Início » Brasil » Cid procura legenda para disputar o Planalto
Coluna Esplanada

Cid procura legenda para disputar o Planalto

Os irmãos Cid e Ciro Gomes, ex-governadores do Ceará e com bom patrimônio eleitoral no estado, rodam Brasília à procura de partido

Cid procura legenda para disputar o Planalto
O plano é Cid se lançar à Presidência (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Os irmãos Cid e Ciro Gomes, ex-governadores do Ceará e com bom patrimônio eleitoral no estado, rodam Brasília à procura de partido. Em companhia do presidente da Assembleia cearense, deputado Zezinho Albuquerque, passaram pelo Congresso na terça e por sedes de partidos. Reuniram-se com Carlos Lupi, do PDT, e com o senador Fernando Bezerra (PE), um dos caciques do PSB. Embora Ciro tenha os holofotes, o plano é Cid se lançar à Presidência. Ex PDS, PMDB, PSDB, PPS, PSB, até o fechamento da Coluna os Gomes continuavam no PROS.

Não esqueceram

A dupla encontra resistências nas legendas. Arrependida, pediu para voltar ao PSB, mas Bezerra não garantiu. Eles deixaram feridas nos seguidores de Eduardo Campos.

Não cede

No PDT o entrave é o líder da Câmara, André Figueiredo, que controla o diretório no Ceará e não abre mão do comando — principalmente para os irmãos Gomes.

Maldade

Recuperando-se de internação, a deputada Luiza Erundina tem aguentado firme, quieta e sentada, a efervescência do plenário até as madrugadas, para não ter o dia descontado.

Lula e o ‘novo’ PT

Mais da reunião do ex-presidente Lula com a bancada do PT: pediu para ‘levantar a cabeça’, ‘olhar para a frente’. Não demonstrou abatimento e brincou com a turma, mas zangando com cada um. Lembrou que o PT tinha bancada minúscula quando começou mas era aguerrida. E que hoje são 70 deputados e precisam defender mais o partido.

Será que melhora?

Para Lula, a ‘economia vai melhorar’, e Dilma só está em início de governo, o PT deve ‘defender nosso Governo’. Não citou especificamente a presidente. Nem citou o PMDB e os expoentes Eduardo Cunha, Renan Calheiros ou o vice Michel Temer, que tem segurado a barra para a Dilma na articulação.

Com autoridade

A maioria das falcatruas na Petrobras ocorreu na gestão de José Sérgio Gabrielli na presidência da empresa, e ele continua incólume nas investigações. Em entrevista recente à Tribuna da Bahia, garantiu que não há nada contra ele. A conferir.

Voo solo

Mesmo presidente da maior empresa do País, ao contrário de CEOs, Gabrielli esnobava jatinhos. Viajou muitas vezes sozinho para Brasília em voo comercial.

Primeira-dama

Laurita Arruda, esposa do ministro Henrique Alves (Turismo), deve ser lançada por ele candidata a prefeita de Natal. O PT deve investir no deputado Fernando Mineiro.

Em família

O ex-governador Garotinho (Rio) vai ficar no PR. Mas a filha, a federal Clarissa, está prestes a desembarcar com seu séquito no PSDB. Ela visa a prefeitura do Rio. Mas tem no caminho o colega Otávio Leite, ex-vice-prefeito e atual presidente do diretório.

Olho na rede

Antes de votar, os deputados e senadores têm recorrido às redes sociais, por tablets ou celulares, para conferir o que a turma tem comentado ou curtido nas suas páginas. Um tucano diz que pelo menos 25 deputados se nortearam pelas redes para votar o PL da regulamentação da Terceirização mês passado.

Maneco em Cuba

O ministro do Trabalho, Manoel Dias, baixou em Havana. Foi recebido pelo secretário de Relações Internacionais do PC cubano, José Balaguer. Debateram a estratégica do Brasil com os países do Caribe, a pressão do FMI sobre a Grécia, a Espanha e Portugal.

Revisitas

José Balaguer lembrou a trajetória de Leonel Brizola, que definiu como “grande amigo que sempre nos apoiou” na revolução cubana. Dias, ex-motorista de Brizola, que sonhava conhecer Cuba desde 1961, citou que foi muito influenciado pelo país de Fidel.

Som na caixa

O deputado estreante Sérgio Reis (PRB-SP), que defende a idade penal para 15 anos, foi ausência notada na votação da PEC na terça-feira.

Damas primeiro

O PL 1852/15 de Luiz Lauro Filho (PSB-SP) propõe que tenham prioridade no Minha Casa, Minha Vida as mulheres vítimas de violência doméstica.

Ponto Final

A Câmara Legislativa do DF aprovou lei que considera conceito básico de família a formação do casal ‘homem e mulher’.

Com Equipe DF, SP e Nordeste

1 Opinião

  1. Áureo Ramos de Souza disse:

    EU GOSTARIA QUE MEUS IRMÃOS CARIOCAS VEJAM COMO É A POLÍTICA EM SEU ESTADO: GAROTINHO UM POLíTICO QUE COLOCOU A ESPOSA E AGORA QUER COLOCAR A FILHA. POLÍTICA NÃO É DE PAI PARA FILHO, ´E FEITA DE HOMENS E MULHERES INTELIGENTES PARA FAZER LEI E APRIMORAR AS QUE EXISTEM.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *