Início » Brasil » Conflitos rurais por água batem recorde em 2014
Comissão Pastoral da Terra

Conflitos rurais por água batem recorde em 2014

Foram registrados ao todo 127 conflitos no ano passado, envolvendo 42,8 mil famílias

Conflitos rurais por água batem recorde em 2014
Duto em área de conflito, no Ceará (Fonte: Reprodução)

Dados da Comissão Pastoral da Terra (CPT) obtidos pelo jornal Folha de S.Paulo revelam que o número de conflitos rurais por água bateu recorde em 2014.

De acordo com a CPT, foram registrados ao todo 127 conflitos no ano passado, envolvendo 42,8 mil famílias — número também recorde.

A CPT, que é uma entidade da Igreja Católica, acompanha conflitos por água nas áreas rurais do Brasil desde o ano de 2002.

As regiões Norte e Nordeste em geral são as mais afetadas por conflitos rurais por água. A nova pesquisa mostra, no entanto, que já há impactos da seca em áreas urbanas da região Sudeste.

O pesquisador Roberto Malvezzi, da CPT, ressalta que “é notável que, desde 2014, a atual seca passou a causar conflitos também na área urbana”, citando a recente depredação da Câmara Municipal de Itu (SP) em decorrência da falta d’água.

Em relação ao interior do país, os conflitos envolvem, por exemplo, casos de contaminação de recursos hídricos, invasão de terras para acesso a rios e lagos e apropriação de açudes públicos. Outra disputa comum é a construção de represas e barragens em áreas habitadas, atingindo um maior número de famílias.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Conflitos pela água batem recorde no país

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *