Início » Brasil » Brasil perde 16 posições em ranking de competitividade
Em quatro anos

Brasil perde 16 posições em ranking de competitividade

De 2010 para 2014, país caiu do 38º lugar para o 54º entre as 60 economias analisadas

Brasil perde 16 posições em ranking de competitividade
Brasil foi o país que mais perdeu posições no ranking nos últimos quatro anos (Fonte: Reprodução/Época Negócios)

Dados do International Institute for Management Development (IMD) e da Fundação Cabral divulgados nesta quinta-feira, 22, revelaram que o Brasil perdeu novamente espaço no cenário competitivo internacional.

De 2010 para 2014, o Brasil caiu do 38º lugar para o 54º entre as 60 economias incluídas no ranking mundial de competitividade.

Entre os itens observados estão as condições oferecidas pelos países para que as empresas que atuam neles obtenham sucesso nacional e internacional, promovendo crescimento e melhorias nas condições de vida da sua população.

O Brasil foi o país que mais perdeu posições no ranking nos últimos quatro anos, seguido por Índia, Austrália e Grécia.

Carlos arruda, da Fundação Dom Cabral, que conduz e coordena a pesquisa e a coleta de dados no Brasil, ressaltou que, “de 2010 a 2013, o Brasil vinha perdendo posições relativas, porque a competitividade de outros países estava aumentando. Agora em 2014 aconteceu algo diferente, a perda foi absoluta. O Brasil perdeu para ele mesmo. A competitividade, de fato, diminuiu”.

Ainda de acordo com Arruda, “a não implementação dos investimentos em infraestrutura e a questão energética”, além da percepção negativa da comunidade empresarial sobre a economia brasileira, são os principais motivos que levaram o país a cair tantas posições no ranking nos últimos anos.

Fontes:
G1 - Em 4 anos, Brasil foi o que mais caiu em ranking global de competitividade

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Osmar disse:

    Que vergonha para nós brasileiros, já que somos a 7a. economia do mundo e estamos quaze em último ligar em competitividade…
    E o governo acha isto muito perfeito…..

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *