não podemos perder a oportunidade de pôr um pouco de ordem nesta bagunça em que o Brasil se tornou desde 1989.
    Acho muito necessário implementar as cinco propostas do Jair.
    Quanto ao autor do texto, bem que poderia passar alguns anos de férias nos braços do fidel, devidamente acompanhado da cambada petista que nos atormenta e rouba a cada dia que passa.
    Se o fidel não quiser aceitá-lo, existem repúblicas auto-denominadas DEMOCRÁTICAS nos cafundós da África que certamente o receberiam de braços abertos.

  6. Republica de Bananas na Barbárie Total disse:

    pois é, Azambuja, pois é… quem diria Opinião e Notícia abrigar artigos com tal teor… tentando desqualificar nosso herói Bolsonaro… outubro vem aí… apoio 100% Bolsonaro e companheiros da resistência ao comunismo – contra os marginais do poder!!

  7. olbe disse:

    HORROR!!!! Pior do que saber o que homem abjeto quer impor é ver a quantidade de pessoas que o apoiam….Estou horrorizada! Esta PÚSTULA já devia ser banida da vida política do Brasil..
    .EU ACHO QUE ELE NA VERDADE É UM GAY INRUSTíDO!!!!!!

  8. Republica de Bananas na Barbárie Total disse:

    Vejam o teor dos sites que surgem após pesquisa simples no Google com o nome desse imbecil autor do artigo:

    “É necessário que todo guerrilheiro urbano mantenha em mente que só poderá sobreviver se estiver disposto a matar os policiais e todos aqueles dedicados à repressão. E se está verdadeiramente dedicado a expropriar a riqueza dos grandes capitalistas, os latifundiários e os imperialistas”. Marighella – Manual do Guerrilheiro Urbano
    “O guerrilheiro é um reformador social.” Ernesto Che Guevara

    Porque motivo tal figura escreve no Opinião e Notícia?? o cara aceita que se matem policias e se roubem nosos bens?? E aí Opinião?? Queremos explicações!!!

  9. Fernanda de Aquino disse:

    Com exceção da pena de morte, as propostas do Bolsonaro são plenamente válidas.
    2 .” Maioridade penal de 18 para 16 anos”. Desde que o ECA ( Estatuto da Criança e do Adolescente) foi instituído em 1996, o índice de adolescentes infratores subiu vertiginosamente devido à impunidade, diferente de outros países onde o menor responde criminalmente por seus atos.
    3. “Combater a adoção de crianças por casais do mesmo sexo”. Destruir a instituição família é parte da agenda globalista, da qual o PT é marionete, assim como é parte também os movimentos sociais que promovem a luta de classes e dissemina ódio na sociedade. Os homossexuais devem ser respeitados como pessoas e não terem privilégios como cidadãos, infringindo princípios da Constituição. Casamento é entre um homem e uma mulher.
    4. “Promover audiências públicas com a parentela dos militares que morreram defendendo a ditadura de 1964/85 das ações dos resistentes”. Está mais do que na hora de a tal Comissão da Verdade tornar-se verdadeira e honesta, considerando também o outro lado. Houve mais vítimas do grupo comunista (dando nome aos bois) do que do regime militar. Grupo esse que hoje está no poder, fazendo estragos inimagináveis.

  10. Sandro disse:

    Para se lamentar, mas o cenário ( caos ) social e político do momento vai pavimentar o caminho desse sujeito.

  11. Horácio Roque Brandão disse:

    Os exemplos das proposições do Bolsonaro não chegam a serem absurdo, apenas a questão da adoção de filhos por casais do mesmo sexo e a questão da pena de morte poderiam geral maiores discussões. As demais se parecem perfeitamente adequadas ao momento que vivemos. Daí não entender o exagero de algumas reações….

  12. DJALMA BENTES disse:

    FELIZMENTE ainda há em nosso Brasil, algumas personalidade que defendem as instituições brasileiras. DeputadoFederal Jair Bolsonaro, Jornalista Rachel Sheherazade, Ministro Joaquim Barbosa, VOTE:000+CONFIRMA.

  13. ney jose disse:

    Feliciano, não é homófobo, ele é conservador e obediente AO SENHOR CRIADOR DO homem e da mulher, que proíbe a pratica homossexual.

  14. Everton disse:

    o esquerdismo está começando a invadir o Opinião e Notícia…

  15. Enos Mendes disse:

    Parabéns! Deveríamos tê-lo é na presidência! Assim evitaríamos esquerdistas, petistas e terroristas como presidente e ao mesmo tempo fazer respeitar a ordem no país! Seja bem vindo se for para a Câmara!

  16. Beraldo Dabés Filho disse:

    A ditadura da direita radical no Opinião e Notícia está ameaçada? Ótimo, vai melhorar!
    __________________________________________
    NÃO VOTE EM BRANCO E NEM ANULE SEU VOTO!

  17. Da redação disse:

    Prezados leitores: em momento algum nos alinhamos com a ideologia de Bolsonaro, este sim de direita radical. Nós somos liberais, abominamos igualmente os radicais de direita e de esquerda.

  18. geracina disse:

    BOLSONARO e um dos pouquissimos politico autentico.

  19. Luis Barati Silva disse:

    O ex-capitão Bolsonaro é um mal completamente desnecessário: só não é pior que as ideias que ele combate. Nem tão ruim quanto os seus detratores.

  20. Rafael disse:

    “*Celso Lungaretti é jornalista e escritor” — Esquecerei de ter lido este artigo logo, pois está tão inundado em fracasso, que o sr. jornalista e escritor e autor deste, estará limpando privadas logo logo, com esta visão insípida e esse teor taxativo onde ele está mergulhado. Leio o ON regularmente, mas realmente me arrependo às vezes. Se não acabar quebrando uma imagem religiosa e introduzindo em seu reto os cacos que sobrarem.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *