Início » Brasil » Comissão da Verdade confirma que morte de JK foi acidental
Regime militar

Comissão da Verdade confirma que morte de JK foi acidental

Comissão descarta suspeitas de assassinato do ex-presidente pela ditadura militar

Comissão da Verdade confirma que morte de JK foi acidental
Causa da morte de JK foi acidente de carro, afirma Comissão Nacional da Verdade (Reprodução/Internet)

A Comissão Nacional da Verdade afirmou nesta terça-feira, 22, que o regime militar (1964-1985) não teve responsabilidade pela morte do ex-presidente da República, Juscelino Kubitschek, em 1976. Até então, havia a suspeita de que os militares orquestraram um atentado para assassinar JK. Essa teoria havia sido defendida pela Comissão Municipal da Verdade do estado de São Paulo, em dezembro de 2013.

A Comissão Nacional da Verdade passou os últimos dois anos investigando a morte do ex-presidente, período durante o qual não pôde comprovar que JK e seu motorista foram vítimas de um atentado com arma de fogo. “Não há nos documentos, laudos e fotografias trazidos para a presente análise qualquer elemento material que sequer sugira que o ex-presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira e Geraldo Ribeiro (motorista de JK) tenham sido assassinados, vítimas de homicídio doloso”, aponta o relatório divulgado nesta terça.

Outro fator que alimentou as suspeitas de assassinato foi uma perfuração encontrada no crânio do motorista durante a exumação do corpo. De acordo com a comissão, o orifício não foi provocado por projétil de arma de fogo e sim de um cravo metálico, utilizado para fixar o revestimento dos caixões.

Com isso, de acordo com a comissão e com o perito criminal, Sergio Leite, foi possível confirmar que as mortes aconteceram após um acidente de trânsito na Via Dutra envolvendo o carro de JK, uma carreta e um ônibus. “O conjunto de vestígios materiais indica que o ex-presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira e Geraldo Ribeiro morreram em virtude de um acidente de trânsito”, finaliza o documento.

A morte de Juscelino é investigada pelos integrantes da Comissão Nacional da Verdade desde 2012. A investigação foi solicitada pela seção de Minas Gerais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

 

Fontes:
G1-Morte de Juscelino foi causada por acidente, diz Comissão da Verdade

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *