Início » Brasil » Brasil deve regulamentar prostituição para a Copa?
Tendências e debates

Brasil deve regulamentar prostituição para a Copa?

Grande Prêmio Brasil pode ter 'aquecido' mercado da prostituição em São Paulo em até 20%. Imagine durante a Copa e as Olimpíadas!

Brasil deve regulamentar prostituição para a Copa?
Deputados ora discutem se o Brasil legaliza ou não a prostituição antes de a bola rolar (Fonte: Reprodução/AFP/Getty Images)

A Copa do Mundo de 2014 se aproxima. Afinal, daqui a cerca de um mês já poderemos dizer que a Copa é no ano que vem. Passados os imbróglios sobre a meia-entrada e a entrada de bebidas alcoólicas nos estádios, e ainda na vigência das controvérsias sobre os próprios estádios, sobre as remoções e até sobre quem será o técnico da seleção brasileira no mundial que já bate à porta, uma outra polêmica “copeira” começa a emergir, vinda do seio do Congresso Nacional, onde os deputados ora discutem se o Brasil legaliza ou não a prostituição antes de a bola rolar para a tão aguardada festa do futebol, onde o pior cego é aquele que só vê a bola, como dizia Nelson Rodrigues (que, por sinal, era míope).

A proximidade da Copa e também das Olimpíadas de 2016 no Brasil está entre os motivos que levaram o deputado federal Jean Willis (PSOL-RJ), o ex-participante do programa Big Brother Brasil que acaba de ser eleito em uma votação pela internet o parlamentar que melhor representou os interesses da população na Câmara em 2012, a apresentar em julho deste ano um projeto de lei que visa regulamentar a prostituição no país — projeto que prevê, por exemplo, cooperativas de profissionais do sexo e aposentadoria especial para eles e elas aos 25 anos de serviço.

Distinção entre prostituição e exploração sexual

 

Segundo o texto do projeto de lei apresentado por Jean Willis, considera-se profissional do sexo toda pessoa capaz e maior de 18 anos que, voluntariamente, presta serviços sexuais mediante remuneração.

O deputado se preocupa eminentemente em separar prostituição de exploração sexual, enquanto a legislação brasileira atual pouco ou nada distingue uma da outra. Na proposição de Jean Willis, exploração sexual é definida como a apropriação por terceiros de mais de 50% do rendimento da prostituição ou o não pagamento pelo serviço prestado, ou ainda a prática da prostituição forçada por violência ou sob grave ameaça.

E mais: “a casa de prostituição é permitida desde que nela não se exerça qualquer tipo de exploração sexual”, diz o parágrafo único do artigo 3º do projeto de lei.

F1 movimenta prostituição em São Paulo

 

Não é a primeira vez que um projeto de lei visando regulamentar a prostituição tramita no Congresso Nacional. Na própria justificativa do PL ora em tramitação, Jean Willis diz que sua proposta “dialoga” com o Projeto de Lei 98/2003, do ex-deputado federal Fernando Gabeira, que foi arquivado, e com o PL 4244/2004, do ex-deputado Eduardo Valverde, que saiu de tramitação a pedido do autor. Willis cita ainda a lei alemã que regulamenta as relações jurídicas das prostitutas, lei esta aprovada na Alemanha justamente às vésperas da Copa do Mundo de 2006, realizada naquele país, durante a qual se estima que nada menos do que 440 mil prostitutas tenham oferecido seus serviços para dar conta da demanda gerada pelo evento.

Agora mesmo, quando o “circo” da Fórmula 1 passou por São Paulo, encerrando a temporada 2012 deste esporte, o incremento da movimentação no “setor da prostituição” da cidade foi notícia nos grandes portais nacionais, com gerentes de casas noturnas dizendo que o faturamento é de 15% a 20% maior em semana de Grande Prêmio Brasil. Imaginem o quanto o mercado de prostituição no Brasil ficará aquecido, por assim dizer, nos megaeventos esportivos que estão por vir?

Caro leitor,

Você acha que regulamentar a prostituição é o caminho para proporcionar maior dignidade, direitos e garantias aos profissionais do sexo, ainda mais às vésperas de megaeventos esportivos que vão aumentar o risco de exploração sexual?

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

46 Opiniões

  1. André Luiz Duarte de Queiroz disse:

    Sim, concordo com a proposta. Legalizar a prostituição pode vir a proporcionar melhores condições aos ditos profissionais do sexo. Considero hipocrisia a atitude de ‘renegar’ publicamente a prostituta, mas não abrir de seus serviços no reservado (numa frase de parachoque de caminhão: “As mulheres perdidas são as mais procuradas!”). Por mais que a moral ocidental judaico-cristã condene (como também e ainda mais fortemente no mundo islâmico), não conheço sociedade alguma em que a prostituição tenha sido eliminada, a força de repressão policial por ser ilegal, ou por conta de haver ‘melhores’ oportunidades na sociedade (nem mesmo em Cuba, onde o regime Castrista alegava ter acabado com a prostituição…). Pessoas dispostas a prestar serviços sexuais continuam a existir, mesmo quando há alternativas de trabalho para os mesmos ganhos, assim como continua a haver grande demanda dos clientes, por mais que seja muito mais fácil ter sexo ‘de graça’ hoje em dia. Simples assim. E assim continuará sendo enquanto o ser humano tiver o impulso sexual, e não há imposição moral que impeça por completo isso, eu penso.

    No mais, acredito que o interesse maior é sim das(dos) profissionais do sexo. Lembro da história do “arremesso de anões”, uma brincadeira surgida em casas noturnas francesas onde anões devidamente paramentados com roupas de proteção eram lançados à distância. O poder público considerou ‘violação à dignidade humana’, e os bares onde praticava-se a brincadeira forma interditados. Resultado: os primeiros a protestar contra a interdição foram os anões!, que perderam seus trabalhos!!…

  2. Andre Luiz de Almeida disse:

    Legalizar ainda vá, mas a sacanagem é dar aposentadoria especial, enquanto a maioria dos trabalhadores se mata de trabalhar pra ganhar dignamente um salrio miseravel e só se aposentar com 35 anos estes “profissionais do sexo” ganham a vida na sacanagem e vão se aposentar mais cedo. Querem transformar o país inteiro num puteiro mesmo.

  3. direnice disse:

    O diabo tomou conta de tudo,mas ele e aqueles q fazem a vontade dele será lançado no fogo de enxofre que nunca se pagará.
    que a vinda de cristo seja logo,tudo isso terá um fim.

  4. Carlos U. Pozzobon disse:

    Para se preparar para a Copa é imprescindível que as prostitutas falem alguma coisa de inglês. E que os turistas também saibam como fazer as perguntas, o que facilmente pode ser explicado em um folheto. Para o governo não gastar dinheiro público com esta enorme preocupação com a Copa do Mundo, no momento em que temos muitos outros gastos importantes para fazer, poderíamos estabelecer um código de etiqueta em que toda a vez que um homem faça uma pergunta para uma prostituta, ela responda com uma palavra chave que serve de senha para a passagem para a matemática, quero dizer, o acerto do preço, também facilmente de ser aprendido. Basta portanto começar com:
    — Do you?
    Ao que ela responderia:
    — Very.
    E segue-se o preço.

  5. André Luiz de Jesus Silva disse:

    Concordo com a proposta. Na Alemanha e na Holanda, elas e eles tem direito a aposentadoria e a processar clientes caloteiros. Só em um país de hipócritas é que não existe tal atividade. Em qualquer região desse país quem regulamenta essas ações são os esquemas de corrupção que envolvem uma parcela (não sei se pequena ou grande) das polícias militares. Disso ninguém fala! Vá até o Piauí, por exemplo. Lá, a luz do dia, policiais uniformizados entram nas casas e lá dentro mesmo recebem o seu “quinhão” em dinheiro para não amolarem a prostituição praticada. Os esquemas das “casas” são claros: muita cerveja de um lado e mulheres do outro, assim ninguém confirmar o que todos suspeitam. Os motéis ficam ao lado até com entrada “secreta” só para aprimorar a encenação. No Mato Grosso do Sul tem até batalhão da PM na mesma quadra uma “casa”, no centro da cidade! Enquanto isso, a sociedade que é “a boa” finge que “tudo continua numa boa”!

  6. Sheila disse:

    Penso o mesmo sobre a legalização das drogas:não é a melhor saída!Sabemos muito bem que nosso sistema de fiscalização não funciona.Então o que garantiria que menores não fossem explorados ou tivessem a idade adulterada como muitos jogadores de futebol faziam no passado para poder trabalhar ?É engraçado ver que quando se trata de assuntos rentaveis ao país, nossos deputados sempre se espelham em países da europa,mas quando se trata de educação,saúde e afins,arrumam a desculpa de que são realidades distintas;pois bem então não devemos comparar o Brasil com outros países onde a prostituição é legalizada, porque lá as prostitutas escolhem essa vida porque querem e não por necessidade como ocorreria no Brasil.Ás vezes sinto vergonha de ser brasileira.

  7. maria tereza disse:

    ESSA É PROPOSTA DESTES POLÍTICOS “IRRESPONSÁVEIS” QUE O POVO VOTA OU QUE OUTROS CARREGAM PARA O SISTEMA, PELO VOLUME DE VOTOS. ISTO É UMA PROPOSTA BURRA E QUE DÁ IBOP PARA ELES QUE FAZEM TUDO PARA APARECER.
    POR QUE NÃO FAZEM CAMPANHA PARA SER CUMPRIDAS, A RESPEITO DE, POR EX.: BOAS ESCOLAS PÚBLICAS PARA TODOS? PARA MELHORAR O TRÂNSITO NAS GRANDES CIDADES? PARA MELHORAR A CIVILIZAÇÃO HUMANA QUE SE SE DEGRADA CADA VEZ MAIS? MEUS IRMÃOS E IRMÃS, O POVO BRASILEIRO PRECISA DE COISAS BÁSICAS PARA SEU CRESCIMENTO HUMANO, CULTURAL E PROFISSIONAL. ISSO É MESQUINHARIA, É PAPO DE QUEM NÃO CRESCEU E QUER SE FAZER VER DE QUALQUER FORMA. POLÍTICOS! OLHEM PRO BRASIL, NÃO QUEIRAM FAZER DESTE PAÍS TÃO LINDO, UM CELEIRO DA PROMISCUIDADE! ISSO É VERGONHOSO.

  8. André Luiz Duarte de Queiroz disse:

    @André Luiz de Almeida,
    ‘Xará’, a dita ‘vida fácil’ de fácil não tem nada! Muitas e muitas mulheres se submetem a condições aviltantes, pondo em risco a saúde, e por remuneração ínfima… Para a grande maioria, a ‘viração’ não tem nenhum glamour. E carregarão sempre o estigma de párias, pois a legalização da prostituição não modificaria os valores morais da maioria da sociedade. Ou seja: profissionais do sexo são submetidos a condições de insalubridade tanto ou mais do que outras profissões que também gozam de aposentadoria especial, como é o caso dos garçons, maitres, cozinheiros e confeiteiros (que enfrentam jornadas de trabalho semanal mais longas e desgastantes que demais trabalhadores) e dos professores (que têm suas jornadas de trabalho além do tempo em sala-de-aula estendidas preparando as aulas e corrigindo provas, alegadamente — mas esse entendimento tem sido contestado). Portanto, acredito justo que a proposta de legalização da prostituição também contemple aposentadoria especial com 25 anos de contribuição (contra os 30/35 anos dos trabalhadores em geral). Isso não faria das prostitutas uma classe de privilegiadas!

    Na minha opinião, sacanagem mesmo é deputados federais e senadores se aposentarem com vencimentos integrais após meros 8 anos de ‘contribuição’, “trabalhando” o que eles trabalham (com pouquíssimas exceções)! Esses já transformaram o país em ‘–teiro’ há muito tempo! Só que é o seguinte: eles se vendem, mas quem ‘toma’ somos nós!…

  9. Margareth disse:

    Não concordo. Esse tipo de atividade deveria ser tratado com seriedade, ou seja, fazer uma pesquisa dos motivos que levam as pessoas a se prostituirem, fazer um trabalho sobre o assunto, tentar ajudá-los e eliminar casas que lidam com esse tipo de trabalho. Multa e punições para eles. Nada de incentivar o que não é bom.
    Moralidade é bom e gostamos. Necessitamos melhorar a educação, saude, segurança, lazer saudavel …. as preocupações com assuntos sérios.

  10. André Luiz Duarte de Queiroz disse:

    @André Luiz de Jesus Silva,
    ‘Xará’ Silva, sua colocação também foi oportuna. Nenhum bordel funciona no Brasil sem ter um ‘esquema’ com a autoridade policial da localidade. Porque a legislação brasileira atual não criminaliza a prostituição, mas sim o lenocínio! Portanto, todo bordel tem que pagar um ‘arrego’ para que façam vista grossa. Isso quando o negócio não pertence a um policial mesmo… Legalizar a prostituição ao menos acabaria com essa hipocrisia (ou, ao menos, diminuiria).
    @Carlos U. Pozzobon,
    Seus comentários são sempre de alto nível, e dotados de um humor sutil! Sim, legalizar a prostituição não é, dentro da atual conjuntura social-econômica, algo a que vá se dar prioridade, nem mesmo a título de ‘melhor aproveitar a demanda aquecida durante a Copa do Mundo’. Certamente, temos assuntos de maior prioridade a resolver. Mas, a meu ver, é uma demanda legítima.

  11. Glória Drummond disse:

    Que é um absurdo a existência da prostituição É! Mas, ela existe desde que o mundo é mundo, com o status de mais velha profissão do mundo. Neste tempo de liberdade e libertinagem sexual, se ela ainda
    existe é porque há grande demanda. Pessoalmente, acredito que são desvios de personalidade que levam pessoas a venderem o próprio corpo (masoquismo) e outras a pagarem por ele, exercendo “taras” que não poriam em prática com outros(as) do seu universo (sadismo). Ou apenas a única alternativa que um sem número de problemáticos, neuróticos encontram para dar vazão às suas necessidades sexuais. Não há pais que ( ainda!) contratam os serviços de uma prostituta mãezona para iniciar (mal) os seus filhos?

    Apesar do romantismo que cerca A Dama das Camélias e outras prostitutas da Literatura ou da Filmografia, como La Belle de Jour, com a belíssima Catherine Deneuve, e de saber que na Grécia Antiga as prostitutas detinham grande cultura, sendo preferidas pelos políticos, filósofos da época, às vezes só para conversar, essa “instituição” não entra no meu conjunto de valores. Se sou contra a
    existência das mulheres que vivem às custas do próprio mundo ou daquelas que entram no mercado do casamento com o capital da virgindade, não poderia endossar este ganha pão com o
    honesto suor das virilhas.

    Mas… a prostituição está aqui e nos mais evoluídos países do mundo. Fazer o quê? Legalizar mesmo! Pelo menos elimina-se o tráfico de mulheres, a figura do gigolô, a falta de assistência médica, a entrada de meninas na”difícil vida fácil”. E protege-se tanto quem vende o corpo, quanto àqueles que pagam por uma sessão de sexo. A prostituição de carteirinha pagaria impostos? Acho que sim. Geraria deveres e direitos. Mesmo assim, o “negócio” jamais seria exercido às claras, porque é sujo. Como foi o tráfico de negros. Como são os Motéis e matadouros (de animais mesmo), sempre distantes dos núcleos urbanos, para não chocar. A sociedade, de aparências e hiprocrisía, continuará a empurrar a prostituição legalizada para a periferia? Óbvio. É um segmento sujo… Não é a legalização que o tornará limpo. Se existe, se é tolerado, a saída da marginalidade protegerá aqueles que se prostituem das próprias leis e seus executores, sempre coniventes, aproveitadores.

    Com a vinda da famigerada Copa, das Olimpíadas, deveriam conferir Qualidade, ISO 9000 à prostituição: cursos de inglês, espanhol, academias, plásticas, conhecimentos de história e geografia
    ( para informação do turista sexual), construção de locais in , bem decorados, SUS especial… Talvez
    uma Secretaria ou Ministério, bem ao feitio daquilo que se tem feito pelos excluídos, com o dinheiro dos nossos impostos, via PT.

    Finalmente e apesar de tudo, sou pela legalização.

  12. WELLER MARCOS DA SILVA disse:

    Aos poucos a podridão do Sistema Capitalisma vai aparecendo nas entrelinhas da jogatina desenfreada. Prostituição não é profissão, nunca foi e nem será. O que existe é uma retórica de vadios, aproveitadores, manipuladores que buscam apenas o lucro financeiro. A prostituição gera o maior consumo de drogas, prejuízos à saúde pública (transmissão doenças venéreas), violência e assassinatos, desorganização e desajuste familiar, roubos e furtos, indução a menores, e vadiagem. Entre tantas anomalias aos poucos a sociedade vai caminhando para o apodrecimento. Quem deseja isso são as fábricas de cosméticos, os motéis, os taxicistas, os restaurantes granfinos e careiros, a máfia organizada na política e na pólícia, as cafetinas e os gigolôs. Quem “trabalha” com prostituição não busca se aprimorar intelectualmente, não quer saber de estudar e nem tem responsabilidade com o aproveitamento do tempo para a realização de coisas saudáveis. Ao final da vida, na maioria dos casos, é um pacote ambulante anônimo e improdutivo. É lamentável que um deputado agregado a uma sigla partidária “socailista” vá para o Congresso se ocupar com uma banalidade dessa envergadura. Precisamos trabalhar mais para construir uma Nação séria, organizada socialmente e independente ao ponto de não se inspirar ou copiar modelos de países que já se vêem decadentes e fracassados. A Copa é mais um artíficio da Capitalismo e o Governo Brasileiro – corrupto e réu em vários tribunais não tem visibilidade para enfrentar tal tragédia!

  13. JESUS R. DE ARAUJO disse:

    Em primeira instância, eu não concordo com a legalização. Pois ainda temos tantos projetos a serem definidos em áreas extremamente carentes, e que se forem ativadas, serão de muita relevância para o progresso e o desenvolvimento social de nosso país. Duas áreas sociais de vital importância: SAÚDE E EDUCAÇÃO! Após termos um sistema de “saúde” equilibrado e uma “educação” bem direcionada, poderíamos até pensar nesta lei fajuta, exdrúxula e vulgar…
    Trabalhei em alguns países europeus ( FRANÇA, DINAMARCA E NORUEGA) e outros tantos que visitei, e constatei que esta profissão é universal. Alemanha, Áustria, Holanda, Bélgica, e outros… a prostituição é praticamente legalizada. Mas as áreas de educação e saúde destes paises tem um suporte bem administrado, e um atendimento social VIP. Mas a paranóia dos brasileros atualmente é a tal copa do mundo que pouco ou nada de bom irá trazer para o Brasil. Aqui, carnaval e futebol! Paises europeus, educação e saúde! Certa vêz, numa cidade do interior Bergen (Noruega), eu senti fortes dores estomacais, e fui a um hospital público. Qual minha surpresa, pois quando pisei na porta do referido hospital, fui simplesmente agarrado á força. Atendimento imediato. Remédios, todos gratuitos… E, semanalmente eu recebia a visita de um médico na base onde eu trabalhava, até eu estar devidamente curado. Tudo isto, pelo Instituto Nacional de Saúde deles, e eu não era cidadão noruegues. E qualquer criança tem uma educação bem direcionada, com uniformes, material escolar, note book, formaçao profissional e doutorado, tudo pago totalmente pelo estado.
    Agora eu lhes pergunto, como cidadão brasileiro: TODOS NÓS BRASILEIROS PAGAMOS PESADOS IMPOSTOS (pois o que ganhamos nos 4 primeiros meses do ano é somente para o governo…) TEMOS ALGUM RETORNO DOS MILHÔES QUE DEPOSITAMOS NOS COFRES PÙBLICOS? Nossos filhos tem algum benefício na educação???
    O nosso sistema nacional de saúde nos atende na hora? Será??? PENSEM!!!

  14. João Cirino Gomes disse:

    Para quem não sabe; no Brasil tudo pode ser regularizado e autorizado contanto que pague imposto!
    Politico brasileiro não esta nem ai para a saúde e o bem estar do cidadão!

    Se conseguirem cobrar imposto sobre todo tipo de jogatina e droga, a maioria dos políticos brasileiros iriam buscar meios de viciar a população para arrecadar mais imposto, Isso sim!

    Enquanto isso o brasileiro esta pensando em fantasias de carnaval e copa do mundo!
    Quando a situação aperta grita goll

  15. Antonio Luiz disse:

    Eu não concordo com a prostituição;
    Tem tanta coisa a fazer nesse Brazil.

  16. Luiz B. Júnior disse:

    MORRO DE RIR DOS COMENTÁRIOS, SEM OFENDER A NINGUÉM, QUANDO É QUE VÃO PARAR DE NAVEGAR NA MAIONESE. QUANDO É QUE VÃO ACORDAR. SINCERAMENTE, VOCÊS AINDA ACHAM QUE NESTE BRASIL EXISTE POLÍTICO QUE QUER O BEM ESTAR DE ALGUÉM? (HÁ NÃO SER DELE MESMO?) PESSOAL, PESSOAL, ACORDA GENTE, NESTE PAÍS, NESTE DESGOVERNO, NADA, ABSOLUTAMENTE NADA, DARÁ CERTO. TENHO 67 ANOS E ESTOU ESPERANDO ALGUMA COISA DE BOM ACONTECENDO NESTAS PLAGAS, ATÉ HOJE SÓ VI MER–.
    ESTÁ PIORANDO, E MUITO. NÃO EXISTE MAIS RESPEITO COM NINGUÉM, PROFESSORES SENDO ESPANCADOS E MORTOS EM SALAS DE AULAS, ALUNOS MATANDO ALUNOS, CORRUPÇÃO DESENFREADAS, PRESIDENTE ANALFABETO SENDO ELEITOS E REELEITOS, POR UM POVO MEDÍOCRE E CORRUPTO, DEIXANDO DE TRABALHAR PARA ACEITAR BOLSA FAMÍLIA, PRISIONEIROS GANHANDO MAIS QUE UM TRABALHADOR HONESTO, UM JOGADOR DE FUTEBOL É MAIS FESTEJADO QUANDO MARCA UM GOL, DO QUE UM ALUNO EXEMPLAR DE QUALQUER COLÉGIO QUE GANHA UM PRIMEIRO LUGAR EM ALGUM CONCURSO DE MATEMÁTICA , POR EXEMPLO, VIVA PÃO E CIRCO, COMO OS ROMANOS JÁ DIZIAM , 5000 ANOS ATRAS. ESTE É O PAÍS DO FAZ DE CONTA. A ALEMANHA FOI DESTRUÍDA DURANTE A PRIMEIRA E SEGUNDA GRANDE GUERRA, OLHEM O QUE ELA É HOJE, O JAPÃO TOMOU DUAS BOMBAS ATÔMICAS NA CABEÇA, OLHEM O QUE ELE É HOJE, E UM MONTE DE PAIS QUE SAIU DO NADA E HOJE É PRIMEIRO MUNDO. ESTE NOSSO GRANDIOSO PAÍS, TEM OS LUGARES MAIS MARAVILHOSOS DO PLANETA, É UM PAÍS DE UMA RIQUEZA FANTÁSTICA, TEMOS 98% DO NIÓBIO DO PLANETA (MINÉRIO MAIS VALIOSA QUE OURO), CANADÁ É DETENTOR DE 2% (OLHEM O QUE O CANADÁ É). É A MESMA COISA QUE NÃO TERMOS NADA. POR OUTRO LADO TEMOS, OS POLÍTICOS MAIS CORRUPTO DO PLANETA, SAÚDE EM ÚLTIMO LUGAR E CRIMINALIDADE EM PRIMEIRÍSSIMO LUGAR.
    NOSSA ÚLTIMA ESPERANÇA É DEUS, SÓ ELE PARA FAZER ALGUMA COISA, POR ISTO TEMOS QUE REZAR E REZAR, E PEDIR A ELE COM VEEMÊNCIA UMA AJUDA. DO CONTRÁRIO ESTAREMOS PERDIDOS. AMÉM.

  17. Raimundo SG disse:

    Não.

  18. ISAAC J. A. CARMO disse:

    Era só o que faltava no pacote do absurdo, neste País! Jean, o que é uma prática comum, não necessariamente tem ou deve ser uma prática legal, normal, moral. No caso da prostituição, que ninguém invoque a prática já existente no dia a dia de muitas pessoas que enveredam por esse caminho, e muito menos que ninguém venha com pretexto tornar o evento da copa do mundo algo mais interessante no Brasil. Quer agregar mais qualidade à competição? Quer que o nome de nosso País seja mais enaltecido diante de todos que hão de vir por aqui, ou que de alguma forma estejam sendo informados dessa competição mundial? Então, Jean, apresente um outro tipo de iniciativa, tal como para oferecer mais segurança e conforto ao evento, para resolver a questão dos dependentes químicos que perambulam pelas ruas de nossas cidades, para melhorar a qualidade da educação em nosso País que ainda continua muito ruim, para melhorar a qualidade de nossas estradas, enfim, para tanta coisa interessante e realmente necessária. Chega de perder tempo com essas coisas que certamente não condizem com o interesse da maioria do povo brasileiro e nem deve ser motivo de preocupação de um parlamentar, quando outras demandas lhe seriam muito mais oportunas encaminhá-las.

  19. João Cirino Gomes disse:

    Legalizar para os políticos, é cobrar imposto, ou seja, taxar; depois desta taxa, o que é mau costume, ou contravenção se torna legal ! É MOLE?

    Quanta ingenuidade!

  20. Reynaldo Ferreira Moraes disse:

    É cada uma hein??Se ele acha certo regulamentar a prostituição deveria então pensar em regulamentar o tráfico de drogas pois o mesmo gera milhares de empregos e os pobres traficantes estão alí desamparados sem direito ao INSS nem mesmo sob a CLT

  21. Larissa Coelho disse:

    Chega de abrir exceções.Primeiro permitem bebidas no estádios por patrocínio, depois querem cooperativas de profissionais do sexo, para satisfazerem nossos queridos turistas.Será que alguém já pensou na imagem do país?
    Acho que não. Tornar o Brasil um anfitrião do turismo sexual é uma péssima escolha.
    Em âmbito nacional os valores morais serão ignorados ,e a instituição famíliar ferida se a prática tornar-se algo normal.E já em âmbito internacional a propaganda negativa será deflegrada,além de violento, o país no tocante à prostituição será quase como Cuba antes de 1959, explorada por outro tipo de “belezas naturais” .
    Antes de qualquer decisão precipitada, deve-se pensar nos valores morais que ,em grande parte, estão sendo superados pelos valores finaceiros.

  22. ubirajara disse:

    Acho ja passada a hora do Brasil, entender que a prostituicao existe e nada mais honesto do que regulamenta-la, criando leis para protejer as pessoas que vivem deste expediente, e tambem para as pessoas que possam utiliza-la.
    Algumas cidades do interior ja tem o seu bairro com as prostitutas e outros, e ai fica mais facil o Governo colocar medicos, policias, e outras infra estruturas para algo que nao adianta negar EXISTE.
    Com certeze os usuarios poderao contar com melhor asseio e menos doencas.
    E Elas ou Eles, terao suas garantias de aposentadorias e outras…
    REGULAMENTACAO JA , AGORA, NAO ADIANTE ESCONDER A VERDADE EMBAIXO DO TAPETE.

  23. Mauricio Fernandez disse:

    QUANTA INGENUIDADE! NINGUÉM VAI QUERER. VAI ESTRAGAR O MERCADO E OS LUCROS. EM PRIMEIRO LUGAR QUAL CATEGORIA DE PROSTITUTAS SERÁ LEGALIZADA? TERÃO DE USAR CRACHÁ DA ASSOCIAÇÃO? COMO VAI FICAR AQUELAS CONHECIDAS DO MERCADO POR OUTRO NOME E QUE 11 ENTRE 10 ESTUDAM DIREITO (COMO QUALQUER MORTAL) E DEPOIS……. BOM, NÃO VOU DIZER. A COISA NÃO É TÃO SIMPLES ASSIM GENTE. VAMOS PARAR COM ISSO!

  24. Brazilino Esperanza disse:

    Bem, bem, bem …..

    País em ordem, forte crescimento da economia, analfabetismo erradicado, 100% das casas atendidas por água e esgoto, salário mínimo digno, enfim, país de primeiríssimo mundo. Só falta regulamentar a prostituição. É preciso dar trabalho para os congressistas. Nada mais justo!

  25. João Cirino Gomes disse:

    Caro colega Luiz B. Júnior estou de acordo com seu comentário parabéns pelo discernimento!

    Esta população precisa aprender como funciona uma eleição no Brasil!

    Da forma que esta não é eleição, mas sim enrolação: Se o TRE tivesse integrantes sérios, ou fosse um órgão sério, já teriam tomado providencias a respeito!

    Note que mais de 80% da população não sabe que o voto pertence ao partido e não ao candidato; note que poucos eleitores sabem que, se votar em um candidato de em um partido onde tenha corrupto, ou seja coligado com um partido que tenha corruptos, estará ajudando eleger um corrupto, ou ajudando a fortalece-lo!
    É Desta forma que Maluf SENDO presidente do PP continua no poder: É desta forma, que Sarney se mantem no poder, é desta forma que Color se mantem no poder!

    E sera desta mesma forma que Lula se reelegera! E dirá que tem 80% de aceitação!

    Vejam: Se PT tem 80% de aceitação COMO FICA OS 23% DE VOTOS BRANCOS E NULOS?

    E sera que os outros partidos não tiveram nenhum voto?

    Politica no Brasil? Só mentiras, promessas e babaquices!

  26. luiz alberto garcia disse:

    Tive a “paxorra” de ler quase todos comentarios, muitos contra, muitos a favor da legalizaçao da profissao de prostituta, uma das mais antigas do mundo; ora, se a consideramos profissao porque nao regulamenta-la?

  27. rogerio disse:

    Ah! Para isso aqui virar um misto de Amsterdã com Russia basta institucionalizar a maconha, a prostituição e os caça níqueis, …
    Camaradas como o Jean perdem a oportunidade de defender avanços coerentes dentro de nossa sociedade achando que a sexualização de tudo é algo pertinente e aceitável e brincam com a vida de outros…. Porque ele não vai para o interior conhecer como é a dita prostituição no Brasil que o Brasil não conhece?

    No texto diz que se o 50% ficar com o cafetão não pode, logo, se o percentual for de 49,9% tudo bem né? Ainda que fosse 20% de cafetinagem, isso ainda não seria tráfico/exploração de pessoas?

    Enquanto a comunidade GLTB tiver como representante figuras caricatas ou que apenas querem aparecer na mídia não teremos avanços justos na tratativa do “pensamento gay”

    Respeito não institucionalizar a promiscuidade barata, transformando tudo em uma sucursal de Sodoma e Gomorra pois se o “mundo hétero” tem excessos e “mundo gay” também tem e isso não é algo bom.

  28. Eduardo Nogueira disse:

    Joga esse Projeto de Lei no LIXO!!

  29. Rose Lima disse:

    De acordo com Luiz B Junior!

  30. Mauricio Fernandez disse:

    NÃO TENHO NADA CONTRA A PROFISSÃO MAIS ANTIGA DO MUNDO. MAS SE ATÉ O MOMENTO CONSEGUIRAM SOBREVIVER SEM A INTROMISSÃO DIRETA DO ESTADO COM SUAS ‘REGRAS” NÃO É AGÓRA QUE A COISA SÓ VAI FUNCIONAR COM ISSO. SE, POR ACASO ISSO ACONTECER, O MAIS PROVÁVEL É QUE DAQUI A POUCO TEMPO TENHAMOS CARTILHAS NAS ESCOLAS INSTRUINDO SOBRE A PROSTITUIÇÃO. NÃO CONSIGO VISLUMBRAR OUTRA COISA COM A TURMA QUE ESTÁ AÍ.

  31. Afonso Schroeder disse:

    O que vão regularizar esta atividade, que bom, estes políticos realmente são de uma capacidade impar…

  32. Lucas Santos disse:

    Acho que já passou da hora das pessoas pararem com esse falso moralismo, que diz que a prostituição é contra os bons costumes, degrada a instituição familiar, etc. Uma pessoa tem o direito de fazer o que bem entender da sua vida. E a lei não vai incentivar novas pessoas a virarem prostitutas. Existem muitas pessoas que passam por extrema necessidade e mesmo assim não escolhem esse caminho, enquanto outras o preferem. Não vai ser um benefício que vai mudar a cabeça de alguém.

  33. Igor disse:

    Legaliza logo.
    Legalizado ou não, elas e eles vão continuar fazendo.

  34. Rafael L. Teles disse:

    É hipocresia estar discutindo isso agora, legalizar o que? um outro ai já falou bem, essa é a profissão mais antiga do mundo, livre arbitrio, todo mundo pode fazer o que quizer com o priprio corpo desde que não prejudique outra pessoa tudo é valido, e do jeito que a coisa ta emcaminhado com esse projeto de lei daqui a alguns dias vai haver pais e mães aconselhando seus filhos e filhas a se prostituirem porque isso é o que dá dinheiro!… sinceramente, não sei onde isso tudo vai parar, cada vez mais tenho visto crianças que ainda deveriam estar brincando de boneca falando em beijo na boca, em garoto bonitinho e por ai vai, eu só fico me perguntando, onde estão os pais dessas crianças? pq aquela educação que vem de berço já não existe mais e daqui a pouco tempo tendo esse famigerado projeto como base, as escolas vão ensinar os melhores caminhos para uma prostituição saudavel, imagine só!

  35. João Cirino Gomes disse:

    Cartilha e kit gay já existe e até são distribuídos nas escolas!

    Quem sabe se logo não surge um projeto para inserir uma cartilha que ensine se prostituir nas escolas!

    Esta cartilha poderá ocupar o lugar das aulas de Educação moral e cívica, ou de religião que existia antigamente!

  36. PENSADOR disse:

    SE REGULAMENTAREM COMO PROFISSÃO, ADMITIRÃO TAMBÉM MENORES APRENDIZES OU ESTAGIÁRIAS?
    AS OUTRAS PROFISSÕES ADMITEM QUE ALGUÉM JÁ POSSA SER CONTRATADO AOS 16 ANOS. E AÍ?
    Na verdade. esta profissão não é menos honestas do que outras já que as profissionais declaram antecipadamente o serviço que prestarão e quanto eu pagarei, ao contrário de alguns namoros e casamentos.
    É uma profissão mais honesta que a maioria dos namoros em que o macho visado é escolhido primeiro por seu potencial econômico, uma forma mais sutil de prostituição e muito mais desonesta já que não define de antemão o que vai doar e quanto se vai pagar ao fim da ralação.

  37. EDUARDO RAMOS BASTOS disse:

    HONESTAMENTE,COMCORDO EM GENERO,NUMERO E GRAU,ESSA LEI JA ERA PRA TER SIDO APROVADA OMTEM,POIS A PESSOA É DONA DE SI,FAZ DO SEU CORPO O QUE BEM EM TENDER,CORRETO,SO ASSIM,ESSAS MULHERES SAIEM DA MARGINALIDADE,NOTA MIL,PARA ESSE DEPUTADO,OK

  38. Mauricio Fernandez disse:

    Bem, pelo que posso entender, então prostituta será uma profissão honesta e virtuosa como outra qualquer e irá merecer todo nosso reconhecimento e aceitação assim como aceitamos e reconhecemos os trabalhadores que dão um duro danado de sol a sol para ganhar uns míseros trocados. É isso? Nada contra as prostitutas ou a prostituição coisa muito mais velha do que eu que já sou bem velho. Acontece que as prostitutas ganham muito mais do que o trabalhador comum. Muito mais mesmo. Então, não será crime, nem será feio ou deverá merecer algum tipo de reparo uma mãe criar uma filha para ser prostituta. Se bem que isso já tem aos montes.

  39. José Carvalho Cordeiro disse:

    A prostituição é um tema já superado…este fato já existe desde que Portugal aqui aportou…isto já vem rolando desde a nossa existência….num sentido mais amplo ,em parte o sexo faz parte do nosso organismo e a prática do mesmo é até uma necessidade, só quem é …não vê isto.. não precisa ninguém ensinar nada a ninguém ele surge espontaneamente…é preciso que isto ocorra naturalmente…faz quem quer… bom, esta atividade já é um direito adquirido…é preciso deixar rolar isto a exemplo de outros países mais evoluídos, o que se precisa fazer é o controle das drogas e outras mazelas do ser humano que não tem outra alternativa de vida, passando, então, a exploração do ser humano, matar, traficar, etc… para ter em mãos o maldito do dinheiro…hoje é geral a prática sexual…

  40. revolta disse:

    Esse e o brasil país de miseria de coisas erradas tenho vergonha desse país pra mim pagar pelo sexo e deprimente !! tanto pra mulher quanto para o homem que paga por esses serviços !!

  41. diogo disse:

    E inacreditavel como algumas pessoas ainda acham isso normal eu acho horrivel degradante sómostra o quanto o brasil e miseravel e sujo !!

  42. Melyssa Jacques disse:

    Qual o problema das pessoas? Sinceramente. Sabe porque existe a droga da prostituição? Porque temos um governo vicioso que se aproveita desse fato para chamar turista, porque essas pessoas que “vendem” seu corpo estão por aí nas ruas, jogadas, sem esperança. Se existisse uma educação REAL no Brasil essa sem sem-vergonhice FEDERAL não existiria. Pergunta pra quem tem Doutorado, Mestrado ou sei lá mais o que se eles TROCARIAM suas profissões pela PROSTITUIÇÃO, se trocaria sua educação e conhcecimentos para ganhar dinheiro vendendo o corpo.
    NINGUÉM FAZ ISSO PORQUE QUER, mas porque é obrigado – pelas condições que lhe foram impostas na vida.

    Não legalizem essa safadeza. Esse projeto é hipócrita e desumano. Como as cotas, esses políticos safados só querem “tampar o buraco com a peneira” [ironicamente do BBB – já tiro a personalidade da pessoa por esse programa alienador]. Não conseguem controlar o PROBLEMA da prostituição e nem resolver o PROBLEMA da educação do Brasil e inventam essas artimanhas.

    PARABÉNS PARA OS QUE CONCORDAM COM A LEGALIZAÇÃO DA PROSTITUIÇÃO, você não passa de um alienado.

    Sem mais comentários.

  43. Melyssa Jacques disse:

    Legalizar aborto… legalizar drogas… legalizar prostituição… Qual será a próxima? Legalizar a pena de morte? HAHAHHA A ironia de matar um assassino – bando de hipócritas! ESSES SÃO TODOS PROBLEMA EDUCACIONAIS. Temo que o Brasil seja um país de hipócritas na maioria das vezes, mas desejo que ele melhore IMENSAMENTE e espero estar aqui quando isso acontecer e QUEM SABE participar desse fato. Por enquanto tem gente safada querendo legalizar A FORMA MAIS FÁCIL de se livrar de um problema e outras pessoas PREOCUPADAS em serem PRECONCEITUOSAS e criticarem casamento e adoção de casais gays [É AMOR, É ATRAÇÃO, CARAMBA, e não um ASSASSINATO ou HOMICÍDIO ou PROBLEMAS EDUCACIONAIS!!! ] existe milhares de pessoas sofrendo!

    PENSEM EM MEDIDAS PARA MELHORAR A EDUCAÇÃO, SAÚDE, TRANSPORTE, O AMBIENTE… e não esse lixo que é a sujeira da prostituição!

  44. Jonny disse:

    Tai realmente uma lei que deveria entrar em vigor, esta é a profissão mais antiga do mundo então porque desconsidera-la como legitima. Há alguma profissão mais porca e desonesta que a politica? pois é ela é legalizada. Ha de se compreender que nem todos nascem em berço de ouro eo mundo real é bem mais cruel. Creio que nem uma destas profissionais queiram fazer isso por gostam, há de analizar os porques das coisas e eu acho justo que tenha acesso ao basico que um trabalhador tem direito, senão como poderão mudar de vida? É facil julgar alguem ai sentado na sua cadeira confortavel em frente ao computador ao lado se sua familia que te apoia e te financia, agora imagina a vida de uma mae de familia destas que apanha na rua, sofre preconceito, que não possui estudo ou apoio da familia e ainda sonha em dar um futuro melhor aos filhos.

  45. jussara disse:

    a verdade é uma só! legalizando ou não, não deixará de ser praticada… mas a legalização implica em beneficios para ambos, pessoa e governo. pois neste meio não existem só pervertidos (as). cada um faz o que quer, não fere ninguém, a é traição, meus caros e caras cujo pensam assim a traição pode estar ao seu lado, uma irmã, irmão, vizinho, colega de trabalho… etc… apoio a regulamentação, tem muita prostituta mais digna do que certas mulheres metidas a castra… deixem de serem ridiculas. mania de cuidar o alheio, se cada um se preocupasse com o seu talves as coisas seriam diferentes.

  46. vilma fatima de souza disse:

    boa noite,venha aqui relatar o que acontece com as prostitutas,querendo ou não é uma profissão,das mais antigas do mundo,e a lei no brasil diz, prostituição não é crime, “mas” é probido se prostituir dentro dos prostibulos, dentro de um prostibulo a prostituta tem total segurança, “mas” é proibido ter quartos,então o que acontece na real mesmo,a prostituta pega o cliente e tem de ir para o motel para fazer o seu trabalho,ela vai entrar dentro de um carro com um homem que ela nunca vil na vida, é como uma roleta russa pode dar certo “mas” pode tambem dar errado,pois ela estará a merce de um desconhecido,que pode estar bebado ou drogado,ou os dois casos,onde poderá ser estuprada
    assaltada,violentada ou até mesmo morta,então???? prostituir não é crime? “mas ter segurança é? só queria entender,porque é proibido ter quartos de programas em casas noturna,é proibido fazer sexo entre quatro paredes???
    ir no motel tambem é crime?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *