Início » Brasil » Congresso driblará o STF por financiamento privado
coluna esplanada

Congresso driblará o STF por financiamento privado

PMDB quer financiamento privado, PT se beneficiaria de financiamento público pelo tamanho da bancada

Congresso driblará o STF por financiamento privado
Capitaneados pelo PMDB, partidos querem passar emenda cujo texto autorize a doação de empresas a políticos, a despeito da decisão do Supremo (Reprodução/Internet/Diego)

Uma disputa velada entre PT e PMDB ocorre discreta e paralela ao julgamento no STF da ADI que questiona a doação de empresas a partidos e candidatos para campanha. O PT torce pelo financiamento público, porque será o maior beneficiado pelo tamanho da bancada. Os outros partidos, capitaneados pelo PMDB, manobram para incluir emenda numa PEC, em tramitação na CCJ da Câmara, cujo texto autorize a doação de empresas a políticos, a despeito da decisão do Supremo. A primeira tentativa foi na quarta passada, sem sucesso, porque o PT derrubou a sessão.

Leandro Mazzini é escritor e colunista do Opinião e Notícia

Na carona

O PMDB articula para colocar em votação na CCJ a PEC 344/13, de Mendonça Filho (DEM-PE), que restringe fundo partidário a legendas sem bancada no Congresso.

Esforço concentrado

Os parlamentares da operação acreditam que, com a coalizão em prol do benefício geral, a despeito do PT, o Congresso consegue derrubar futura decisão do STF.

Apelo

Em última instância, a turma do PMDB vai recorrer ao presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), para que anule na Mesa Diretora a eventual decisão do STF.

Tudo pelo PT

Veja como a governadora Roseana Sarney (PMDB) amarra o PT com o PMDB como aliado para a disputa no Maranhão ano que vem. O partido tem três secretarias no governo, e o vice, o petista Washington Oliveira, acaba de ser indicado por ela – e aprovado na Assembleia – para conselheiro do TCE.

Na moita

Apesar do esforço do grupo dos Sarney, o opositor Flávio Dino (PCdoB), que disputará o palácio dos Leões, conta com simpatia de grande parte da militância petista e cresce nas pesquisas encomendadas pelos dois lados.

No chão..

Os pilotos da FAB torcem para que a prometida empresa nacional que será criada para desenvolvimento do caça Gripen use realmente a tecnologia tupiniquim, ‘para aproveitar o potencial multiplex aerodinâmico do modelo sueco’, diz comandante.

..e no ar

‘O Gripen tem maneabilidade para ataque ao solo, bombardeio longo, e pouso em pista menor. Isso atualiza parâmetros da função aérea de caça hoje’, complementa o piloto.

Chora, Boeing

A decepção do governo americano com escolha dos caças suecos passa apenas pela Boeing. Como a coluna divulgou, vários componentes do Gripen são americanos.

Frustração

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) solta o verbo. Diz que o mais frustrante no Senado este ano foram as propostas engavetadas pela Mesa Diretora. Como o caso de ‘sonegação de impostos da Globo’. Ele queria CPI, mas a emissora tem lobby forte.

Feliz Ano Velho

‘A bancada não se reúne antes da votação no plenário. Acaba votando contra a vontade de senadores. E o pior, conforme o pedido da Casa Civil ou da presidenta em troca de manutenção de cargos. Isso acontece todos dias’, desabafa Requião. E não vai mudar.

Excesso demagógico

Em balanço de memória do senador Armando Monteiro (PTB-PE), ele classificou como um dos ‘excessos demagógicos’ a tentativa de financiar o passe livre para os estudantes com o dinheiro dos royalties do petróleo. Mas o povo deve voltar às ruas.

Exemplo do Tio Sam

A presidente Dilma teve ideia da delegacia especializada para o torcedor ao saber do exemplo dos Estados Unidos para combater crimes. Lá essas delegacias são centenas, com salas dentro dos estádios. E não há confusão.

O outro rei

Fã do cantor Roberto Carlos, o ministro do Turismo revela que tentou convencer o rei a construir o seu museu em Cachoeiro do Itapemirim (ES). Supersticioso, RC não quis.

Cemitério Air

Acumulam-se em pátios dos aeroportos de Manaus, Galeão (Rio) e de Brasília aviões e sucatas de aeronaves de companhias falidas.

Ponto Final

E o Natal chegou mais cedo para os suecos.

________________________________________

Com Maurício Nogueira, Luana Lopes e Equipe DF e SP

 

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *