Início » Brasil » Centenário de Lupicínio Rodrigues
Cultura

Centenário de Lupicínio Rodrigues

Considerado um dos maiores compositores do país, Lupicínio nasceu em Porto Alegre, em 19 de setembro de 1914

Centenário de Lupicínio Rodrigues
Lupicínio é considerado o inventor do termo 'dor-de-cotovelo' (Reprodução/Internet)

Esta semana comemora-se o centenário do compositor Lupicínio Rodrigues. Gaúcho, nascido em 19 de setembro de 1914 (algumas fontes indicam 16 de setembro), em Ilhota, um bairro pobre de Porto Alegre.

Aos 14 anos Lupicínio compôs sua primeira música, a canção “Carnaval”, feita para um cordão carnavalesco chamado Prediletos. Seu gosto pela boemia fez seu pai obrigá-lo a entrar para o exército como voluntário aos 15 anos.

Em 1933, foi transferido para a cidade Santa Maria, onde foi promovido a cabo e conheceu Iná, musa inspiradora de várias canções. Após cinco anos, a relação terminou, pois Iná não aprovava a vida boêmia do compositor. Em 1935, Lupicínio deixou o exército e retornou para Porto Alegre, onde começou a trabalhar como bedel na Faculdade de Direito. Foi quando começou a investir em sua carreira de compositor.

O sucesso veio em 1938, com a música “Se acaso você chegasse”, interpretada por Ciro Monteiro. Em 1950, a cantora paulista Linda Batista se tornou uma das mais importantes intérpretes das composições de Lupicínio. Foi na voz de Linda que o samba-canção “Vingança” ganhou destaque no país. A canção foi um dos maiores sucessos do compositor.

Ao longo de sua carreira, Lupicínio compôs outros sucessos, como “Nervos de aço”, “Cadeira vazia”, “Esses moços”, “Loucura” e “Ela disse-me assim”, grande sucesso na voz de Jamelão.

Lupicínio é considerado o inventor do termo “dor-de-cotovelo”, que, segundo alguns autores, não faz referência à inveja, mas sim à prática de chegar em um bar, apoiar os cotovelos no balcão e chorar para o garçom as mágoas de um amor perdido. Lupicínio morreu em 27 de agosto de 1974, aos 59 anos, em Porto Alegre.

Fontes:
Dicionário MPB-Lupicínio Rodrigues
MPB Net-Lupicínio Rodrigues

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *