Início » Brasil » Como combater as doenças transmitidas aos humanos pelos animais
Doenças

Como combater as doenças transmitidas aos humanos pelos animais

Doenças transmitidas aos humanos por outras espécies são muito comuns em lugares onde os animais vivem próximos aos homens

Como combater as doenças transmitidas aos humanos pelos animais
Diversos pesquisadores observam sinais de possíveis contaminações em países tropicais (Reprodução/SPL)

Os novos agentes patogênicos dos seres humanos originam-se de uma evolução de antigos agentes ou são transmitidos por outras espécies. A segunda hipótese é a mais comum. As doenças transmitidas aos seres humanos pelos animais, ou zoonoses, foram a causa da febre hemorrágica do vírus ebola, cujo último surto matou mais de 10 mil pessoas.

Esse fato sugere que o controle da doença que, atualmente se concentra nas pessoas, precisa estender-se também a animais. Essa iniciativa começou a ser desenvolvida pela Global Viral, uma organização sem fins lucrativos com sede em São Francisco. Sob sua orientação, diversos pesquisadores observam sinais de possíveis contaminações em países tropicais, com o monitoramento de pessoas e animais.

As zoonoses são muito comuns em lugares onde os animais vivem próximos aos homens. Uma das razões da disseminação frequente de doenças na região ao sul da China, como a Síndrome Respiratória Aguda (SARS) e a influenza, é a série de pequenas fazendas, nas quais os animais têm um contato bem próximo com os seres humanos. A transmissão constante de agentes patogênicos entre os animais cria condições propícias à infecção de pessoas. A agricultura não é o único foco responsável pela disseminação de zoonoses. Acredita-se que os caçadores de chimpanzés tenham sido os primeiros seres humanos a contrair o vírus HIV. Nesse contexto, com o desmatamento das florestas, um sério problema ambiental em muitos países pobres, as pessoas têm acesso a hábitats antes desconhecidos. Isso, por sua vez, pode ser a causa do aumento das zoonoses.

Fontes:
Economist-What zoonotic diseases are, and how to stop them

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *