Início » Brasil » Caso Celso Daniel tem mais um condenado
Ex-prefeito de Santo André

Caso Celso Daniel tem mais um condenado

Elcyd Oliveira Brito foi condenado a 22 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado

Caso Celso Daniel tem mais um condenado
Celso Daniel foi morto em 2002 (Fonte: Reprodução/Dedoc)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Dez anos após o sequestro e assassinato do ex-prefeito da cidade paulista de Santo André, Celso Daniel, mais um réu foi condenado pela Justiça por envolvimento no crime. Elcyd Oliveira Brito recebeu uma pena de 22 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado.

Elcyd, que, segundo a Promotoria, dirigia um dos veículos utilizados no sequestro de Celso Daniel, negou envolvimento no assassinato, afirmando que foi pressionado para confessar o crime. Cinco acusados foram condenados até agora. O suposto mentor do crime, Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, que está em liberdade por causa de um habeas corpus, ainda não foi julgado.

Crime comum ou crime político?

O julgamento de um outro réu, Itamar Messias Silva dos Santos, que também estava agendado para esta quinta-feira, 16, foi adiado para o dia 22 de novembro.

Enquanto a polícia diz que a morte de Celso Daniel, do PT, foi um crime comum, a Promotoria diz que o ex-prefeito de Santo André foi assassinado porque teria descoberto um esquema de corrupção na prefeitura da cidade paulista que servia para desviar dinheiro para um caixa dois do PT.

Fontes:
Veja - Justiça condena mais um réu pela morte de Celso Daniel

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. helo disse:

    O crime causado pelo caixa 2 do PT, já condenou os executantes, e brevemente julgará o mentor, Sombra, o Delúbio desses caso.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *