Início » Brasil » Comlurb recolhe mais de 100 toneladas de lixo em pré-Carnaval no Rio
RIO DE JANEIRO

Comlurb recolhe mais de 100 toneladas de lixo em pré-Carnaval no Rio

Além do recolhimento de lixo, 220 foliões foram multados na Operação Lixo Zero no último final de semana

Comlurb recolhe mais de 100 toneladas de lixo em pré-Carnaval no Rio
Carnaval deve levar mais de 7 milhões de foliões às ruas do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação/Comlurb)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb) recolheu no último final de semana 100,7 toneladas de lixo após a passagem de blocos carnavalescos pela cidade. A média recolhida foi de quase 1 tonelada por local, visto que 101 blocos de Carnaval desfilaram no Rio de Janeiro.

Além do recolhimento de lixo, 220 foliões foram multados na Operação Lixo Zero por diferentes motivos. A maior parte das autuações (140) foi relativa a foliões que urinaram na rua. A multa chega a R$ 563,30. Outras 80 multas foram aplicadas por descarte de lixo no chão, com o valor chegando a R$ 205,60.

A Operação Carnaval começou no último dia 16 de fevereiro, quando os blocos de rua começaram a desfilar oficialmente no Rio de Janeiro. Ao todo, 121,7 toneladas de lixos já foram recolhidas da rua, enquanto 343 infrações já foram registradas na Operação Lixo Zero.

Segundo um levantamento da Prefeitura do Rio, em janeiro, a cidade contava com 34 mil papeleiras, depois que outras milhares foram furtadas ou danificadas. No entanto, no dia 17 de janeiro, equipes da Prefeitura iniciaram a reposição das lixeiras, com 15 mil novas papeleiras sendo previstas para serem instaladas e outros 12 mil contêineres de lixo.

De acordo com números apresentados pela Prefeitura no último dia 15 de fevereiro, o planejamento para o Carnaval 2019 prevê a disposição de 32.536 banheiros químicos por todo o Rio de Janeiro.

Pré-Carnaval

A Prefeitura do Rio divulgou nesta segunda-feira, 25, os números totais do período de pré-Carnaval da cidade do Rio de Janeiro. Segundo os dados, os mais de 100 blocos levaram mais de 500 mil pessoas às ruas no último final de semana.

As equipes de limpeza disponibilizaram 1,6 mil pessoas no final de semana para recolher os resíduos produzidos pelo pré-Carnaval. Já a Guarda Municipal atuou com quase 5,5 mil homens. Apenas no último domingo, 24, seis pessoas foram presas e quatro foram apreendidas.

Na rota dos blocos, a Vigilância Sanitária percorreu 200 estabelecimentos em dez dias de pré-Carnaval. Dois dos estabelecimentos foram interditados pelas equipes. Enquanto isso, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) rebocou 141 veículos estacionados em locais irregulares.

Expectativa

A Prefeitura espera que mais de 7 milhões de foliões aproveitem o Carnaval de rua do Rio de Janeiro. Segundo o órgão, a ocupação dos hotéis também será mais positiva do que o mesmo período em 2018, com um total de 83% de lotação contra 76%. A previsão é que a taxa de ocupação chegue aos 100%.

Segundo o presidente da Riotur, Marcelo Alves, o Rio de Janeiro é o destino preferido dos turistas para curtir o Carnaval. São esperados mais de 1,5 milhão de turistas no período de festas. Ao todo, serão 498 desfiles de blocos de rua, uma redução em comparação com os 608 de 2018.

“A gente não quer ser o maior Carnaval, a gente quer ser o melhor Carnaval. E ser o melhor é sinônimo de eficiência, conforto e segurança para quem curte o Carnaval e para quem também não curte. A cidade não pode parar”, apontou Alves.

 

Leia também: Rio distribuirá pulseiras de identificação para crianças no Carnaval
Leia também: Os primeiros passos da reciclagem

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *