Início » Brasil » Canetada elétrica para reacender a base
Coluna Esplanada

Canetada elétrica para reacender a base

Dilma afagou dois políticos independentes os quais, provavelmente, agora terá como aliados na sua cambaleante base. Ela nomeou para conselheiros da usina Itaipu Maurício Requião e Roberto Amaral

Canetada elétrica para reacender a base
A despeito das pedaladas fiscais, a presidente aparece diariamente pedalando feliz por Brasília. Coincidência ou provocação? (Foto: ABr)

A presidente Dilma afagou dois políticos independentes os quais provavelmente agora terá como aliados na sua cambaleante base governista. Numa canetada só, nomeou para conselheiros da usina binacional Itaipu Maurício Requião, irmão do senador Roberto Requião (PMDB-PR), tido como independente, e o ex-ministro Roberto Amaral (PSB), partido oposição. Amaral luta para retomar o controle do PSB e reaproximá-lo do PT. Ambos terão mandato até maio de 2016 e vão receber US$ 19 mil por mês – R$ 63 mil.

Demitidos

Para dar lugar à dupla, Dilma exonerou do Conselho Luís Pinguelli Rosa e Orlando Moisés Pessuti, filho do ex-vice-governador paranaense desafeto da família Requião.

Procurou, achou!

Maurício Requião tem caso curioso. Vagava pelo Poder atrás de bom emprego após ter sido apeado do TCE do Paraná por decisão do TJ-PR endossada pelo STF.

Comporta aberta

Itaipu perdeu seu maior especialista, o físico Pinguelli Rosa, ex-presidente da Eletrobrás. A usina abriu as comportas para políticos sem mandato.

À espera

Quem fica no compasso de espera para Itaipu, seu sonho, é o ex-ministro Paulo Bernardo, marido da senadora Gleisi Hoffmann. É cotado para presidir a usina.

Enxugando o barril

A diretoria executiva da Petrobras aprovou a reestruturação da área de comunicação institucional. As 50 gerências, antes descentralizadas, passarão a responder ao gerente nacional. Ele tem 45 dias para redesenhar a estrutura da holding, em parceria com a Bain Company, consultoria contratada para enxugar a petroleira.

Missão difícil

Quem assumiu a direção de comunicação da Petrobras no lugar de Wilson Santarosa (12 anos no poder) foi Luís Fernando Neri, que tocava a Publicidade. Será dele a responsabilidade de enxugar para 400 cargos na Comunicação os mais de mil atuais. 

Ideologia no boletim

Tramita na Câmara do DF o PL 1/2015 da deputada Sandra Faraj (SDD) que institui a Escola sem Partido, inspirado no movimento homônimo, e blinda os alunos da ideologia de gênero e política nas aulas. O relator Reginaldo Veras (PDT) deu parecer contrário.

Duelo de mestres

Veras foi endossado pelo senador Cristovam (PDT). Desafiado para debate pelo Prof. Miguel Nagib, coordenador do movimento, o senador topou. Faltam hora, local e plateia

The Wolf no Brasil

O americano Jordan Belfort, o ‘Lobo de Wall Street’ que inspirou o filme, faz palestra motivacional sobre gestão e investimentos: Recife (24 de Julho) e São Paulo (26).

Para encerrar

Depois do passeio em Moscou e Jerusalém – com passadinha em Paris – o presidente da Câmara recoloca na pauta o restante da reforma política na quarta: duração de mandatos, coincidência das eleições, cotas para mulheres, data da posse presidencial.

Patroa pautou

A esposa do deputado e cantor Sérgio Reis (PRB-SP) testemunhou o mau tratamento de funcionário de companhia aérea a senhorinha no aeroporto de Guarulhos e incentivou o marido a apresentar seu primeiro projeto de lei: o PL 1386/15 obriga as empresas concessionárias do transporte público a treinar funcionários para auxiliar idosos.

Velho Chico

O Comitê Gestor da Bacia do Rio São Francisco criou uma bela campanha pela preservação do leito. Mas não basta cuidar da nascente. Falta o povo parar de jogar lixo na água, e governantes e fazendeiros iniciarem o reflorestamento em suas margens.

De quem será?

Um mistério o dono do jatinho Phenom 300 prefixo PR-ERE, no qual viajou a passeio BH-Punta Del Este (Uruguai) o governador de Minas Fernando Pimentel e família. O avião está em alienação fiduciária, no Bradesco, e não tem licença para táxi-aéreo.

Pedaladas do Poder

Uma semana depois de o PSDB e Aécio desistirem do pedido de impeachment, por falta de embasamento jurídico, a despeito das pedaladas fiscais, a presidente Dilma aparece diariamente pedalando (literalmente) feliz por Brasília. Coincidência ou provocação?

É o próprio

Não é o filho, como publicado ontem, mas o próprio Newton Lima, ex-deputado do PT de SP, que foi premiado com a presidência da EBSERH.

Ponto Final

Será que o ex-presidente Lula se arriscaria entrar num voo comercial nestes tempos?

 

Com Equipe DF, SP e Nordeste

________________________

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *