Início » Brasil » Claudia Cruz é condenada pelo TRF-4
SEGUNDA INSTÂNCIA

Claudia Cruz é condenada pelo TRF-4

Esposa de Eduardo Cunha foi condenada a dois anos e seis meses por evasão de divisas, mas pena pode ser substituída por punições alternativas

Claudia Cruz é condenada pelo TRF-4
Cláudia Cruz havia sido inocentada em primeira instância (Foto: Agência Brasil)

A jornalista Claudia Cruz, esposa do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (MDB-RJ), foi condenada pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) nesta quarta-feira, 18.

Claudia Cruz foi condenada por evasão de divisas e inocentada do crime de lavagem de dinheiro. A decisão sentencia Cruz a dois anos e seis meses de reclusão, com início da pena em regime aberto. No entanto, ainda cabe recurso e a pena pode ser substituída por punições alternativas, conforme informou o Globo.

Cláudia Cruz havia sido inocentada em primeira instância pelo juiz Sergio Moro no processo que apurava irregularidades em um contrato da Petrobras para exploração de petróleo em Benin, na África. No entanto, de acordo com o Ministério Público Federal (MPF), Eduardo Cunha teria recebido cerca de US$ 1,5 milhão em propina e sua esposa teria sido favorecida pelo dinheiro. A defesa de Claudia Cruz ainda pode recorrer. Cunha, por sua vez, foi condenado a 14 anos e quatro meses de prisão no processo.

O advogado de Claudia Cruz, Pierpaolo Bottini, afirmou que vai recorrer judicialmente da condenação do crime de evasão de divisas, visto que a decisão não foi unânime. “A condenação à pena restritiva de direitos por evasão de divisas será questionada pelos recursos cabíveis”, afirmou, segundo noticiou o portal G1.

Com a inocência em primeira instância, o MPF recorreu ao TRF-4, que aceitou a denúncia. No mesmo processo, o ex-diretor da Petrobras Jorge Luiz Zelada e o lobista João Augusto Rezende Henriques foram condenados.

Zelada recebeu uma pena de oito anos, dez meses e 20 dias por corrupção passiva e Rezende Henriques foi condenado a 16 anos, três meses e seis dias por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Já o empresário português Idalécio de Castro Rodrigues Oliveira foi inocentado.

Fontes:
G1-Cláudia Cruz é condenada em processo da Lava Jato após recurso no Tribunal Regional Federal da 4ª Região
Uol-Cláudia Cruz, mulher de Cunha, é condenada em 2ª instância na Lava Jato

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *