Início » Brasil » Complexo do Alemão tem madrugada com troca de tiros
Guerra no Rio

Complexo do Alemão tem madrugada com troca de tiros

Moradores afirmam que policiais receberam ouro de bandidos para permitirem fuga

Complexo do Alemão tem madrugada com troca de tiros
Militares se protegem de disparos dos bandidos atrás de sacos de areia

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A guerra no Rio de Janeiro contra o crime organizado continua. Na madrugada desta quarta-feira, 1º, os criminosos voltaram a fazer disparos no Complexo do Alemão, na favela da Fazendinha. Este foi o primeiro incidente ocorrido após a ocupação das favelas pelas Forças Armadas, em operação realizada no último domingo, 28.

A troca de tiros ocorreu por volta de 1h30 e durou pouco tempo. Para se proteger dos tiros, homens do Exército que patrulhavam o local tiveram que usar barricadas feitas de sacos de areia. Não houve feridos e nenhum bandido foi preso.

A megaoperação da polícia para ocupar as 16 favelas que compõem o Complexo do Alemão, na Penha, e a Vila Cruzeiro começou na última quinta-feira, 25.

A primeira comunidade a ser ocupada foi a da Vila Cruzeiro, seguida da invasão ao Complexo do Alemão no último domingo, 28. A ação das polícias Militar, Civil e Federal teve colaboração logística das três Forças Armadas.

Moradores afirmam que policiais receberam ouro de bandidos

A Polícia Militar investiga denúncias de que traficantes teriam subornado policiais com barras de ouro para que pudessem fugir do Complexo do Alemão. Os moradores afirmaram que policiais teriam recebido cerca de 70 kg de ouro, o que equivale a US$ 3,2 milhões, para não prender os bandidos.

<!–[endif]–>

Fontes:
O Globo - Criminosos efetuam disparos no Complexo do Alemão durante a madrugada desta quarta
R7 - Polícia investiga denúncia de que traficantes teriam dado ouro a PMs para fugir

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Manfred Konrad Richter disse:

    Ouro, até isso!?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *