Início » Brasil » Brasil nunca mandou ninguém para a prisão pelo crime de ‘insider trading’
O trunfo de Eike

Brasil nunca mandou ninguém para a prisão pelo crime de ‘insider trading’

Caso o empresário Eike Batista seja condenado pelo uso de informações privilegiadas, o mais provável é que ele receba, no máximo, uma pequena multa

Brasil nunca mandou ninguém para a prisão pelo crime de ‘insider trading’
Eike deu declarações otimistas sobre a OGX mesmo ciente da inviabilidade comercial dos campos da petroleira (Reprodução/Internet)

Advogados de defesa de Eike Batista estão confiantes de que o empresário sairá ileso do processo que responde na Justiça por “insider trading” (uso de informações privilegiadas) e simulação de operações financeiras.

Leia mais: Justiça quebra sigilos fiscal e bancário de Eike Batista
Leia mais: Eike Batista sabia da inviabilidade de campos da OGX, mas ocultou a informação
Leia mais: Eike Batista entrega plano de recuperação à justiça

O processo é referente à petroleira OGX. Este ano, a empresa entrou com pedido de recuperação judicial após ser constatada a inviabilidade comercial dos campos da empresa. Segundo a denúncia, Eike teria estimulado no Twitter a venda de ações da OGX quando já estava ciente da inviabilidade comercial dos campos.

O principal trunfo de Eike é o fato de nunca ninguém ter sido condenado à prisão por “insider trading” no Brasil. Como é improvável que essa tendência mude, o empresário pode ser condenado apenas a pagar uma multa.

Os advogados de defesa reafirmaram a versão apresentada por Eike, que alega sua inocência e diz não ter tido acesso a informações privilegiadas. “Estamos confiantes de que se o caso for julgado cuidadosamente, ele será declarado inocente”, disse o advogado Caetano Berenguer.

Este ano, uma investigação feita pela Comissão de Valores Mobiliários concluiu que Eike estava ciente da inviabilidade comercial dos campos da petroleira OGX quando postou em sua conta no Twitter declarações otimistas sobre a empresa que estimularam a compra de ações.

O empresário lucrou cerca de R$ 126 milhões com a venda das ações da empresa. Contudo, quando as informações sobre a inviabilidade comercial vieram à tona, o preço das ações despencou, prejudicando acionistas e deixando uma dívida de US$ 5,8 bilhões.

Fontes:
The New York Times-Brazilian Mogul Starts to Fight Insider Trading Claims

2 Opiniões

  1. Mauricio Fernandez disse:

    Eike ‘faliu’ mas fez muita gente importante ganhar dinheiro. Portanto….

  2. André Luiz D. Queiroz disse:

    “Os advogados de defesa reafirmaram a versão apresentada por Eike, que alega sua inocência e diz não ter tido acesso a informações privilegiadas”… Há nessa frase um problema de pura e simples coerência de ideias: como o próprio dono da empresa não teria acesso ao que acontece dentro dela?! Pior que isso, só quando quando Lula disse que ‘não sabia de nada’!!!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *