Início » Brasil » Chávez diz que Petrobras recuou de acordo para refinaria
Polêmica

Chávez diz que Petrobras recuou de acordo para refinaria

‘Creio que na Petrobras há setores ou atores que não querem o acordo’, disse

Chávez diz que Petrobras recuou de acordo para refinaria
Petrobras diz que espera que a PDVSA adquira 40% das ações da refinaria (Reprodução)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, declarou na noite de quinta-feira, 29, que está “convencido” de que “setores ou atores” da Petrobras são contrários a fechar a parceria com a PDVSA para construir a refinaria Abreu e Lima (PE).

Leia também: Petrobras deve gastar R$ 200 milhões para importar gasolina

O projeto, orçado em R$ 26 bilhões, foi classificado por Chávez como a “ovelha negra” das relações bilaterais.

Chávez acusou a estatal de ter recuado de um suposto acordo fechado com a PDVSA sobre o qual ele informou por telefone à presidente Dilma Rousseff, no último dia 9.

O governo brasileiro chegou a divulgar nota celebrando o acordo. Dias depois, porém, a Petrobras disse que as empresas ainda estavam em negociação.
“Para mim, é inexplicável”, disse Chávez, em entrevista coletiva transmitida em cadeia nacional de televisão.

“Creio que na Petrobras há setores ou atores que não querem o acordo. Estou convencido disso. Quando não é uma coisa é outra. Tira cartas da manga. É a Petrobras, não é governo Dilma”, disse.

Oficialmente, a Petrobras diz que espera que a PDVSA adquira 40% das ações da refinaria, assumindo parte da dívida de US$ 10 bilhões contraída pela estatal brasileira com o BNDES em 2009.

Fontes:
Folha - Petrobras recuou de acordo para refinaria, acusa Hugo Chávez

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Francisco R Nascimento disse:

    A Petrobras não precisa da PDVSA para construir a refinaria Abreu Lima em Pernambuco. Se a parte do dinheiro da PDVSA seria emprestado pelo BNDES, não precisamos de parceiros. A Venezuela não precisa de Petróleo, mas de gasolina. Assim, construamos a refinaria e vendamos a gasolina. Ademais, a saúde de Hugo Chávez é uma incógnita e o futuro político da Venezuela é incerto.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *