Início » Brasil » Com 16%, Sistema Cantareira atinge menor volume de água já registrado
Reservatórios vazios

Com 16%, Sistema Cantareira atinge menor volume de água já registrado

O Sistema Cantareira leva água à metade da população da região metropolitana de São Paulo

Com 16%, Sistema Cantareira atinge menor volume de água já registrado
Em fevereiro o governo de São Paulo lançou campanha para incentivar a economia de água, mas ainda não há um balanço da iniciativa (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Sistema Cantareira, responsável por levar água à metade da população da região metropolitana de São Paulo, está com 16,1% da sua capacidade de armazenamento. De acordo com dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), é o menor volume de água registrado pela empresa.

Na semana passada, o governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, admitiu que a Sabesp já trabalha com a hipótese de usar parte dos 400 milhões de metros cúbicos do volume morto do Sistema Cantareira. Volume morto é a parte do reservatório que não é alcançada atualmente pelas bombas. A Sabesp estuda instalar equipamentos para a retirada do volume morto.

No início do mês de fevereiro, o governo estadual lançou campanha para incentivar a economia de água, na qual os consumidores que usarem menos 20% da sua média de consumo, terão 30% de desconto na tarifa. Ainda não há balanço dos resultados.

 

Fontes:
Agência Brasil - Com 16%, Sistema Cantareira atinge menor volume de armazenamento de água

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. olbe disse:

    E, na zona sul do Rio de Janeiro, todos os porteiros lavam, todos os dias, as calçadas e garagens com mangueira..eles conseguem varrer as folhas das árvores com a mangueira. Devia ter um aviso e depois começar a multar…!!!!!!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *