Início » Brasil » Carlos Bolsonaro ataca Mourão
BRASIL

Carlos Bolsonaro ataca Mourão

Mourão tem sido alvo de constantes ataques da base do governo e aliados de Jair Bolsonaro

Carlos Bolsonaro ataca Mourão
Descrição de evento nos EUA irritou Carlos Bolsonaro (Foto: Montagem/Caio César/CMRJ/Romério Cunha/VPR)

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) criticou, pelas redes sociais, o vice-presidente, general Hamilton Mourão, nesta terça-feira, 23. Mourão tem sido constantemente criticado por aliados do governo. Anteriormente, o astrólogo Olavo de Carvalho também criticou o vice-presidente inúmeras vezes.

Pelo Facebook, Carlos Bolsonaro compartilhou uma imagem de um evento, ocorrido no último dia 9 de abril, nos Estados Unidos. Na descrição do evento, é destacado que Mourão “emergiu como uma voz de razão e moderação” em meio ao “barulho político” dos 100 primeiros dias do governo Bolsonaro.

Ademais, o convite também aponta Mourão como a autoridade cada vez mais procurada por China, Europa, Oriente Médio e comunidade empresarial para “atuar como interlocutor do governo”. As afirmações irritaram o vereador do Rio de Janeiro.

Diante da descrição do evento, Carlos Bolsonaro escreveu: “Tradução ‘do que parece ser’ convite ao vice-presidente da República para palestra nos EUA e convidados – se não visse não acreditaria que [ele] aceitou com tais termos (que pode ser conferido no próprio site da empresa) / pronto, já que desta vez não se trata de curtida, vamos ver como alguns irão reclamar. Ainda há muito mais. Este jogo está muito claro”. Em seguida, compartilhou o texto do convite traduzido.

Foto: Carlos Bolsonaro/Facebook

Esse não foi o primeiro ataque sofrido por Mourão por figuras aliadas ao governo de Jair Bolsonaro. Alvo de constantes ataques do astrólogo Olavo de Carvalho, Mourão costuma ignorar as críticas do “guru”, colocando-o de lado. Na última semana, o deputado federal Marco Feliciano (Pode-SP) entrou com um pedido de impeachment contra o vice-presidente.

Carlos Bolsonaro, por outro lado, também tem em seu histórico desavenças com outros membros do governo federal. Em fevereiro, ele foi acusado pelo ex-ministro da Secretaria-Geral Gustavo Bebianno de provocar a sua demissão.

Nas redes sociais, Carlos Bolsonaro foi criticado por alguns internautas por supostamente estar dividindo o governo. Outros seguidores, porém, defendem o vereador.

Um internauta respondeu à postagem sobre o evento dos Estados Unidos afirmando que é Mourão quem está dividindo o governo, enquanto Carlos Bolsonaro está apenas alertando. Em resposta, o vereador escreveu: “O problema sou eu agora!”, seguido por emojis (imagens das redes sociais) de risadas.

Críticas a Olavo de Carvalho

Na última segunda-feira, 22, o porta-voz da Presidência, o general Otávio Rêgo Barros, leu, aos jornalistas, uma nota do presidente Jair Bolsonaro. O comunicado exaltava o papel de Olavo de Carvalho na exposição das ideias conservadoras contra a esquerda, mas criticava às recentes declarações contra membros do governo.

“Professor Olavo de Carvalho teve um papel considerável na exposição das ideias conservadoras que se contrapuseram à mensagem anacrônica cultuada pela esquerda, e que tanto mal fez ao nosso país. Entretanto, suas recentes declarações contra integrantes dos poderes da República não contribuem para a unicidade de esforços e consequente atingimento dos objetivos propostos em nosso projeto de governo, que visa, ao fim e ao cabo, o bem-estar da sociedade brasileira”, dizia a nota lida por Rêgo Barros.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

6 Opiniões

  1. Miguel Pedro Meira disse:

    Carlos, você não precisa viver num país que vive dizendo que você é um problema. Mas você é. Procure um outro lugar onde você possa ser feliz. Decididamente este país não é o mais indicado. Este país não tem um povo que bate com as tuas idéias. O teu “guru” já tomou essa decisão faz já alguns anos. E à medida que ele for perdendo a atenção que ainda alguns lhe dão, ele vai ficando por lá curtindo uma de “USA”. Aí, mais ninguém ouvirá falar dele e ele ficará em paz. Faça o mesmo. Veja mais uma coisa: lá você pode comprar as armas que você gosta, você ganhará em dólar, etc.

  2. Henrique de Almeida Lara disse:

    Pelo visto, Carlos Bolsonaro, para ser mais útil ao Brasil e menos prejudicial ao governo de seu pai, terá que se ater ao mister de vereador. É altamente valioso para o Brasil e para o nosso Presidente ter um Vice como o General Mourão, “voz de razão e moderação”. Um personagem com essas qualidades é essencial a qualquer meio. Quanto a Olavo de Carvalho que se atenha ao seu mister de astrólogo. o Brasil ficará bem melhor sem as suas ingerências.

  3. carlos alberto martins disse:

    caro Mourão.quem tem amigos como os de Bolsonaro(e amigas),não precisa de inimigos,pois já os tem de sóbra.continue defendendo o Brasil,pois a situação está caótica e a luz no fim do tunel é o trem da anarquia democrática que está chegando.dizem no dito popular,que DEUS é brasileiro.do jeito que as coisas estão acontecendo,acredito que ele já se mandou para outras paragens.bem que ELE poderia me levar prá lá.dizem que a esperança é a última que morre.quanto a minha em relação ao Brasil,já fui a missa de sétimo dia da minha.

  4. DINARTE DA COSTA PASSOS disse:

    Não votei neste povo por que acho que eles não são a solução para o Brasil, mas sou de uma esquerda moderada e acho que o Mourão tem muito mais condições de governar o Brasil do que o Presidente que é insanamente diagnosticado com mal de loucura. Na verdade ele é degenerado e gerou uma raça de pessoas degenerada mentalmente. E o Mourão pode ser um direitista, mas é um direitista que usa a razão e não a emoção. Seu Carlos Bolsonaro se enxerga, o senhor é Vereadorzinho do Rio de Janeiro e não um político de destaque nacional. Melhor é o senhor se calar e trabalhar pro povo Carioca!

  5. Edson Mutti disse:

    Vejo (e sinto na alma) quatro situações:
    1) Foi difícil Bolsonaro encontrar alguém para ser seu vice…Porque será?
    2) O povo brasileiro votou em JAIR MESSIAS BOLSONARO, não em Carlos, muito menos em Olavo de
    Carvalho.Bolsonaro precisa dar um “pé na bunda” de Carlos e deste tal Olavo de Carvalho.
    3) Bolsonaro foi eleito em outubro/2018. Tomou posse em janeiro/2019.
    Quando Bolsonaro vai resolver assumir e presidir o Brasil?
    Por enquanto ele segue Carlos, Eduardo, Flávio e o nefasto Olavo de Carvalho.
    Nenhum deles foi eleito aqui no Brasil.
    4) Não me surpreenderia se Mourão batesse na mesa, reunisse alguns companheiros de caserna e
    declarasse “Agora quem manda sou eu”

  6. Elias disse:

    Serviçal dos alemães . Assim deviam o apelidar na terra da estátua gigante de braços abertos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *