Início » Brasil » Brumadinho tem pelo menos 60 mortes confirmadas
ROMPIMENTO DE BARRAGEM

Brumadinho tem pelo menos 60 mortes confirmadas

Pelo menos 290 pessoas estão desaparecidas e 192 foram resgatadas. Militares israelenses começam a auxiliar as buscas nesta segunda-feira, 28

Brumadinho tem pelo menos 60 mortes confirmadas
Barragem de rejeitos de mineração da Vale se rompeu na última sexta-feira (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

O número de mortes em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG), chegou a 60. O rompimento de uma barragem de rejeitos de mineração da Vale deixou também 292 desaparecidos. Até agora, 192 pessoas foram resgatadas com vida e 19 corpos foram identificados.

As equipes de resgate trabalharam durante toda a noite deste domingo após encontrarem um ônibus com corpos de vítimas. Acredita-se que todos sejam funcionários da Vale. Ainda não se sabe, no entanto, quantas pessoas estavam dentro do ônibus quando o veículo foi atingido pela lama.

O porta-voz dos bombeiros, tenente Pedro Aihara, informou que foram destacadas 14 áreas prioritárias de busca. Além do ônibus, nestes locais também estão soterrados uma locomotiva, uma pousada e o refeitório da Vale.

Embora admita que alguns corpos possam não ser localizados, o Corpo de Bombeiros ainda trabalha com a possibilidade de encontrar sobreviventes.

Uma sirene de alerta foi acionada na madrugada deste domingo suspendendo as operações de resgate por conta do “risco iminente” de rompimento de uma outra barragem. A população foi orientada a buscar as áreas mais altas da comunidade. A Defesa Civil descartou, no meio da tarde, o risco de um novo rompimento e as buscas foram retomadas.

Militares israelenses

Mais de 130 militares israelenses iniciaram as buscas pelos desaparecidos em Brumadinho nesta segunda-feira, 27. Anunciados pelo presidente Jair Bolsonaro, em parceria com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, os militares são especializados em buscas em difíceis condições. Eles chegaram ao aeroporto de Confins, em Belo Horizonte (MG), na noite do último domingo, 27.

Foto: Divulgação/IDF

Foto: Divulgação/IDF

Entre os militares estão médicos, engenheiros, bombeiros e técnicos especialistas em resgates. A comitiva é formada por 106 homens e 30 mulheres. Durante o trabalho, eles ficarão hospedados no 12º Batalhão de Infantaria e na 4ª Companhia da Polícia do Exército. Além dos militares, Israel enviou cerca de 16 toneladas de equipamentos e cães farejadores para ajudar nas buscas.

“A missão de ajuda das IDF [Força de Defesa de Israel] foi enviada para ajudar a salvar vidas. Equipes de busca e salvamento empreenderão esforços extensos para auxiliar no uso de equipamentos, incluindo localização avançada de celular, sonar naval e drones”, explicou a IDF em um comunicado.

Segundo o portal G1, o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, vai chefiar a missão, que vai priorizar a busca por sobreviventes. Pelas redes sociais, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, revelou que as tropas israelenses já estão em Brumadinho para ajudar na procura por desaparecidos.

“Logo cedo nesta segunda-feira, trouxe para Brumadinho a tropa do exército israelense especializada em busca e salvamento em terrenos de difícil acesso. Eles vão auxiliar nossas equipes de Bombeiros, Defesa Civil e Polícias na busca por sobreviventes e no resgate das vítimas. […] Em nome de todos os mineiros, agradeço o gesto nobre e humanitário de todo o povo de Israel através do seu exército”, escreveu o governador.

Vale tem R$ 11 bilhões bloqueados pela Justiça

A Justiça de Minas Gerais já bloqueou, ao todo, R$ 11 bilhões da Vale, que era responsável pela barragem em Brumadinho. As decisões são para garantir o pagamento e ressarcimento de danos causados às vítimas.

Os bloqueios são provenientes de três decisões judiciais. Em um primeiro momento, a Justiça havia bloqueado R$ 1 bilhão. Mais tarde, em duas novas decisões, foram bloqueados mais R$ 10 bilhões, sendo R$ 5 bilhões em cada uma das determinações. Ademais, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) já multou a Vale em R$ 250 milhões.

De acordo com um comunicado do Ibama, foram aplicadas cinco multas, no valor de R$ 50 milhões, com base em cinco artigos do Decreto 6514/2008. De acordo com o Instituto, equipes de coordenação de Emergências Ambientais estão em Brumadinho acompanhando o avanço dos rejeitos e avaliando os danos ambientais, além de atuarem na busca por desaparecidos.

Nesta segunda-feira, as ações da Vale abriram em queda vertiginosa, despencando 18,04% e sendo cotadas a R$ 46,02.

Fontes:
EBC-Número de mortos em Brumadinho chega a 58
DW-Justiça bloqueia R$ 11 bilhões da Vale
G1-Tragédia em Brumadinho: 60 mortes confirmadas, 19 corpos identificados; lista tem 292 pessoas sem contato; SIGA

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *