Início » Brasil » Bolsonaro toma posse como 38º presidente da República
CONGRESSO NACIONAL

Bolsonaro toma posse como 38º presidente da República

Discurso de Jair Bolsonaro durou cerca de dez minutos

Bolsonaro toma posse como 38º presidente da República
Bolsonaro decidiu desfilar em carro aberto (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Eleito com 57,8 milhões de votos no 2º turno, Jair Bolsonaro tomou posse nesta terça-feira, 1º de janeiro, como 38º presidente da República.

Leia também: Posse de Bolsonaro é cercada de restrições

Bolsonaro decidiu desfilar em carro aberto no trajeto entre a Catedral de Brasília e o Congresso Nacional. O presidente foi acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e do filho Carlos Bolsonaro, que é vereador. O desfile em carro aberto era uma incerteza, em função de um esquema reforçado de segurança.

A sessão solene de posse começou às 15h no plenário da Câmara dos Deputados. Após assinar o termo de posse, Bolsonaro fez um discurso de cerca de dez minutos.

“Temos uma oportunidade única de resgatar o nosso país e a esperança de nossos compatriotas. Se tivermos a sabedoria de ouvir a voz do povo, teremos êxito em nossos objetivos. Vamos unir o povo, valorizar as famílias e nossas tradições judaico-cristãs. O Brasil voltará a ser um país livre de amarras ideológicas”, disse Bolsonaro durante seu discurso.

O presidente da República afirmou ainda que montou uma “equipe de forma técnica, sem viés político, que tornou o Estado ineficiente e corrupto. Realizaremos reformas estruturantes, que serão essenciais para a saúde financeira e sustentabilidade das contas públicas. Precisamos criar um círculo virtuoso e abrir nossos mercados para o comércio internacional”.

O discurso de Bolsonaro foi bastante aplaudido pelo público que acompanhou a cerimônia por telões na Praça dos Três Poderes, principalmente quando o presidente criticou o que chamou de irresponsabilidade econômica de governos anteriores, quando se comprometeu a combater a chamada ideologia de gênero nas escolas e a livrar o país das “amarras ideológicas”.

Bolsonaro concluiu seu discurso com o lema que se tornou popular durante a campanha eleitoral: “Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”.

Fontes:
EBC - No Congresso Nacional Bolsonaro faz o primeiro discurso como presidente

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *