Início » Brasil » Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB, é preso no Rio
SUSPEITA DE FRAUDE

Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB, é preso no Rio

Nuzman é suspeito de fraude na escolha da Rio 2016

Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB, é preso no Rio
Nuzman prestou depoimento na sede da PF em setembro (Fonte: Reprodução/EFE)

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, foi preso no início da manhã desta quinta-feira, 5, por agentes da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF) na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Os agentes chegaram à casa de Nuzman com um mandado de prisão temporária, por cinco dias. O diretor-geral do Comitê Rio 2016 e braço direito de Nuzman no COB, Leonardo Gryner, também foi preso, no bairro das Laranjeiras.

Nuzman é suspeito de ter intermediado a compra de votos de membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) para a eleição do Rio como sede dos Jogos Olímpicos de 2016. Nuzman é apontado como “elemento central” em relação ao pagamento de US$ 2 milhões em propina para Papa Massata Diack por meio do empresário Arthur Soares, conhecido como “Rei Arthur”, que está foragido.

O presidente do COB foi encaminhado à sede da PF em setembro para prestar depoimento no âmbito da operação Unfair Play, um desdobramento da Lava Jato, mas ficou calado.

O pedido de prisão de Carlos Arthur Nuzman foi decretado pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal. O presidente do COB entregou passaportes às autoridades, incluindo um diplomático e um russo.

Fontes:
Uol - Operação da Polícia Federal prende Carlos Arthur Nuzman

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Rene Luiz Hirschmann disse:

    Outro Sergio Cabral.

  2. olbe disse:

    É impressionante, todos rigorosamente todos que são presos foram apoiados por Lula, só ele continua puro e intocado…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *