Início » Brasil » Comprada por grupo espanhol, Delta escapa da falência e voltara à ativa
Empreiteira recuperada

Comprada por grupo espanhol, Delta escapa da falência e voltara à ativa

Empresa entrou em crise em 2012, no escândalo de corrupção envolvendo o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Este mês, ela volta à ativa com o nome Allianza

Comprada por grupo espanhol, Delta escapa da falência e voltara à ativa
Novos donos esperam suprir a demanda deixada pelas empreiteiras envolvidas na Lava-Jato (Divulgação: Delta)

Após três anos fora do mercado, a empreiteira Delta está prestes a voltar à ativa. A empresa entrou em crise em 2012, após ser citada no esquema de corrupção envolvendo o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

À beira da falência, seu antigo dono, Fernando Cavendish, pediu recuperação judicial e vendou os ativos da Delta. Comprada pelo grupo espanhol Essentium, empresa voltará à ativa ainda este mês, com o nome Allianza.

Otimistas, seus novos donos esperam fazer o caminho oposto das grandes empreiteiras nacionais, envolvidas na Operação Lava-Jato, e suprir a demanda deixada por elas no mercado.

O espanhol Carlos Orge, presidente da Allianza Infraestrutura, diz estar trabalhando para mudar a cultura da empresa. Segundo ele, a saída de Cavendish foi crucial para recuperar imagem da empreiteira.

“O principal problema da Delta era o próprio Fernando Cavendish. Não vou entrar na discussão sobre o que ocorreu, mas ele está com problemas judiciais e isso contaminava a empresa. Para que a Allianza pudesse assumir, tínhamos que terminar a recuperação judicial, tirar o Fernando e acabar com a classificação de inidônea da empresa”, explica Orge.

O acordo da venda de ativos da Delta foi firmado em dezembro do ano passado, no valor de R$ 450 milhões. Do total, R$ 50 milhões ficarão no caixa da Delta, para garantir a conclusão de sete obras em curso. O que restar ficará com Cavendish.

O fim da recuperação judicial da empresa será assinado ainda este mês, pela juíza Maria da Penha Nobre Mauro, titular da 5ª Vara Empresarial do Rio. Para Maria da Penha, a solução de vender ativos a estrangeiros pode servir como exemplo para as empreiteiras atualmente em crise. “Pelo que sabemos são casos semelhantes. Essa solução pode servir de inspiração”, diz a juíza.

Fontes:
O Globo-Após 3 anos de crise, Delta escapa da falência

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *