Início » Brasil » BRF recolhe frango da Perdigão por risco de salmonela
MERCADO DOMÉSTICO E INTERNACIONAL

BRF recolhe frango da Perdigão por risco de salmonela

Produtos saíram da unidade de Dourados entre outubro e novembro do ano passado

BRF recolhe frango da Perdigão por risco de salmonela
Decisão de recolher todos os lotes ocorreu por precaução, segundo a BRF (Fonte: Reprodução/Arquivo/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira, 13, a empresa brasileira de alimentos BRF anunciou que irá recolher 164,7 toneladas de carne de frango in natura da marca Perdigão destinadas ao mercado doméstico por causa do risco de contaminação pela bactéria Salmonella enteritidis.

Ainda de acordo com a BRF, também serão recolhidas outras 299,6 toneladas do produto que seriam destinadas ao mercado internacional.

A empresa informou que já começou a recolher do mercado nacional os produtos, que incluem coxas e sobrecoxas sem osso, meio peito sem osso e sem pele (em embalagens de 15kgs), filezinhos de frango (embalagem de 1kg), filé de peito (embalagem de 2kg) e coração (embalagem de 1kg).

Todos os produtos saíram da unidade de Dourados (MG) entre 30 de outubro e 12 de novembro de 2018. A BRF ressaltou que os lotes receberam o carimbo de inspeção do Serviço de Inspeção Federal (S.I.F. 18 ), vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Ainda segundo o comunicado da empresa, a decisão de recolher todos os lotes ocorreu por precaução. O secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, José Guilherme Leal, afirmou que “foi correto o procedimento adotado pela empresa na identificação do problema, no recolhimento voluntário do produto e na comunicação ao ministério e à Anvisa”.

A BRF ressaltou que irá investigar as origens do problema para evitar que a contaminação volte a ocorrer.  A empresa também garantiu que a bactéria Salmonella enteritidis não resiste ao tratamento com calor, sendo, poranto, eliminada quando os alimentos são cozidos, fritos ou assados.

A bactéria pode causar uma infecção gastrointestinal. Entre os sintomas mais comuns estão dores abdominais, diarreia, febre e vômito.

Fontes:
EBC - BRF recolhe carne de frango por risco de contaminação por salmonella

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *