Início » Brasil » Cinco motivos que tornam improvável o impeachment de Dilma
medida implausível

Cinco motivos que tornam improvável o impeachment de Dilma

Cientistas políticos listam cinco motivos que tornam implausível o impeachment da presidente

Cinco motivos que tornam improvável o impeachment de Dilma
Apesar dos graves problemas, Dilma deve terminar seu segundo mandato (Reprodução/UOL)

Nas últimas semanas, o debate sobre um possível impeachment de Dilma Rousseff vem dominando as redes sociais. Opositores do governo citam o esquema de corrupção na Petrobras e a má gestão econômica da presidente como motivos suficientes para afastá-la do cargo.

Contudo, cientistas políticos ouvidos pela BBC afirmam que Dilma deve terminar seu segundo mandato. Segundo eles, apesar dos graves problemas que o governo enfrenta, não há razões para um impeachment da presidente. Confira abaixo cinco motivos que tornam essa medida improvável.

1) Não há base para um impeachment 

Para Peter Hakim, antigo presidente do instituto de análise política Inter-American Dialogue, em Washington, as críticas ao governo Dilma não são suficientes para desencadear um impeachment.

O analista afirma que as tensões dentro do governo e as acusações de incompetência não são motivos para tirar Dilma do cargo. “Há tensões dentro do governo, tensão entre Lula e Dilma, entre o PT e Joaquim Levy. A polarização no Brasil está ficando muito forte, entre o PT e a oposição, entre o Congresso e a presidente. Mas a pergunta que eu tenho é ‘Como o processo de impeachment seria iniciado, qual seria a base para impeachment?’”.

2) Não há provas do envolvimento de Dilma no escândalo da Petrobras

O escândalo de corrupção na Petrobras é o maior problema do governo Dilma. No entanto, apesar de Dilma ter presidido o Conselho de Adminstração da estatal entre 2003 e 2010, não há nenhuma evidência de seu envolvimento em algum esquema de corrupção.

“Até o momento, não há evidência de que Dilma seja culpada de nada além de má administração”, diz o cientista político Matthew Taylor, pesquisador do Brazil Institute, órgão do Woodrow Wilson Center, em Washington.

Segundo o analista, em uma grande empresa como a Petrobras, “é plausível que Dilma simplesmente não tenha investigado mais profundamente o que poderia estar ocorrendo”.

3) A oposição não tem interesse em um impeachment

Para Taylor, a oposição não tem condições nem interesse em apoiar um impeachment. “Não acho que o PSDB teria muito a ganhar. Além disso, precisaria do apoio do PMDB e de outros partidos da coalizão do governo. E, francamente, nenhum desses partidos gostaria de ver Dilma sofrendo um impeachment”.

O analista afirma que a oposição “tem muito mais a ganhar com uma Dilma enfraquecida”. “Talvez seja melhor para a oposição simplesmente deixar Dilma mergulhada na crise e deixar que ela tome as difíceis medidas de austeridade e ser responsabilizada por elas”.

4) Dilma tem apoio no Congresso

Neste segundo mandato, Dilma perdeu apoio entre parlamentares do PT e do PMBD. Mesmo assim, Taylor afirma que a presidente está em uma situação melhor que a de Fernando Collor, que sofreu impeachment em 1992.

“Collor estava implementando políticas que eram de certa maneira radicais, que iam contra a maioria dos eleitores, e estava fazendo isso em um contexto em que seu partido tinha menos de 3% do Congresso”.

 5) Problemas em toda a América Latina

Os analistas avaliam o Brasil não é o único país latino-americano que está enfrentando problemas de corrupção e econômicos. Segundo Hakim, os governos do México, Argentina, Venezuela, Peru e Chile também atravessam uma fase conturbada.

“Não é como se o Brasil estivesse sozinho. Se no Brasil a inflação chegou a 7,3% nos últimos 12 meses, na Argentina está em torno de 40%, e na Venezuela perto de 70%. A confiança do investidor está em baixa em toda a América Latina”.

Fontes:
BBC-5 razões pelas quais impeachment de Dilma é improvável, segundo brasilianistas

17 Opiniões

  1. Paulo Fernando disse:

    O parágrafo 4º do artigo 86 da Constituição poderia ser alterado, porque entendo que fere o mais alto senso comum do direito coletivo e da mesma forma não entendo porque a Constituição diz em outro momento no seu artigo 5º que todos são iguais perante a Lei. Será que há contradição nessa Carta Magna ou esta tudo certo????????, só preciso entender o que me parece que o direito não é tão igual como se escreve na carta.

  2. Jorge Armani disse:

    Dilma não cairá porque é melhor para a oposição ve-la sangrar até o fim. E depois, segundo o paragrafo 4 do artigo 86 da Constituição, ela não pode ser investigada enquanto for “presidenta”. Percebam que nosso líderes são hábeis em fazer Leis para se protegerem.

  3. joaquim vieira disse:

    Em países de primeiro mundo, o povo sai à rua para protestar, tira o peito para fora e vai com tudo! Brasil o povo se acomoda e conforma com tudo, dizendo é assim mesmo isso não vai mudar nunca! pena! que um povo que não lê e nem estuda, vai opinar o que?

  4. Franz disse:

    Está um tanto equivocado alguns dos itens ai citados:

    1-o PMDB pode sim ter interesse num IMPEACHMENT, fazer um plano de resgate da economia arrasada depois de tanta incompetência e levar os louros da vitória.
    2- existem FARTURAS de provas que ligam de forma culposa Dilma e Lula no esquema de corrupção, basta investigar.
    3 – deixar no governo um presidente fraco e sem credibilidade num país continental como o Brasil pode ser pior do que o IMPEACHMENT.
    4 – a opinião pública pode não estar mais com o PT, depois da recessão e perspectiva de aumento de desemprego.
    5 – PMDB nunca foi aliado ideológico do PT, tudo era um mero encontro de interesses, se não houver mais dinheiro para o PMDB levar, que apoio o PT tem no congresso, além do bolsa familia já gasto como argumento, o pronatec, minha casa minha vida??????

  5. ilio borges de araujo disse:

    Eu tenho lido declarações e artigos de algumas poucas pessoas que se dizem preparadas, por exemplo, Ricardo Semler, se dizendo filiado ao PSDB e defendendo esse governo, Leonardo Boof , esse engajado nas teorias para levar esse país a uma ditadura socialista/comunista. As declarações dessas pessoas, neste artigo, defendendo o governo Dilma só pode ser de gente alinhada no mesmo propósito. As comparações com países da América Latina tem haver sim, principalmente a Venezuela e Argentina governados por regimes alinhados como o Brasil, com Cuba, todos em decadência em função dessa política equivocada. Quanto ao impedimento de Dilma é importante sim agora, deixá-la fraca no governo manipulada pela sua base é continuar sangrando o país cujos problemas estão a cada dia se aprofundando mais. A responsabilidade dela na corrupção da. Petrobras, fica evidente frente as manobras para blindá-la. Penso que ser contra o impedimento de Dilma, nesse momento, é manobra de continuísmo.

  6. Almanakut Brasil disse:

    General apoia manifestação de 15 de março e diz que LULA está apavorado com a mobilização –

  7. Vitafer disse:

    Concordo plenamente com vc, Victor Ivens.

  8. Carlos disse:

    Dilma tem apoio no Congresso que comprou com milhões de reais para mudarem a Constituição para fechar as contas de 2014. Além disso recebeu muita propina com a refinaria de Passadena por fechar os olhos. Dá para acreditar que ela era Presidente do Conselho e nada sabia do que estava acontecendo? Impossível!

  9. Luiz Fernando disse:

    Como foi listado acima, não há motivo para o impeachment da Presidente Dilma.
    Vivemos uma oportunidade única de passarmos a limpo o País.
    Mas, é fundamental que tudo aconteça dentro da normalidade da democracia, sempre utilizando métodos consagrados pela justiça, e principalmente com provas. Só assim teremos tranquilidade e força para vencermos esse desafio. Pois aí não haverá espaço para os reacionários e oportunistas de plantão.
    Precisamos de um Brasil sem corrupção, forte e que respeite as instituições.
    Só assim cresceremos de verdade, sem manipulações e jogadas políticas.

  10. JOSE FABIANO COELHO PITOMBEIRA disse:

    Eu queria que a DILMA fosse IMPECHADA.

  11. Revoltado disse:

    Uma coisa é o enfoque ético-moral do tema, o outro é a viabilidade político-processual.
    Pelo primeiro, essa senhora deveria estar internada em um hospício, ou em uma cadeia de segurança máxima (por essa senhora, entenda-se ela e a quadrilha completa, o chefe nove dedos idem), ou mesmo terminada, pois essa doente mental, ex-guerrilheira, etc etc, não passa de um “Nero” de saias.
    Pelo outro enfoque, será o Congresso que definirá se o impeachment vai ocorrer ou não, e somente levarão em conta os interesses deles, da classe política, e não os belos olhos da sociedade, mera expectadora, passiva e acovardada, do espetáculo de rapinagem explícita que ocorre na nação.
    Assim la nave va, e o povinho brasileiro, chacota mundial, é feliz e comemora 450 anos da cidade maravilhosa…
    Viva o povo brasileiro!!!

  12. helo disse:

    Lula e a presidente Dilma negam a prática do mensalão e todos os outros episódios de corrupção, o que é gravíssimo. Os mais influentes e os réus petistas consideram normal crimes graves. Essa é uma mensagem desastrosa para toda sociedade, sobretudo para os menos esclarecidos. No Petrolão Dilma era a presidente do Conselho da Petrobrás e aprovou financiamento a projeto envolvido em corrupção e desaconselhado pelos técnicos. Razões para impeachment existem, não sei se será bom para o país, se existe vontade dos políticos. Maduro, Putin, Cristina, e o primeiro ministro da Guiné equatoriana estão firmes. Pena.

  13. André Luiz D. Queiroz disse:

    Pior do que a falta de argumentos sólidos que validem o pedido de impeachment agora (exceto se a investigação do petrolão der em alguma ‘revelação bombástica’ e indefensável…!) é o fato de que, saindo Dilma Rousseff, quem assume? Michel Temer, claro! Aí seria o PMDB na presidência da República, na presidência do Senado (Renan Calheiros!!) e na presidência da Câmara dos Deputados (Eduardo Cunha!!!) — só faltaria eles saírem cantando “tá dominado, tá tudo dominado!”! É fisiologismo demais para um governo só!
    Mas, a julgar pela propaganda do PMDB do último dia 26/02, acho que eles estão cogitando muto a sério essa possibilidade…!!!

  14. José Paulo de Resende disse:

    Pelo visto Dilma é uma santa e que nada fez para que nós brasileiros peçamos o Impeachment dela. Ela foi Presidente do Conselho da Petrobras e pelo que os analistas devem achar ela não tem culpa porque não sabia de nada do que estava acontecendo. Me engana que eu gosto. Ela era Presidente do Conselho e nada sabia do que estava acontecendo. Me engana que eu gosto. Ela logo no início do primeiro mandato teve que aceitar a renúncias de vários ministros seus que estavam ligados a irregularidades. Os ministros escolhidos por ela e com o apoio do senhor Lula tiveram que sair por denúncias da imprensa. Ela passa a mão em cima de pessoas ligadas a ela e que cometeram irregularidades. Quer dizer não podemos pedir o impeachment desta senhora porque nada ficou provado ainda sobre a participação dela no maior escandalo que o Brasil já teve. Ela é uma santinha do Pau Oco isto sim. Sua permanencia no Cargo maior da República Brasileira está levando o Brasil e seu povo a bancarrota. Mas os senhores analistas acham que não há provas que incriminem esta incompetente chamada Dilma Rousseff…….

  15. Victor Ivens disse:

    Sr. Elias, seu texto me deu calafrios. Não sei se pelos erros de gramática e concordância ou pelo que foi dito.

  16. Horácio Roque Brandão disse:

    Creio que mesmo não houvesse nada de culpa da senhora Dilma, como defendem os analistas em seus pontos de vista, parece que não há mais dúvida que a campanha dela de 2010 e de agora tem dinheiro do petrolão, o que autorizaria o impeachment. Aliás, na aprovação, com reserva, de suas últimas contas, o ministro Gilmar Mendes, relator, pede remessa de ofício à Receita Federal e ao Ministério Público, em face de indícios de que houve pagamento de milhões a empresa dirigida por motorista, com aparente alaranjamento.

  17. Elias disse:

    Eu acho que entre muitos políticos que dizem com promessa de melhorar o brasil, Dilma esta sozinha, ela é guerreira esta mergulhado sozinha enfrentado muitos problemas com nois brasileiros. Em tão, e quanto os prometidores que muitos brasileiros acreditaram. dilma fez muitos corruptos pra cadeia. Agora poderia ser a hora deles bota a cara e ajudar o país a melhorar.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *