Início » Brasil » Bolsonaro recua sobre Ministério do Trabalho
STATUS DE MINISTÉRIO

Bolsonaro recua sobre Ministério do Trabalho

Presidente eleito havia dito que pasta perderia status de ministério

Bolsonaro recua sobre Ministério do Trabalho
'Vai continuar com o status de ministério, não vai ser secretaria', anunciou Bolsonaro (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, 13, o presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou que a pasta do Trabalho manterá status de ministério.

Na semana passada, Bolsonaro havia dito que a pasta seria extinta. Nesta terça, no entanto, ao ser questionado durante uma entrevista coletiva em Brasília, o presidente eleito anunciou: “Vai continuar com o status de ministério, não vai ser secretaria”.

“Vai ser ministério disso, disso e Trabalho. É igual o Ministério da Indústria e Comércio, é tudo junto, está certo? O que vale é o status”, declarou ainda Bolsonaro.

Mais cedo, durante visita ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), o presidente eleito já havia dito que o Trabalho “vai ficar junto com outra pasta”, sem detalhar, no entanto, o que pretende fazer e qual pasta poderá ser fundida com o Ministério do Trabalho.

“Eu não sei como vai ser, está tudo com Onyx Lorenzoni [ministro extraordinário da transição] e mais algumas pessoas que trabalham nessa área, e temos tempo para definir”, disse Bolsonaro, que ressaltou ainda que, “a princípio é o enxugamento do ministério, ninguém está menosprezando o Ministério do Trabalho”.

A meta inicial de Jair Bolsonaro era manter no máximo 15 ministérios. O número atual está em 17, e segundo o presidente eleito, “talvez seja 18”.

Fontes:
EBC - Bolsonaro vai manter Trabalho com status de ministério

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Moura disse:

    É uma pena! O MT não passa de um cabidão de empregos (caro para o contribuinte!) que alimenta a “industria dos processos” na Justiça do Trabalho.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *