Início » Brasil » Chico Buarque sai em defesa do PT
Movimento volta Lula

Chico Buarque sai em defesa do PT

Em entrevista ao jornal espanhol 'El País', compositor petista diz que a oposição teme a volta de Lula

Chico Buarque sai em defesa do PT
Chico com Dilma em 2010, quando o compositor assinou manifesto em apoio à reeleição da petista (Foto: Divulgação/PT)

Acabei de ler uma matéria do cantor, compositor e escritor Chico Buarque falando que a oposição tem medo da volta do Lula (clique aqui). Segundo Chico Buarque:

“….Mas sempre soube que o problema deste país é a miséria, a desigualdade. O PT não resolveu tudo, mas conseguiu atenuar. Isso é inegável. O PT tem melhorado as condições de vida da população mais pobre”.

Isso é verdade. Mas muito dessas políticas que reduziram desigualdades na era PT puderam ser turbinadas graças ao boom de commodities e reformas anteriores ao PT. O que Chico não fala é que ao mesmo tempo em que adotou políticas para redução de pobreza e desigualdades, o PT, a partir de 2008, começou a adotar um conjunto de políticas que nos levou a um baixo crescimento que continuará ao longo do segundo governo Dilma, com impacto negativo na redução da pobreza e desigualdade.

No mais, as principais políticas sociais antecedem o governo do PT, mas é claro que o PT expandiu o Bolsa Família, mas também o Bolsa Empresário e criou uma desequilíbrio fiscal enorme. O problema das criticas ao PT, pelo menos no meu caso, tem a ver não com a política social, mas sim com a política econômica. E não teremos condições  externas tão favoráveis como aquelas que, no governo Lula,  se traduziram em um crescimento do preço de nossas exportações de mais de 150% em relação a 1999, segundo a FUNCEX.

Ou seja, no período Lula, foi possível mais do que duplicar as exportações do Brasil apenas pelo efeito de aumento expressivo dos preços de nossas exportações. Nenhum governo ganhará novamente esse maná dos Deuses e, sem um conjunto de reformas microeconômicas, teremos mais de uma década de crescimento medíocre. Assim, o único medo do Lula é ele achar que tudo que aconteceu de 2003 a 2010 decorreu da política do seu governo, com muitos gostam, de forma equivocada, repetir.

Leia o trecho da entrevista onde Chico fala de política

P. O senhor sempre teve uma posição política clara e explícita. Se opôs à ditadura e apoiou Lula e Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores.

R. Sempre me perguntam quando há eleições. Eu tomo partido e não tenho qualquer problema em declarar isso. Sempre apoiei o PT, agora a Dilma Rousseff e antes o Lula. Apesar de não ser membro do partido, de ter minhas desavenças e de votar em outros candidatos e outros partidos em eleições locais. Mas sempre soube que o problema deste país é a miséria, a desigualdade. O PT não resolveu tudo, mas conseguiu atenuar. Isso é inegável. O PT tem melhorado as condições de vida da população mais pobre.

*Mansueto Almeida é economista do Ipea e titular do Blog do Mansueto

P. E como o senhor vê a situação atual?

R. Muito confusa, não há nenhuma maneira de saber o que vai acontecer nos próximos anos. A crise econômica é forte. É preciso tomar certas medidas impopulares. Ao mesmo tempo, a oposição é muito dura. E depois há uma onda de manifestações nas ruas que, na minha opinião, não têm um objetivo concreto ou claro. Entre aqueles que saem às ruas há de tudo, incluindo loucos pedindo um golpe militar. Outros querem acabar com o Partido dos Trabalhadores, querem enfraquecer o Governo para que, em 2018, o PT chegue desgastado nas eleições. O alvo não é a Dilma, mas o Lula; têm medo que Lula volte a se candidatar.

P. E, para terminar: como se vive sabendo que é o homem mais desejado do país?

R. Isso já faz muito tempo.

Fontes:
Blog do Mansueto - Preço das exportações e Lula
El País - Chico Buarque: 'A música brasileira não exclui, assimila'

10 Opiniões

  1. Silvio Ribeiro disse:

    Se o Chico fosse mesmo inteligente como atribuído, teria feito como o jurista Hélio Bicudo, um dos primeiros cérebros pensantes a deixar o PT quando percebeu que fora traído pelas posturas petistas.
    O pouco respeito que ainda me resta pelo Chico é a sua obra como letrista. Suas posições políticas apenas depõem contra ele. Mesmo com a volta de Lula na disputa pela presidência, a opinião de Chico na sua campanha, de nada adiantará e ainda contribuirá para denegrir o que dele ainda resta.
    O (Cálice = Cale-se) transformou-se em (Cálice = Taça de Moet & Chandon).
    Uma amiga carioca, professora de inglês, falou sobre a obra de Chico para adolescentes em sala de aula. Ninguém sabia de quem se tratava o tal de Chico.

  2. Carlos Furtado disse:

    O Chico Buarque tem todo direito de escolher ou achar qualquer coisa ,agora ele tem a responsabilidade de formador de opinião e cantar a musica .Estava a Toa na Vida e o PT me chamou pra ver a banda passar.
    Ou joga Pedra na Dilmí ela é feita pra mentir maldita Dilmí

  3. helo disse:

    Chico tem razão, muitos temem a volta do Lula. Natural, Lula outra vez não fará bem ao país. Atenuou a miséria sobretudo com a estabilidade herdada e a extensão da bolsa família que antes tanto criticara, “esmola” segundo ele. Porém descuidou do social e da diminuição da desigualdade ao descuidar da educação e saúde para todos com qualidade. O desmonte da educação, das universidades públicas, da saúde e seus hospitais públicos aconteceu. Chico tem razão “a crise é forte, é preciso tomar medidas impopulares”. Porém não é assim a fala do PT . Fala enganosa que não citou a grave crise econômica nas eleições, e deixou por ex. que os cariocas pusessem todas as suas esperanças na área do petróleo, pagando cursos de forja para estaleiros que foram todos fechados. Que maldade, desemprego e favelização com o fechamento do polo petroquímico de Itaboraí. O modelo de governar via mensalão é um péssimo exemplo. Esconder a crise pior ainda.

  4. Inácio Antônio Sores Neto disse:

    Os Comunista tenta sai em defesa do PT, Más não tem como recupera este desgasto por conta da Corrupção do País. Onde falta Credibilidade em tudo.O mais é só roubo.

  5. Carlos U Pozzobon disse:

    A sucursal do El País no Brasil é petralha. Não tem a postura independente do jornal espanhol. Não se justifica uma entrevista com o decadente compositor de “Apesar de Você / amanhã há ser outro dia”…. 12 anos depois deste “amanhã” vivemos a maior crise moral derivada da MENTE cultivada por uma geração que acreditou no mito do bom governo, do altruísmo político e da riqueza concentrada em entes coletivos sob comando do Estado. Se ele fosse um pouco mais holandês teria entendido o estrago que contribuiu para criar.

  6. newton disse:

    ACHO QUE O CHIQUINHO NÃO ESTA VENDO NEM O JORNAL NACIONAL, POIS TODO ESSE GANHO QUE ELE SITOU O PRÓPRIO PT JA CONSUMIU TUDO PARA SE MANTER NO PODER, CHIQUINHO VAI FAZER O QUE VC SABE FAZER DE BOM CANTA MENINO, QUE QUEM CANTA SEUS MALES ESPANTA…..

  7. jayme endebo disse:

    Já é hora de taxarmos as fortunas destes burgueses e repararmos aos pobres, com certeza ele não irá reagir pois ama demais os proletas, é fácil constatar indo aos shows dele

  8. Pedro Nunes Carneiro disse:

    Sinceramente, muito, mais muito decepcionado.

  9. Moura disse:

    O Chico é o exemplo do “burguesinho” esquerdista. Decadente, pertence à famosa esquerda caviar!
    Em cada show pelo país fica hospedado em hotéis de alto nível, normalmente em suítes. Adora frequentar Paris (não questiono o bom gosto; afinal, é uma bela cidade e capital de uma nação capitalista e não bolivariana).
    Porque o compositor não frequenta os nossos vizinhos bolivarianos (já que curte tanto o sistema político)?
    NOTA – Não vou aos shows deste cidadão e nem compro discos dele. Não ganha meu dinheiro.

  10. Said Mustafá Amin disse:

    Chiico Buarque não é um ignorante, então acho que ele está confuso: primeiro diz que o governo diminuiu a miséria e a desigualdade, depois diz que a crise econômica é forte e é preciso tomar medidas impopulares. São categorias que não se conciliam. Melhor é ele ficar só cantando.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *